Adversário do Brasil, Suárez é um dos maiores artilheiros da história das Eliminatórias



suarez uruguai afp

Suárez está de volta ao Uruguai (Foto: AFP)

Um ano, nove meses e um dia. Este é o tempo que durou a suspensão de Luis Suárez por ter dado uma mordida no zagueiro italiano Chiellini, no último jogo da fase grupos da Copa do Mundo de 2014. A punição dada foi de nove partidas, já cumpridas, e seu retorno acontecerá nesta sexta-feira, exatamente enfrentando o Brasil.

Com 43 gols marcados em 43 partidas disputadas na temporada pelo Barcelona, o atacante é uma das principais armas do Uruguai  para tentar triunfar em Pernambuco. Além do bom momento vivido na Espanha, o camisa 9 tem também um ótimo retrospecto nas Eliminatórias.

Suárez é o 4º maior goleador da história da competição classificatória para o mundial, com 16 gols anotados em 35 jogos. O jogador fica atrás apenas do argentino Crespo e dos chilenos Salas e Zamorano, que já não atuam mais.

Entre os brasileiros, Romário e Zico, com 11 cada, lideram a lista. Dos atuais convocados de Dunga, Willian, autor de dois gols nesta edição, é quem mais vezes balançou as redes. Lembrando que a Seleção não participou da última por ser país sede.

MAIORES ARTILHEIROS DA HISTÓRIA DAS ELIMINATÓRIAS

1º – Crespo – Argentina – 19 gols
2º – Marcelo Salas – Chile – 18 gols
3º – Ivan Zamorano – Chile – 17 gols
4º – Suárez – Uruguai – 16 gols
Joaquín Botero – Bolívia – 16 gols
Delgado – Equador – 16 gols
7º – Farfán – Peru – 15 gols
Forlán – Uruguai – 15 gols
9º – Messi – Argentina – 14 gols
Cardozo – Paraguai – 14 gols



MaisRecentes

Números da Bola ganha novo espaço no LANCE!



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo atinge seu primeiro recorde na Itália



Continue Lendo

Fluminense traz Fernando Diniz mas perde seus maiores passadores



Continue Lendo