Contra o Coritiba, Palmeiras teve um de seus melhores desempenhos em desarmes neste Brasileirão



Moisés foi o maior ladrão de bolas da partida (Foto: Alê Cabral/AGIF)

Moisés foi o maior ladrão de bolas da partida (Foto: Alê Cabral/AGIF)

Com boas atuações defensivas de Moisés, Tchê Tchê, Juninho, Deyverson e Egídio, o Palmeiras fez, nesta segunda-feira, na vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, um de seus jogos mais eficientes no quesito desarmes.

Somado, o quinteto foi responsável por 21 das 27 recuperações de bola do time na partida, com o Profeta liderando com cinco roubadas – todos os outros desarmaram quatro vezes cada.

O volume só não foi maior que no duelo com a Ponte Preta, na 10ª rodada, quando a equipe também saiu de campo com os três pontos – triunfo por 2 a 1. Na ocasião, os palmeirenses efetuaram 28 desarmes certos, segundo números do Footstats.

Quarto colocado no Brasileirão, o Verdão é o 5º no ranking de roubos de bola, com 397 desarmes em 24 rodadas disputadas. O clube fica atrás apenas de Sport, Vasco, Botafogo e Cruzeiro, respectivamente.

MAIORES LADRÕES DE BOLA DO PALMEIRAS NO BRASILEIRÃO 2017:
– Dados do Footstats

1º – Tchê Tchê – 36 desarmes
2º – Thiago Santos – 34 desarmes
3º – Egídio – 31 desarmes
4º – Mayke – 26 desarmes
5º – Guerra – 24 desarmes



MaisRecentes

Grêmio é favorito nas casas de apostas para duelo contra o Pachuca



Continue Lendo

Top 12: os maiores dribladores do Brasileirão 2017



Continue Lendo

Desarmes, passes e interceptações: as estatísticas de Desábato, alvo do Vasco



Continue Lendo