De olho no G6, Botafogo luta para encerrar jejum contra a Ponte Preta



Camilo passou em branco no 1º turno (Foto: Ale Cabral/LANCE!Press)

Camilo passou em branco no 1º turno (Foto: Ale Cabral/LANCE!Press)

A distância entre Botafogo e Ponte Preta é de apenas seis pontos. Porém, o suficiente para deixar o Glorioso em boas condições de conseguir uma vaga no G6. Já para a Macaca, apenas dois triunfos nos últimos jogos e tropeços de todos os seus concorrentes podem levá-la à Libertadores.

A missão do time carioca neste sábado, às 20 horas, entretanto, não será simples. A equipe vive um jejum de vitórias contra a Ponte atuando em casa. A última aconteceu em 2006, quando goleou por 4 a 1, com gols de Dodô, duas vezes, Zé Roberto e Claiton. Tuto descontou.

De lá pra cá, foram dois jogos no Rio de Janeiro e duas vitórias do time campineiro. No retrospecto geral recente, o jejum é o mesmo: dois jogos. Em 2013, no Maracanã, 1 a 0 para os visitantes, gol de Elias. Este ano, no 1º turno, no Moisés Lucarelli, 2 a 0 com Pottker e Reinaldo marcando.

A última vez que o Botafogo saiu com os três pontos do confronto foi em 2013, atuando em Campinas: 2 a 0, gols de Seedorf e Antônio Carlos.

Apesar dos números negativos, é o Bota quem aparece como favorito nas casas de apostas. Segundo o site OddsShark.com/br, uma vitória dos cariocas pagará cerca de R$ 1,71 para cada real investido. Em caso de triunfo da Ponte, este valor sobe para R$ 5,00. O empate renderá R$ 3,35.



MaisRecentes

Números da Bola ganha novo espaço no LANCE!



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo atinge seu primeiro recorde na Itália



Continue Lendo

Fluminense traz Fernando Diniz mas perde seus maiores passadores



Continue Lendo