Como a artilharia do Brasil em 2016 diz muito sobre o nosso futebol atual



Kleber é o artilheiro do Brasil neste início de ano (Foto: Divulgação/Coritiba)

Kleber é o artilheiro do Brasil neste início de ano (Foto: Divulgação/Coritiba)

Ano novo, artilheiros antigos e alguns bem jovens. No primeiro mês completo do futebol brasileiro em atividade em 2016, velhos nomes balançaram as redes nos estaduais e regionais pelo país. Assim como muitos garotos, alguns deles em seus primeiros anos como profissionais, vêm mantendo o bom rendimento que tiveram em 2015.

Entre os clubes que disputarão a Série A nesta temporada, veteranos e ‘novatos’ dividem as tabelas de goleadores do país neste início de trabalho. Com as 10 melhores marcas de gols no Brasil até o fim de fevereiro – entre equipes da primeira divisão – estão 12 jogadores. Seis deles com 30 anos ou mais. Os outros seis, com 24 ou menos. Mas o que isso nos diz sobre o futebol brasileiro atual?

Muitos preparadores físicos, fisiologistas, e pessoas que estudam e trabalham com o esporte, principalmente analisando o desempenho físico dos atletas, afirmam que o auge do jogador está entre os 26 – alguns dizem 27 – e os 29 anos de idade. É quando ele atinge um amadurecimento técnico e o ápice muscular. Curiosamente, é exatamente o ‘espaço em branco’ na idade dos principais artilheiros do Brasil no início do ano.

Ou seja, o Brasil é, sim, ainda capaz de revelar bons valores, mas dificilmente eles vivem o auge de suas carreiras atuando em sua terra natal. E isso explica o baixo nível técnico do futebol apresentado no Campeonato Brasileiro e, claro, nos Estaduais, mais amplos e, portanto, menos ‘restritivos tecnicamente’.

Não é nenhuma novidade que os principais nomes do futebol brasileiro hoje atuam fora do país, mas o número ajuda a mostrar de forma clara o ‘buraco’ que se formou no Brasil. Mesclar experiência e juventude deixou de ser uma opção e passou a ser quase que a única solução para se formar um elenco, com garotos que começam a aparecer e veteranos que retornam para encerrar suas carreiras. O início e o fim, sem o auge que fica no meio, salvo raras exceções.

ARTILHEIROS DO BRASIL EM 2016
– Entre os clubes que disputarão a Série A em 2016

1º – Kleber – Coritiba – 8 gols – 32 anos
2º – Fred – Fluminense – 6 gols – 32 anos
3º – Guerrero – Flamengo – 5 gols – 32 anos
4º – Osman – América-MG – 4 gols – 23 anos
Gabriel Jesus – Palmeiras – 4 gols – 18 anos
Luan – Grêmio – 4 gols – 22 anos
Aylon – Internacional – 4 gols – 23 anos
Eduardo Sasha – Internacional – 4 gols – 24 anos
Diego Souza – Fluminense – 4 gols – 30 anos
Clayton – Figueirense/Atlético-MG – 4 gols – 20 anos
Túlio de Melo – Sport – 4 gols – 31 anos
Grafite – Santa Cruz – 4 gols – 36 anos



  • Alex Fernando Costa

    Esse é o nível do futebol brasileiro. Kleber artilheiro do Brasil… Kkkkkkk,tem que rir…

MaisRecentes

Tem espaço no Corinthians? Veja os números de Mendoza no Brasileirão 2017



Continue Lendo

Lukaku iguala marca de Ruud van Nistelrooy na Premier League



Continue Lendo

Reforço do Atlético-MG, Samuel Xavier foi um dos laterais que mais acertaram cruzamentos no Brasileirão 2017



Continue Lendo