Muriqui fez mais gols do que Conca na China; argentino deu mais assistências



Conca e Muriqui jogaram juntos por três anos (Foto: Reprodução)

Conca e Muriqui jogaram juntos por três anos (Foto: Reprodução)

*post atualizado dia 06/01/2016, às 8h58

Antigos parceiros do futebol chinês, Muriqui e Conca se reencontrarão 2017. Desta vez, no Rio de Janeiro. O apoiador argentino foi a principal contratação do Flamengo nesta janela até o momento, enquanto que o meia-atacante foi anunciado nesta sexta-feira pelo Vasco, clube que o projetou na juventude.

Juntos, os dois fizeram história no Guangzhou Evergrande, conquistando três títulos nacionais, uma Copa da China e uma Liga dos Campeões da Ásia. De quebra, ainda disputaram o Mundial de Clube da Fifa em 2013, mas acabaram eliminados pelo Atlético Mineiro de Ronaldinho Gaúcho.

A parceria durou três anos, até Conca retornar ao Fluminense, em 2014. Pouco tempo depois, o atacante também deixou o clube, acertando com o Al-Sadd, do Catar.

Apesar do meia do Flamengo ser o nome mais badalado da dupla, a passagem do atacante brasileiro pela China traz números superiores. Tanto que ganhou máscara e boneco em homenagem em seu período no Guangzhou.

Com 77 gols em 133 jogos, Muriqui era o maior artilheiro da história do clube chinês, até ser superado por Elkeson, que hoje atua no Shanghai – ex-time de Conca. Somando as duas passagens pela China, o argentino disputou 157 partidas e balançou as redes 71 vezes.

Nas assistências, porém, Conca teve um desempenho superior. Foram 57 passes para gol, contra 44 de seu ex-companheiro e novo ‘rival’.



MaisRecentes

Números da Bola ganha novo espaço no LANCE!



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo atinge seu primeiro recorde na Itália



Continue Lendo

Fluminense traz Fernando Diniz mas perde seus maiores passadores



Continue Lendo