Grafite tem média de quase um gol a cada dois jogos desde que voltou ao Santa Cruz



Grafite fez dois na estreia do Santa Cruz no Brasileiro (Foto: Marlon Costa/Futura Press)

Grafite fez dois na estreia do Santa Cruz no Brasileiro (Foto: Marlon Costa/Futura Press)

Um dos principais nomes da 1º rodada do Campeonato Brasileiro, Grafite tem surpreendido pela eficiência aos 37 anos. Vestindo a camisa do Santa Cruz, clube que lhe deu destaque no início dos anos 2000, o centroavante já balançou as redes dez vezes em 2016 e é o artilheiro do clube na temporada, com dois a mais que Keno.

Desde que reestreou pelo Santinha, contra o Botafogo, na Série B de 2015 – fez o gol único da partida -, o atacante já anotou 17 tentos nos 37 confrontos que esteve em campo. Uma média de 0,45 por jogo. Em sua melhor temporada pelo São Paulo, como comparativo, o goleador fez 22 em 53 duelos disputados em 2004 – 0,41 g/j.

Sua melhor fase da carreira foi defendendo o Wolfsburg, da Alemanha, onde atuou entre 2007 e 2011, porém, sua maior média foi atingida já veterano, jogando pelo Al Ahli, dos Emirados Árabes. Na temporada 2012/2013, Grafite deixou sua marca 24 vezes em 20 partidas, alcançando um rendimento de 1,2 gols por jogo.

Com os dois gols anotados na goleada de 4 a 1 sobre o Vitória, o atacante lidera a artilharia do Brasileirão 2016 ao lado do jovem Gabriel Jesus, do Palmeiras, 18 anos mais jovem.



MaisRecentes

Em grande fase, Carleto se torna um dos maiores garçons do Brasileirão 2017



Continue Lendo

Veja como ficou a Seleção das Estatísticas da Série B 2017 após a 36ª rodada



Continue Lendo

Após grande atuação contra o Vasco, Victor se torna o 3º goleiro com mais defesas difíceis no Brasileirão 2017



Continue Lendo