Após grande atuação, Cavalieri se torna um dos goleiros com maior média de defesas no Brasileirão 2017



Cavalieri fez grande partida contra o Grêmio (foto: Divulgação/Fluminense)

Cavalieri fez grande partida contra o Grêmio (foto: Divulgação/Fluminense)

Foram quatro meses de espera no banco de reservas por uma nova chance, até que, neste domingo, Diego Cavalieri voltou ao gol do Fluminense. E, literalmente, agarrou a oportunidade que teve.

Contra o Grêmio, o camisa 12 realizou quatro defesas difíceis e cinco intervenções simples, de acordo com dados do Footstats. No fim, porém, acabou batido por Beto da Silva, que marcou o gol único da partida.

Com essa atuação, Cavalieri se tornou o 5º goleiro com a melhor média de defesas difíceis no campeonato, com seis em quatro jogos (1,5 por rodada). O arqueiro tricolor é superado apenas por João Carlos, da Ponte Preta, – que atuou apenas uma vez no Brasileirão -, Douglas, do Avaí, Wilson, do Coritiba, e Vanderlei, do Santos.

GOLEIROS COM AS MAIORES MÉDIAS DE DEFESAS DIFÍCEIS NO BRASILEIRO:

1º – João Carlos – Ponte Preta – 2 defesas em 1 jogo – 2,0 de média
2º – Douglas Friedrich – Avaí – 32 defesas em 17 jogos – 1,9 de média
3º – Wilson – Coritiba – 44 defesas em 26 jogos – 1,7 de média
Vanderlei – Santos – 42 defesas em 25 jogos – 1,7 de média
5º – Diego Cavalieri – 6 defesas em 4 jogos – 1,5 de média
Paulo Vitor – Grêmio – 6 defesas em 4 jogos – 1,5 de média
Agenor – Sport – 6 defesas em 4 jogos – 1,5 de média
Jefferson – Botafogo – 9 defesas em 6 jogos – 1,5 de média



  • apedeandrade

    Pq só o Lance insiste que o Vanderlei tem 42 defesas?Em todos portais computam 53.

    • André Schmidt

      Porque não existe uma fórmula para calcular dificuldade de defesa. Nós aqui usamos dados do Footstats, como explicado na matéria, outro site deve usar de outro portal de estatísticas. Devem ter considerado difíceis algumas defesas que o Footstats não considerou, apenas isso. Abraço!

  • Norma

    Não dá para comparar quem jogou 4 jogos com quem jogou 25 ou mais, obviamente com mais jogos é bem provável que essa média caia muito, já que infelizmente, mesmo só treinando esse tempo todo, Cavalieri não aprendeu a sair do gol nas bolas altas, coisa que vários colegas fazem muito bem. ST

MaisRecentes

Veja como ficou a Seleção das Estatísticas do Brasileirão 2017 após a 30ª rodada



Continue Lendo

Estatísticas de Botafogo 2×1 Corinthians



Continue Lendo

Dribles, gols e assistências: veja os números de David, atacante que interessa ao Palmeiras



Continue Lendo