Palmeiras foi o único clube brasileiro a vencer o Barcelona de Cruyff



O Palmeiras de 74 que derrotou o Barça de Cruyff

O Palmeiras de 74

O futebol mundial está de luto nesta quinta-feira em razão do falecimento do craque holandês Johan Cruyff. Grande nome da seleção da Holanda finalista da Copa do Mundo de 74 e do Ajax tricampeão da Liga dos Campeões entre 70 e 73, o eterno camisa 14 marcou época também defendendo o Barcelona.

Cruyff encerrou um jejum de 14 anos do Barça sem conquistar o título espanhol, sendo fundamental no triunfo da temporada 73/74. No ano em que levantou a taça nacional, porém, foi derrotado em outra competição exatamente por um clube brasileiro: o Palmeiras.

Menos de três meses após encerrar o jejum de título na Espanha, os catalães se juntaram ao Verdão, ao Santos e ao Espanyol para a disputa do Troféu Ramón de Carranza. Mesmo contando com Jopie e Neeskens, os culés sucumbiram ao talento de Ademir da Guia, Leivinha e companhia, que deixaram o gramado com uma vitória por 2 a 0.

Esse foi o único triunfo de um time brasileiro contra o Barcelona de Cruyff – como jogador – que fez história na década de 70. Nem mesmo o Santos de Pelé e Edu, que enfrentou a mesma equipe no dia seguinte, conseguiu vencer. Pela mesma competição, o Peixe acabou goleado por 4 a 1. O Rei fez o de honra do clube paulista.

Quatro anos depois seria a vez do Botafogo ir a Barcelona enfrentar os donos da casa pelo Torneio Juan Gamper. Porém, o gênio holandês já havia encerrado três meses antes a sua trajetória no Camp Nou, após seis temporadas marcantes. Ainda assim, deu Barça: 3 a 2.

FICHA DA VITÓRIA DO PALMEIRAS SOBRE O BARCELONA DE CRUYFF:

BARCELONA 0X2 PALMEIRAS
Data: 31/08/1974
Troféu Ramón de Carranza
Gols: Leivinha e Ronaldo

Barcelona: Sadurni; Rife, Torres (Marti Filosia), De la Cruz e Costas; Neeskens e Clares; Marcial, Cruyff, Asensi e Rexach (Juanito).

Palmeiras: Leão; Eurico, Luís Pereira, Alfredo e Zeca; Dudu (Édson) e Ademir da Guia; Ronaldo, Leivinha, César e Toninho Vanusa (Edu).



MaisRecentes

Flamengo tenta não perder combatividade no meio-campo para 2019



Continue Lendo

Alvo do Vasco, Danilo Barcelos foi um dos maiores garçons da Série B



Continue Lendo

Ramiro pode ser peça fundamental no Corinthians 2019



Continue Lendo