Ramiro pode ser peça fundamental no Corinthians 2019



Ramiro assinou com o Corinthians (Foto: Itamar Aguiar/Agência Freelancer)

O Corinthians segue forte no mercado para montar um time competitivo em 2019. Após anunciar o lateral Michel Macedo, o volante Richard e os atacantes Gustavo Silva e André Luís, o clube confirmou o acerto com o meia Ramiro, ex-Grêmio. Rápido, dinâmico e participativo, o jogador tem tudo para ser um dos pilares da equipe que será comandada pelo técnico Fábio Carille.

Menos badalado do que seu ex-companheiro Arthur, hoje no Barcelona, e o capitão gremista Maicon, Ramiro também foi fundamental nas conquistas recentes do Grêmio, inclusive na Libertadores 2017. O novo reforço corintiano não é um meio-campista goleador – marcou 4 gols em 45 jogos em 2018 -, como Jádson, por exemplo, mas se destaca pela ótima qualidade no passe, algo bastante valorizado pelo seu futuro treinador.

Ramiro terminou o Brasileirão 2018 como o meia de maior média de passes certos no campeonato, segundo o Footstats, com um aproveitamento de 52,9 por jogo. Lucas Paquetá, vendido pelo Flamengo ao Milan, aparece em 2º, com 42,8 toques corretos por rodada. Na Libertadores, terminou a competição como o 3º maior passador, com 504 acertos. Os volantes Maicon, com 624, e Pablo Pérez, do Boca Juniors, com 579, ocuparam as duas primeiras colocações.

Por outro lado, no Corinthians, em 2018, apesar de ter tido a 4ª maior média de passes trocado no Brasileiro – 415/jogo -, a bola se concentrou demais nos zagueiros e laterais. Sidcley (54), Marllon (53), Manthuan (53), Carlos Augusto (50) e Fagner (48) tiveram as maiores médias de passes certos do elenco. Entre os meias, Jadson foi quem obteve o maior desempenho, sendo somente o 16º do elenco no ranking geral, com uma média de 33 acertos por partida, mesmo número de Douglas Augusto. Mateus Vital, que por vezes exerceu uma função parecida com a de Ramiro, terminou com uma média de apenas 21 por jogo. Números bem mais discreto que os do ex-gremista, que pode se tornar a principal válvula da transição do time.

E seus passes, no entanto, estão longe de serem apenas laterais. Ramiro só não criou mais chances de gol pela equipe gaúcha no Brasileiro que Luan. Foram 35 assistências para finalização em apenas 21 partidas disputadas, a segunda maior marca do time e a 9º melhor entre os jogadores com mais de 20 jogos na competição – 1,7 por rodada -, empatado com Nenê, do São Paulo, e Robinho, do Cruzeiro, e à frente de nomes como Arrascaeta e Lucas Lima.

Participativo, combativo, preciso e criativo, Ramiro chega ao Corinthians com a expectativa de ser o motor do time em 2019.

NÚMEROS DE RAMIRO NO BRASILEIRÃO 2018
– Dados do Footstats

21 jogos
0 gols
0 passes para gol
35 assistências para finalização
9 finalizações certas
17 finalizações erradas
1110 passes certos
112 passes errados
8 interceptações
25 desarmes



MaisRecentes

Números da Bola ganha novo espaço no LANCE!



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo atinge seu primeiro recorde na Itália



Continue Lendo

Fluminense traz Fernando Diniz mas perde seus maiores passadores



Continue Lendo