25 jovens destaques da Série B 2017



Emprestado pelo Palmeiras, Artur é um dos destaques da Série B (Foto: Gustavo Oliveira/Londrina)

Com o acesso definido, tendo América Mineiro, Internacional, Ceará e Paraná de volta à Série A, e a confirmação das quedas de Luverdense, ABC, Santa Cruz e Náutico para a 3ª divisão, a Segundona chega em sua rodada final definida. E apesar de apenas quatro clubes subirem, muitos destaques individuais podem pintar nas equipes da elite no próximo ano.

Tendo acompanhado as estatísticas da competição durante toda a temporada, o Números da Bola decidiu relacionar aqui alguns dos principais destaques jovens do campeonato. Foram selecionados 25 jogadores de até 25 anos de idade que conseguiram um bom desempenho individual na Série B. Será que algum tem vaga no seu time? Confira a lista e alguns números de destaque destes atletas:

– Renatinho – meia – 25 anos – Paraná

Revelado pelo Atlético-PR, o meia de 25 anos foi um dos principais destaques no acesso do Paraná, terminando a competição como artilheiro do time, com 9 gols, e também o garçom, com 8 assistências – o 3º melhor no campeonato neste fundamento.

– Artur – meia – 19 anos – Londrina

Emprestado pelo Palmeiras, o jovem atacante de apenas 19 anos foi um dos grandes destaques da Série B. Líder em passes para gol ao lado do experiente D’Alessandro, do Internacional, com 10 assistências, foi também o 2º maior finalizador da competição, com 42 arremates no alvo – dois a menos que o colorado William Pottker. Artur ainda marcou 8 gols no campeonato.

– Romário – lateral-esquerdo – 25 anos – Ceará

contratado pelo Santos para a próxima temporada, Romário foi um dos principais nomes no acesso do Ceará. Com seis passes para gol, foi o lateral com mais assistências na competição e o líder do time no quesito.

– Carlos Eduardo – atacante – 21 anos – Goiás

Carlos Eduardo é o maior driblador da Série B (Foto: Goiás/Divulgação)

Cobiçado por Flamengo e São Paulo, Carlos Eduardo foi um dos poucos a se salvar na fraca campanha do Goiás na Série B. Maior driblador do campeonato, com 55 fintas, de acordo com o Footstats, o jovem terminou ainda como artilheiro do seu clube na competição, com 9 gols. Com 43 desarmes, é ainda o terceiro atacante com mais recuperações de posse no campeonato.

– César – goleiro – 22 anos – Londrina

Na mira do Palmeiras para o próximo ano, César é mais um dos destaques do bom ano do Londrina, campeão da Primeira Liga e que esteve muito próximo ao acesso este ano. Apesar do time terminar o ano com a 7ª defesa mais vazada da Série B, o camisa 1 é o 5º goleiro com mais defesas no campeonato e o 5º com mais defesas difíceis.

– Matheusinho – atacante – 19 anos – América-MG

Grande revelação do América, atual líder da Série B, Matheusinho foi o toque de criatividade na sólida equipe montada pelo técnico Enderson Moreira. Com uma média de 1.3 assistências para finalização por jogo na competição, o garoto teve a melhor marca do time neste quesito. Além disso, foi o maior driblador da equipe, com 12 fintas. Infelizmente, o jogador sofreu uma ruptura de ligamento do joelho direito e terminou o ano sem atuar.

– Rodrigo Dourado – volante – 23 anos – Internacional

Elogiado e criticado ao mesmo tempo pela torcida do Internacional, Rodrigo Dourado terminará a Série B com uma marca expressiva: com 102 desarmes até o momento, é o maior ladrão de bolas da competição – Cristovam, do Paraná, com 99, é o segundo. Com 1264 passes certos, o volante é ainda o 11ª maior passador do campeonato.

– William Pottker – atacante – 23 anos – Internacional

William Pottker é o maior finalizador da Série B 2017 (Foto: Divulgação/Internacional)

Vivendo altos e baixos na temporada, William Pottker foi mais um jogador do Internacional a liderar uma estatística importante no campeonato. Além de artilheiro do Colorado com 10 gols, o centroavante é o jogador com mais finalizações certas na competição, com 44 arremates no alvo.

