Chelsea ainda não teve nenhum técnico inglês na ‘era Abramovich’



Felipão treinou o Chelsea na temporada 2008/2009 (Foto: AFP)

Felipão treinou o Chelsea na temporada 2008/2009 (Foto: AFP)

Ted Drake, Dave Sexton, Geoff Hurst, John Neal, Bobby Campbell, Glenn Hoddle… O Chelsea teve grandes treinadores ingleses durante sua história. Na década de 90, porém, o panorama começou a mudar, quando ex-craques como o holandês Ruud Gullit e o italiano Vialli deixaram os gramados e comandaram os Blues do banco de reservas.

O conceito de utilizar técnicos estrangeiros se consolidaria pouco tempo mais tarde, quando bilionário russo Roman Abramovich comprou o clube, em 2003. Desde então, o único treinador inglês a comandar a equipe foi o interino Ray Wilkins, em apenas uma partida, logo após a saída de Felipão. Porém, jamais foi efetivado no cargo.

Nos 12 anos da ‘era Abramovich’, o time teve nove comandantes diferentes, sendo três italianos, dois portugueses, um brasileiro, um israelense, um holandês e um espanhol. Nenhum nascido na Inglaterra.

E ao que tudo indica, a lista continuará sem um britânico por mais algum tempo. Com a queda de José Mourinho, Guus Hiddink deve assumir a equipe neste fim de ano. Esta será a segunda passagem do treinador holandês pelo clube. Na primeira, em 2009, conquistou a Copa da Inglaterra.

TÉCNICOS DA ERA ABRAMOVICH

– Claudio Ranieri – Itália
– José Mourinho – Portugal (duas vezes)
– Avram Grant – Israel
– Luiz Felipe Scolari – Brasil
– Guus Hiddink – Holanda
– Carlo Ancelotti – Itália
– André Villas Boas – Portugal
– Roberto Di Matteo – Itália
– Rafa Benítez – Espanha



MaisRecentes

Empates de Fla e Flu rendem grana alta nas casas de apostas



Continue Lendo

Seleção das Estatísticas do Carioca tem duas mudanças



Continue Lendo

Estatísticas de Volta Redonda 1×1 Flamengo



Continue Lendo