Com aposentadoria de Ceni, apenas seis pentacampeões seguem jogando



Seleção Brasileira 2002

Seleção Brasileira campeã do mundo em 2002 (Foto: LANCE!Press)

Aos poucos, a geração pentacampeã pelo Brasil em 2002 vai deixando os gramados. Com a aposentadoria do goleiro Rogério Ceni, reserva daquele elenco vencedor, somente seis jogadores do grupo seguem em atividade no futebol.

Dos 23 atletas que Luiz Felipe Scolari levou para a Copa do Mundo, apenas Dida, Lúcio, Roberto Carlos – que voltou a atuar após três anos parado -, Ronaldinho Gaúcho, Kaká e Kléberson ainda jogam. Destes, somente o goleiro e R10 defenderam clubes brasileiros na temporada – Internacional e Fluminense, respectivamente.

Além de Ceni, quem anunciou sua despedida dos campos esta semana foi Gilberto Silva. O volante já estava sem clube desde 2013, quando deixou o Atlético-MG, e finalmente oficializou o fim de sua carreira.

Veja por onde andam os pentacampeões que ainda jogam:

– Dida – Disputou o Brasileiro pelo Internacional mas não deverá ter seu contrato renovado.
– Lúcio – Defende o Goa, da Índia
– Roberto Carlos – Após três anos longe dos gramados, o camisa 6 voltou a atuar em 2015. O lateral atualmente acumula as funções de treinador e jogador do Delhi Dynamos, da Índia.
– Kléberson – Uma das surpresas de Felipão na Copa de 2002, o meia hoje defende o Indy Eleven, dos Estados Unidos.
– Kaká – Outro que vem atuando nos Estados Unidos, atualmente defende o Orlando City.
– Ronaldinho Gaúcho – O craque defendeu o Fluminense em poucos jogos no Brasileiro de 2015, mas logo deixou as Laranjeiras. O meia-atacante segue sem clube para 2016.



MaisRecentes

Final colocará frente a frente três dos principais finalizadores do Paulistão



Continue Lendo

Marcelo fica perto de entrar no top 5 dos artilheiros brasileiros na história do Real Madrid



Continue Lendo

Robinho supera Zico e iguala marca de Pelé na Libertadores



Continue Lendo