Perto de voltar ao país, Rafael Sóbis está entre os 20 maiores artilheiros do Brasileiro por pontos corridos



Fluminense foi o último clube de Sóbis no Brasil (Foto: Bruno de Lima/Lancepress)

Fluminense foi o último clube de Sóbis no Brasil (Foto: Bruno de Lima/Lancepress)

Próximo de ser anunciado como o novo reforço do Cruzeiro para a temporada, Rafael Sóbis ostenta uma marca expressiva no Campeonato Brasileiro. Mesmo tendo atuado por anos na Espanha, Emirados Árabes e México – onde defende atualmente o Tigres -, o atacante está entre os 20 maiores goleadores da era dos pontos corridos no Brasil.

Por Internacional e Fluminense, Sóbis anotou 56 gols, aparecendo ao lado de Edmundo na 19º posição no ranking. Recentemente o jogador foi ultrapassado por Rafael Moura, que defende o Figueirense. O centroavante já anotou quatro gols nesta edição e chegou aos 60 tentos.

MAIORES ARTILHEIROS DOS PONTOS CORRIDOS

1º -Fred – 114 gols
2º -Paulo Baier – 106 gols
3º – Borges – 98 gols
4º – Alecsandro – 96 gols
5º – Washington – 84 gols
6º – Luis Fabiano – 77 gols
7º – Obina – 76 gols
8º – Souza – 75 gols
9º – Deivid – 73 gols
10º – Dagoberto – 70 gols
11º – Wellington Paulista – 67 gols
12º – André Lima – 66 gols
13º – Diego Souza – 65 gols
14º – Diego Tardelli – 64 gols
15º – Marcinho – 61 gols
16º – Rafael Moura – 60 gols
17º – Roger – 59 gols
18º – Rogério Ceni – 58 gols
19º – Edmundo – 56 gols
Rafael Sóbis – 56 gols



  • ALMIR

    Sobre o tema central da matéria(Sóbis ser o 19º maior artilheiro do brasileirão de pts corridos) nem vou comentar, é muito bom ver lá no topo o nosso capitão FRED, deve ter muito pseudo-tricolor babaca, como o tal de Ricardo Moisés cortando o pulso agora. Tricolor que torce contra um atleta que defende o manto tricolor, pra mim, de tricolor não tem nada, não passa de um frustrado. Eu por ex. não gosto do Cícero, mas jamais vou torcer para o Cícero jogar mal enquanto ele estiver vestindo a camisa do FLU. Enfim, mas uma entre dezenas de marcas que o FRED simplesmente pulverizou, entrando para história (e não são marcas só pessoais, 2 brasileiros, 3 participações seguidas e inéditas na libertadores, fora carioca, taça GB, etc da instituição FLUMINENSE), essa vai manter por décadas, pois Borges e Alecssandro que estão nesse brasileiro 2016, estão 16, 18 gols atrás respectivamente

MaisRecentes

Seleção das Estatísticas do Brasileirão 2017 tem mudanças na defesa e no ataque



Continue Lendo

Estatísticas de Atlético-PR 0x2 Ponte Preta



Continue Lendo

Estatísticas de Atlético-GO 1×1 Botafogo



Continue Lendo