Palmeiras e Grêmio lideram estatísticas na Libertadores



Times podem se encontrar na final da Libertadores (Foto: Marcelo Oliveira/Fotoarena)

Com vitórias por 2 a 0 fora de casa sobre Colo-Colo e Atlético Tucumán, Palmeiras e Grêmio, respectivamente, deram passos importantes rumo à semifinal da Libertadores 2018. Triunfos que confirmaram a supremacia dos dois clubes na competição. Tantos os paulistas quanto os gaúchos vêm liderando algumas das principais estatísticas da competição.

Donos dos ataques mais positivos da competição, com 18 gols cada – o Cruzeiro, outro brasileiro que segue vivo na disputa, aparece em seguida, com 17 -, Palmeiras e Grêmio se destacam também em outros fundamentos, tanto ofensivos quanto defensivos, além de controle de jogo. O Tricolor, por exemplo, é disparado o time que mais trocou passes certos na competição até o momento, com 4640. Uma média de 515 por partidas.

Maicon e Ramiro, que cuidam da transição do time, aparecem em primeiro e em segundo, respectivamente, no ranking dos maiores passadores da competição continental.

O Alviverde, por sua vez, aparece no topo do ranking de interceptações, com uma larga vantagem para o segundo colocado. Segundo o Footstats, são 41 interceptações corretas do time, contra 27 do Millonarios, da Colômbia, que vem na sequência. Felipe Melo, com sete, lidera a lista individual da competição.

O domínio gremista, entretanto, se dá no ataque. O time de Renato Gaúcho é o líder em passes para gol (14), em assistências para finalização (101), em cruzamentos completados (51) e em conclusões certas (63). Com um ataque rápido e habilidoso, que conta com jogadores como Everton, Luan e Alisson, o Grêmio ainda aparece como a 2ª equipe com mais dribles certos (40), ficando atrás apenas do Racing, da Argentina (41).

Everton, inclusive, lidera o fundamento no ranking individual, com 14 fintas concluídas com sucesso.

Na defesa, outro destaque palmeirense. Capitaneado por Antônio Carlos, autor de 68 rebatidas – 5ª melhor marca da Libertadores -, o time é o 2º que mais realizou ações no fundamento (306) – Atlético Tucumán lidera com 378. Número que ajuda o clube a ter a 3ª defesa menos vazada do campeonato, com somente quatro gols sofridos.

* Com números do Footstats



MaisRecentes

Cobiçado, Ganso não tem uma boa sequência de jogos como titular desde 2016



Continue Lendo

Na mira do Corinthians, Luan foi um dos maiores ladrões de bola do Brasileirão 2018



Continue Lendo

Perto do Fluminense, Matheus Ferraz terminou o Brasileiro entre os zagueiros com mais rebatidas defensivas



Continue Lendo