Maior ladrão de bolas da Libertadores 2016, Hudson entra no top 5 do fundamento no Brasileirão



Hudson lidera estatística no São Paulo (Foto: Rubens Chiri/SãoPauloFc.net)

Hudson lidera estatística no São Paulo (Foto: Rubens Chiri/SãoPauloFc.net)

O momento do São Paulo não é bom. Tentando se afastar da zona de rebaixamento do Brasileirão, o Tricolor ficou apenas no empate com o Sport, nesta quarta-feira, e pode terminar a rodada a apenas dois pontos do Z4, caso o Figueirense vença seu duelo com o Botafogo e o Cruzeiro ao menos empate com a Ponte Preta.

Apesar da atual situação, a equipe lidera um dos fundamentos do campeonato: o desarme. São 549 roubos de bola na competição, 36 a mais que o Corinthians, segundo neste quesito.

Individualmente, o destaque do time na estatística tem sido Hudson. Maior desarmador da Libertadores deste ano, com 48 acertos, o volante agora aparece também entre os cinco melhores do Brasileirão, segundo dados do Footstats. Contra o Leão, o jogador realizou mais quatro desarmes e chegou a 76 no total, ocupando a 3ª posição no ranking.

No ano, somando também seus números no Campeonato Paulista e Copa do Brasil, o camisa 25 já realizou 179 desarmes. É o líder do fundamento no elenco.

MAIORES LADRÕES DE BOLA DO BRASILEIRÃO
– Dados do Footstats

1º – Fagner – Corinthians – 84
2º – Willian Arão – Flamengo – 82
3º – Hudson – São Paulo – 76
4º – Wellington Silva – Fluminense – 74
William – Internacional – 74
Bruno Henrique – Corinthians – 74



MaisRecentes

Seleção das Estatísticas do Paulistão tem duas alterações



Continue Lendo

Pará entra na Seleção das Estatísticas do Carioca



Continue Lendo

Estatísticas de Botafogo-SP 1×1 São Paulo



Continue Lendo