Capitão da Chapecoense, Cléber Santana vivia grande fase na carreira



Cléber Santana faleceu no acidente de avião (Foto: Divulgação)

Cléber Santana faleceu no acidente de avião (Foto: Divulgação)

Aos 35 anos, Cléber Santana era um dos mais experientes do grupo da Chapecoense, que se envolveu num acidente de avião que vitimou 71 pessoas. Já tendo vestido camisas pesadas como de Flamengo, São Paulo, Sport, Vitória, Santos, Atlético-PR e até Atlético de Madrid, da Espanha, reencontrou papel de destaque na equipe de Chapecó.

Capitão do time, o meia – que foi uma das vítimas fatais da tragédia – estava em sua segunda temporada no clube, após passar pelos rivais Avaí e Criciúma, e se aproximava de coroar o bom momento erguendo a taça de campeão na Sul-Americana.

Identificado com o clube, estava próximo também da marca simbólica de 100 jogos pela equipe. Cléber Santana disputou 96 partidas e marcou 4 gols pela Chapecoense, segundos dados do site OGol..

Além dos feitos coletivos com a Chape, Cléber vinha se destacando também individualmente. Comandante do time, era o jogador do elenco com mais passes certos no Brasileirão (1543), com mais cruzamentos (35) e o principal garçom – 5 para gol e 53 para finalização.

Santana vinha sendo também o líder isolado do campeonato em viradas de jogo certas. Cérebro da equipe, fez 63 inversões corretas, segundo dados do Footstats.



  • Dejair

    Jogador limpo, que só jogava bola

MaisRecentes

Nikão, Lucca, Allione… Veja como está a Seleção das Estatísticas do Brasileirão



Continue Lendo

Estatísticas de Botafogo 1×0 Bahia



Continue Lendo

Estatísticas de Sport 4×3 Grêmio



Continue Lendo