Novo reforço do Vasco, Muriqui marcou quase 100 gols em sua passagem pela Ásia



Muriqui atuou em três países da Ásia (Foto: Reprodução)

Muriqui atuou em três países da Ásia (Foto: Reprodução)

Rápido, habilidoso, criativo e vertical. Essas eram as principais características do menino franzino de 17 anos que chegou ao Vasco em 2004. Treze anos depois, Muriqui está de volta ao clube que o projetou, mais experiente, rodado e com uma característica que não tinha forte em seu início de carreira: o faro de gol.

O atacante balançou as redes apenas três vezes em 15 jogos pelo Vasco em sua primeira passagem. Atrapalhado por seguidas lesões perdeu espaço e retornou ao Madureira. No Tricolor Suburbano, demorou para voltar a deslanchar, mas conseguiu. Contra o mesmo Cruz-Maltino, em 2008, marcou duas vezes no triunfo de seu time por 2 a 1. Nesse Estadual, ficou em 5º na tabela de artilheiros com 7 gols.

Na temporada seguinte, seu rendimento ofensivo seguiu aumentando. Se destacou pelo Avaí formando dupla de ataque ao lado do centroavante William, marcando 9 gols no Brasileirão. As boas atuações o levaram para o Atlético Mineiro, onde seguiu sua fase goleadora.

No Galo, marcou 11 gols em 32 partidas e logo foi negociado com o futebol chinês – um dos primeiros jogadores brasileiros a ir para o país -, onde virou ídolo. Com 77 gols em 133 jogos, se tornou o maior artilheiro da história do Guangzhou Evergrande, marca mantida até sua saída e batida posteriormente por Elkeson, ex-Botafogo e Vitória.

No Al-Sadd, do Catar, teve média superior a um gol a cada dois jogos, marcando 14 vezes em 25 partidas. No Japão, onde vinha atuando, teve uma queda de rendimento no que se trata de balançar as redes: 5 tentos em 23 confrontos pelo FC Tokyo.

MURIQUI NA ÁSIA

Guangzhou Evergrande – 2010/2014 – 133 jogos e 77 gols
Al-Sadd – 2015 – 25 jogos e 14 gols
Tokyo – 2016 – 23 jogos e 5 gols

TOTAL: 181 jogos e 96 gols
Média: 0,53 gols por jogo



MaisRecentes

Novo reforço do São Paulo, Thomaz vinha liderando cinco estatísticas do Jorge Wilstermann na Libertadores



Continue Lendo

Veja como ficou a Seleção das Estatísticas das Eliminatórias após a 14ª rodada



Continue Lendo

Neymar assume a liderança de duas estatísticas nas Eliminatórias



Continue Lendo