– Messias – zagueiro – 23 anos – América-MG

Um dos pilares defensivos do América-MG na excelente campanha de acesso do clube, Messias aparece entre os 10 zagueiros com mais desarmes e mais rebatidas defensivas na Série B, mesmo com os mineiros tendo uma das maiores posses da competição – a 7ª maior, com 51,3%. Foram 268 rebatidas e 35 desarmes, segundo dados do Footstats. De quebra, ainda contribuiu ofensivamente com duas assistências e um gol.

– Bruno Nazário – meia-  22 anos – Guarani

Revelado pelo Figueirense e com passagens por Hoffenhein-ALE e Cruzeiro, Bruno Nazário iniciou muito bem a Série B, assim como o Guarani, mas caiu de produção junto com o time durante a competição. Ainda assim, foi um dos destaques do Bugre no campeonato. Com 62 assistências para finalização, o meia foi um dos jogadores que criaram mais chances de gol na Segundona, aparecendo em 5º no ranking do Footstats, ao lado de Mazinho, do Oeste.

– Reis – atacante – 24 anos – Boa Esporte

Com passagens por Remo, Internacional, Caxias e América de Natal, Reis foi um dos atacantes mais produtivos da Série B 2017. Rápido e habilidoso, é o 4º maior garçom do campeonato com sete passes para gol e o 3º com mais assistências para finalização, com 75, ficando atrás apenas de D’Alessandro, do Inter, e Alan Mineiro, do Vila Nova.

– Thaciano – meia – 22 anos – Boa Esporte

Com passagem pelo time sub-23 do Santos, Thaciano é o artilheiro do Boa Esporte na Série B com 10 gols marcados. Ao lado de Reis e Rodolfo, foi o destaque ofensivo da equipe mineira, atual 9ª colocada,  na competição.

– Ayrton – lateral-esquerdo – 20 anos – Londrina

Emprestado pelo Fluminense, Ayrton foi mais um destaque da boa campanha do Londrina. Terceiro maior ladrão de bolas da competição, com 95 desarmes, é também o 5º maior driblador, com 21 fintas – líder entre os laterais. Em 33 jogos, Ayrton ainda marcou dois gols e deu uma assistência.

– Robinho – atacante – 22 anos – Figueirense

Já contratado e atuando pelo Fluminense, Robinho foi um dos destaques do Figueirense no início da Série B. Em apenas 18 partidas na competição, o atacante marcou 7 gols e deu duas assistências. Mesmo tendo disputado menos da metade da competição, o jogador é ainda o 7º maior driblador do campeonato, com 20 fintas certas.

– Ruan Renato – zagueiro – 23 anos – Juventude

Ruan foi atuar na Áustria (Foto: Arthur Dallegrave/Juventude)

Outro destaque que deixou a competição antes do fim. Após boas atuações pelo Juventude, Ruan Renato acabou negociado com o Áustria Viena. Com 20 desarmes e dois gols marcados em apenas 16 jogos disputados, o zagueiro vinha sendo peça fundamental da equipe, que chegou a liderar a Série B.

– Maguinho – lateral-direito – 25 anos – Vila Nova

Em seu segundo ano pelo Vila Nova, Maguinho se consolidou como um dos melhores laterais da Série B 2017. Rápido e forte fisicamente, é o líder de rebatidas defensivas entre os jogadores da posição no campeonato, com 184, e o 6º maior ladrão de bolas entre os laterais, com 69 desarmes.

– Iago Maidana – zagueiro – 21 anos – Paraná

Emprestado pelo São Paulo, Iago Maidana foi mais um dos destaques do Paraná, que tem a terceira defesa menos vazada da Série B, no acesso do clube à 1ª divisão. Com cinco gols marcados, é o maior zagueiro artilheiro da competição, ao lado de Adalberto, do CRB, e Alex Alves, do Goiás. Maidana é ainda o dono da maior média de passes certos do Paraná por jogo: 34,5.

– Erick – atacante –  19 anos -Náutico

Erick disputou apenas 19 partidas na Série B 2017, porém, o suficiente para se destacar e ser vendido ao Braga, de Portugal. Apesar de ter atuado apenas metade dos jogos, o jovem atacante ainda é o 4º maior driblador do campeonato, com 22, e o jogador com a 4ª melhor média de finalizações certas – 1.2 por partida.

