Consistência defensiva e velocidade: as características de Juninho Capixaba, cobiçado pelo Corinthians



Juninho Capixaba pode atuar pelo Corinthians em 2018 (Foto: Felipe Oliveira/Bahia)

Juninho Capixaba precisou de menos de 30 jogos como profissional para chamar a atenção do Corinthians. Mesmo não tendo sido titular do Bahia durante toda a campanha da Série A – ganhou a posição apenas na 21ª rodada -, o lateral-esquerdo se tornou objeto de desejo do atual campeão brasileiro, que perdeu o seu titular, Guilherme Arana, para o Sevilla, da Espanha.

Entre as principais características do jovem jogador estão a consistência defensiva, a boa leitura de jogo, bom aproveitamento nos passes e a velocidade. E os números mostram bem isso.

Juninho teve a segunda maior média de interceptações no Campeonato Brasileiro entre os laterais esquerdos com ao menos 10 jogos na competição. Segundo dados do Footstats, foram 14 em 17 apresentações – 0,8 por partida. Marca superada apenas por Capa, do Avaí, que conseguiu 30 em 29 jogos.

Recuperando e saindo em velocidade, muitas vezes iniciando o contra-ataque do Tricolor Baiano, se tornou o 7º jogador da posição com mais faltas sofridas, em média: 1,6 por jogo – 27 no total.

Entretanto, mesmo se projetando ao ataque, Juninho participou pouco das conclusões das jogadas, tendo um baixo aproveitamento nas finalizações, cruzamentos e assistências. Algo até certo ponto natural, tendo em vista que as jogadas do Bahia se concentravam quase sempre, do meio pra frente, em seus meias e atacantes – Zé Rafael, Allione, Régis, Vinícius, Renê Júnior, Edigar Junio e Mendoza -, tanto para a criação quanto para conclusão. Os laterais, nessa situação, acabam participando mais do terceiro e quarto passe, e pouco dos últimos. Algo que pode mudar no Timão.

Uma das principais qualidades de Arana, então titular corintiano, era a consistência nos passes. O lateral foi o maior passador do Brasileirão, com 1806 acertos e um aproveitamento de 93,3%. Com menos minutos em campo, Capixaba não teve um volume tão alto, mas se mostrou eficiente no fundamento, concluindo 91,8% de suas tentativas. Um número bem próximo ao do líder do quesito, a quem deverá substituir.

Outro destaque nas estatísticas do jogador é o número de inversões de jogo certas. Juninho teve a maior média de acertos entre os laterais esquerdos com mais de 10 jogos no Brasileiro – 0,7 por jogo -, empatado com Reinaldo, da Chapecoense. Seu aproveitamento, porém, foi maior que do camisa 6 da Chape: 92,3% contra 72,7%.

ESTATÍSTICAS DE JUNINHO CAPIXABA NO BRASILEIRÃO 2017
– Dados do Footstats

17 jogos
0 gols
0 passes para gol
12 assistências para finalização
0 finalizações em gol
4 finalizações para fora
646 passes certos
58 passes errados
3 dribles certos
2 dribles errados
10 lançamentos certos
29 lançamentos errados
12 viradas de jogo certas
1 virada de jogo errada
30 desarmes
14 interceptações
68 rebatidas defensivas



MaisRecentes

Números da Bola ganha novo espaço no LANCE!



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo atinge seu primeiro recorde na Itália



Continue Lendo

Fluminense traz Fernando Diniz mas perde seus maiores passadores



Continue Lendo