Clubes brasileiros se destacam nas estatísticas da Libertadores



Palmeiras, Flamengo e Atlético lideram seus grupos (Foto: Arquivo LANCE!)

Palmeiras, Flamengo e Atlético lideram seus grupos (Foto: Arquivo LANCE!)

Mais um meio de semana com jogos importantes pela fase de grupos da Libertadores e mais vitórias brasileiras. O único clube do Brasil que não venceu foi o Atlético Paranaense, que enfrentou outro brasuca: o Flamengo. Ou seja, nos duelos contra equipes de fora do país, a bandeira verde e amarela triunfou em todos.

O bom momento dos times na competição se reflete também em números. Algumas das principais estatísticas coletivas do campeonato são lideradas pelos brasileiros. Botafogo e Santos, por exemplo, ostentam as defesas menos vazadas até o momento, com apenas um gol sofrido, ao lado de Nacional-URU, Emelec-EQU, Barcelona-EQU  e Guaraní-PAR.

O Furacão, apesar da derrota para o outro rubro-negro, o carioca, é o time que troca mais passes, de acordo com o Footstats. Foram 1027 toques certos em apenas três jogos. Outro quesito liderado pelos paranaenses é o de rebatidas defensivas, com 124.

Já o Flamengo, que voltou a vencer no Maracanã, se destaca pela qualidade ofensiva. O time da Gávea é quem mais acertou finalizações no gol (22), o que conclui mais cruzamentos (21) e também lançamentos (51).

Invicto na Libertadores, o Palmeiras também lidera mais de uma estatística. O Verdão, que conseguiu mais uma vitória nos últimos minutos, contra o Peñarol, é quem mais tem dado assistências para finalização, ou seja, quem mais cria oportunidades de gol com toques de bola, com 36, e o que mais dribla, com 15.

Outro que venceu na rodada foi o Atlético Mineiro. O Galo goleou o Sport Boys, da Bolívia, por 5 a 2, e se tornou a equipe com mais passes para gol na competição, com cinco, mesmo número de River Plate, Jorge Wilstermann e Sport Boys.



MaisRecentes

Números da Bola ganha novo espaço no LANCE!



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo atinge seu primeiro recorde na Itália



Continue Lendo

Fluminense traz Fernando Diniz mas perde seus maiores passadores



Continue Lendo