Contra o Pachuca, Cortez quebrou seu recorde de desarmes na temporada



Cortez faz boa temporada pelo Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Esquecido até bem pouco tempo no futebol japonês, Bruno Cortez se tornou peça fundamental do Grêmio na campanha vitoriosa na Libertadores deste ano. Contra o Pachuca, na semifinal do Mundial de Clubes, o lateral-esquerdo mais uma vez teve uma grande atuação. E o mais surpreendente: defensivamente.

Veloz, Cortez sempre se destacou pelas arrancadas e jogadas de linha de fundo. Contra o time mexicano, porém, os desarmes e bloqueios foram suas grandes armas no duelo. Em ao menos duas oportunidades, o camisa 12 salvou a equipe gaúcha de sofrer o gol.

Segundo dados do Footstats, o jogador ainda quebrou o seu recorde de desarmes na temporada, com cinco roubos de bola – sua melhor marca era de quatro recuperações de posse, alcançadas em quatro partidas, entre Primeira Liga (Flamengo), Libertadores (Godoy Cruz) e Brasileiro (Fluminense e Corinthians).

CORTEZ CONTRA O PACHUCA-MEX
– Dados do Footstats

0 gols
1 passe para gol
1 assistência para finalização
43 passes certos
6 passes errados
1 lançamento certo
0 lançamentos errados
0 finalizações
0 dribles
0 cruzamentos certos
2 cruzamentos errados
5 desarmes
1 bloqueio de chute
6 rebatidas defensivas



MaisRecentes

Por que Pablo era um risco alto demais para o Flamengo?



Continue Lendo

Dez jovens jogadores rebaixados que podem ser bons reforços para 2019



Continue Lendo

Seis dos dez maiores artilheiros do Brasil no ano podem mudar de clube em 2019



Continue Lendo