Maior ladrão de bolas da Libertadores 2016, Hudson entra no top 5 do fundamento no Brasileirão



Hudson lidera estatística no São Paulo (Foto: Rubens Chiri/SãoPauloFc.net)

Hudson lidera estatística no São Paulo (Foto: Rubens Chiri/SãoPauloFc.net)

O momento do São Paulo não é bom. Tentando se afastar da zona de rebaixamento do Brasileirão, o Tricolor ficou apenas no empate com o Sport, nesta quarta-feira, e pode terminar a rodada a apenas dois pontos do Z4, caso o Figueirense vença seu duelo com o Botafogo e o Cruzeiro ao menos empate com a Ponte Preta.

Apesar da atual situação, a equipe lidera um dos fundamentos do campeonato: o desarme. São 549 roubos de bola na competição, 36 a mais que o Corinthians, segundo neste quesito.

Individualmente, o destaque do time na estatística tem sido Hudson. Maior desarmador da Libertadores deste ano, com 48 acertos, o volante agora aparece também entre os cinco melhores do Brasileirão, segundo dados do Footstats. Contra o Leão, o jogador realizou mais quatro desarmes e chegou a 76 no total, ocupando a 3ª posição no ranking.

No ano, somando também seus números no Campeonato Paulista e Copa do Brasil, o camisa 25 já realizou 179 desarmes. É o líder do fundamento no elenco.

MAIORES LADRÕES DE BOLA DO BRASILEIRÃO
– Dados do Footstats

1º – Fagner – Corinthians – 84
2º – Willian Arão – Flamengo – 82
3º – Hudson – São Paulo – 76
4º – Wellington Silva – Fluminense – 74
William – Internacional – 74
Bruno Henrique – Corinthians – 74



MaisRecentes

Números da Bola ganha novo espaço no LANCE!



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo atinge seu primeiro recorde na Itália



Continue Lendo

Fluminense traz Fernando Diniz mas perde seus maiores passadores



Continue Lendo