Grafite tem média de quase um gol a cada dois jogos desde que voltou ao Santa Cruz



Grafite fez dois na estreia do Santa Cruz no Brasileiro (Foto: Marlon Costa/Futura Press)

Grafite fez dois na estreia do Santa Cruz no Brasileiro (Foto: Marlon Costa/Futura Press)

Um dos principais nomes da 1º rodada do Campeonato Brasileiro, Grafite tem surpreendido pela eficiência aos 37 anos. Vestindo a camisa do Santa Cruz, clube que lhe deu destaque no início dos anos 2000, o centroavante já balançou as redes dez vezes em 2016 e é o artilheiro do clube na temporada, com dois a mais que Keno.

Desde que reestreou pelo Santinha, contra o Botafogo, na Série B de 2015 – fez o gol único da partida -, o atacante já anotou 17 tentos nos 37 confrontos que esteve em campo. Uma média de 0,45 por jogo. Em sua melhor temporada pelo São Paulo, como comparativo, o goleador fez 22 em 53 duelos disputados em 2004 – 0,41 g/j.

Sua melhor fase da carreira foi defendendo o Wolfsburg, da Alemanha, onde atuou entre 2007 e 2011, porém, sua maior média foi atingida já veterano, jogando pelo Al Ahli, dos Emirados Árabes. Na temporada 2012/2013, Grafite deixou sua marca 24 vezes em 20 partidas, alcançando um rendimento de 1,2 gols por jogo.

Com os dois gols anotados na goleada de 4 a 1 sobre o Vitória, o atacante lidera a artilharia do Brasileirão 2016 ao lado do jovem Gabriel Jesus, do Palmeiras, 18 anos mais jovem.



MaisRecentes

Flamengo tem bom aproveitamento contra clubes brasileiros na Libertadores



Continue Lendo

Palmeiras e Peñarol se enfrentarão pela 10ª vez na Libertadores



Continue Lendo

Supremacia nos números: Flamengo e Fluminense lideram as principais estatísticas do Carioca



Continue Lendo