O Brocador voltou? Hernane iguala seu melhor início de temporada da carreira



Hernane começou bem a temporada (Foto: Divulgação/Bahia)

Hernane começou bem a temporada (Foto: Divulgação/Bahia)

“Uh, terror! O Hernane é Brocador!”. O grito que tantas vezes ecoou no Maracanã pela torcida do Flamengo agora sai da garganta dos torcedores do Bahia. De casa nova, o centroavante tenta retornar a boa fase vivida no clube carioca após passagens discretas por Al Nassr e Sport.

Um imbróglio com os árabes por conta de salários atrasados deixou o atacante longe dos gramados por sete meses no ano passado. Desde que deixou a Gávea, em agosto de 2014, disputou apenas 26 partidas oficiais e marcou somente cinco gols. Isso até se transferir para o Tricolor Baiano.

Na nova equipe, Hernane já igualou seu melhor início de temporada com as camisas de Mogi Mirim e Flamengo. Em 2012, pelo clube paulista, 2013 e 2014, pelos cariocas, o centroavante anotou quatro gols em seus quatro primeiros jogos oficiais. Após um 2015 conturbado, o Brocador voltou a repetir o feito, agora com a camisa do Bahia.

O camisa 9 tem três gols anotados no Campeonato Baiano e nesta quinta-feira balançou as redes novamente, dessa vez pela Copa Nordeste, na vitória de seu time sobre o Juazeirense por 3 a 1. Nas quatro vezes em que esteve em campo este ano, o artilheiro passou em branco apenas contra o Santa Cruz, na estreia da competição regional.

Sua média poderia ser ainda maior, se contarmos as partidas amistosas. Em jogo festivo contra o Santos, em janeiro, Hernane deixou duas vezes a sua marca no empate em 2 a 2. Será que o Brocador voltou?

HERNANE EM SEUS PRIMEIROS JOGOS DO ANO
– Desde 2011

2016 – Bahia – 4 jogos e 4 gols
2015 – Sport – 4 jogos e 2 gols
2014 – Flamengo – 4 jogos e 4 gols
2013 – Flamengo – 4 jogos e 4 gols
2012 – Mogi Mirim – 4 jogos e 4 gols
2011 – Paulista – 4 jogos e 2 gols



MaisRecentes

Veja como ficou a Seleção das Estatísticas da Série B 2017 após a 10ª rodada



Continue Lendo

Vitória do Corinthians sobre o Grêmio rende grana alta nas casas de apostas



Continue Lendo

Eficiência corintiana



Continue Lendo