– Rodolfo – atacante – 25 anos – Boa Esporte

Dono de um bom chute de média distância, Rodolfo é o vice-artilheiro do Boa na Série B, com 9 gols marcados, e o 7º maior finalizador do campeonato, com 32 arremates no alvo. 

– Leandro Vilela – volante – 22 anos – Paraná

Sexto maior ladrão de bolas entre os volantes da Série B, com 71 desarmes, e dono de uma das melhores médias do fundamento na competição – 2.6 por jogo -, Leandro Vilela foi mais um jovem destaque do Paraná na competição. Cria da base do Tricolor Paranaense, o cabeça de área é também o 5º jogador com mais antecipações certas no campeonato: 14.

– Gabriel Dias – volante – 23 anos – Paraná

Gabriel Dias conseguiu o acesso com o Paraná (Foto: Divulgação/Paraná)

Emprestado pelo Palmeiras, Gabriel conseguiu no Paraná a sequência que ainda não teve no Verdão. E correspondeu. Titular em 28 jogos do clube na Série B – entrou ainda em outros dois -, foi um dos pilares defensivos da equipe. Com dois gols, duas assistências e 45 desarmes, Gabriel mostrou qualidades defensivas e ofensivas na competição.

– Lima – meia – 21 anos – Ceará

Mais um jogador emprestado por um clube da Série A que conseguiu o acesso por uma equipe da B. Cedido pelo Grêmio, Lima foi um dos destaques do Ceará na volta do Vozão à primeira divisão. Em 21 jogos pelo time cearense – foi contratado após o início do campeonato – , o meia marcou cinco gols, deu cinco passes para seus companheiros marcarem e outras 27 assistências para finalização.

– João Pedro – meia – 20 anos – Paraná

Um dos mais jovens da lista, João Pedro foi um dos homens de criação do bom time do Paraná. Com cinco passes para gol, ficou atrás apenas de Renatinho, outro destaque aqui da lista, entre os garçons do Tricolor. De quebra, o garoto ainda anotou quatro gols na competição.

– Rafinha – meia-  25 anos – Brasil de Pelotas

Camisa 10 do Brasil de Pelotas, Rafinha foi um dos destaques da equipe na Série B. Forte fisicamente e com um bom chute de perna direita, é o artilheiro do time com 9 gols. Apesar de ser o responsável pela criação, o meia tem tido também uma boa média de desarmes. Em 29 partidas, foram 39 roubos de bola do meia.

– Raúl – volante – 21 anos – Ceará

Raúl foi um dos destaques do Ceará (Foto: Divulgação/Ceará)

Grande revelação do Ceará, Raul foi um dos comandantes do meio-campo do time ao lado do experiente Pedro Ken. Com 31 inversões certas de jogo, o jovem volante de 21 anos aparece em 5º no ranking do fundamento. Com 60 desarmes em 30 jogos, o jogador tem também uma das melhores médias do campeonato neste quesito.



  • JoseAlmeida

    Nenhum que possa se consagrar como craque. No meu ponto de vista todos os meias, muito abaixo do que penso. Os caras tem teoricamente 90 minutos para fazer lançamentos e uns sendo elogiados por terem média de 1,2 por partida é muito pouco.

  • Donizeti Rodrigues

    LEVANDO-SE EM CONTA QUE JOGAM EM TIMES COM JOGADORES DE POUCA QUALIDADE PODE SER QUE EM UM TIME COM JOGADORES MAIS QUALIFICADOS EVOLUAM MAIS. HÁ VÁRIOS CASOS ASSIM NO FUTEBOL BRASILEIRO

  • osvaldo luiz okamura

    dica ao santos que perdeu o mala do lucas lima indico joao pedro do parana e lima do ceara.

MaisRecentes

Lukaku iguala marca de Ruud van Nistelrooy na Premier League



Continue Lendo

Reforço do Atlético-MG, Samuel Xavier foi um dos laterais que mais acertaram cruzamentos no Brasileirão 2017



Continue Lendo

Pretendido pelo Cruzeiro, Fernandão tem tido boa média de gols no futebol turco



Continue Lendo