Diário de viagem: Botafogo é favorito em Santiago



Por Paulo Victor Reis, direto de Santiago, capital do Chile

Amigos alvinegros,

conversando com todos por aqui tive a noção de que o Botafogo vai a campo nesta quarta-feira como favorito. O Unión Española é um time muito antigo no Chile, centenário (119 anos), mas que não tem tanta tradição e popularidade.

O jogo tem passado despercebido na cidade e também na imprensa. Pouco se fala da partida, já que o Unión tem pouco apelo.  O Estádio Santa Laura é bem modesto, parece muito com Conselheiro Galvão, porém com maior capacidade (22.000). Há até arame farpado em alguns pontos da arquibancada, algo que já não vemos muito no Brasil.

A expectativa é de um público de cerca de seis mil pessoas. O valor do ingresso de arquibancada para assistir ao jogo é de cinco mil pesos chilenos (cerca de R$ 21).



  • DINHO FOGO ÉS

    PAULO VICTOR,NÃO SE DEVE ACHAR QUE E JOGO FÁCIL. EU PARTICULARMENTE,ACHO UMA PARTIDA DIFÍCIL,MAIS SE NOSSO TIME JOGAR COM RAÇA,PODEMOS GANHAR SEM PROBLEMAS.

  • Robson

    E a FLAPRESS continua tentando criar um clima de oba oba na torcida do Botafogo. Não vai funcionar. Vai lá chorar a saída do Brocador, que de expectativa de ir para Seleção (Risível) acabou se tornando mais um dos gananciosos que vão jogar na China para serem esquecidos. Não existe essa de favorito. Futebol se ganha no Campo, o que já ficou comprovado Domingo, não é mesmo?

  • Fogo Carioca

    Assisti ao jogo do Union Española contra o Independiente De Valle e me pareceu ser um time com qualidade. Mesmo jogando na casa do adversário tiveram um bom desempenho e imagino que jogando em casa o ímpeto deles seja muito maior. Por outro lado assisti ontem ao jogo do cruzeiro contra La U e fiquei surpreso com a fraqueza do time chileno. Na minha opinião a goleada se deveu muito mais pela péssima atuação dos chilenos do que pela qualidade do cruzeiro. Se o union española for inferior ou do nível da La U as nossas chances de um bom resultado são grandes.
    Outra coisa que me surpreendeu foi a vitória fácil do grêmio ontem, o atlético nacional foi presa fácil para o time gaúcho que na minha opinião é um time mediano, indubitavelmente inferior ao que foi vice no brasileiro.
    Posso estar enganado, mas a impressão é de que os times brasileiros estão em um patamar bem superior aos estrangeiros os quais tenho visto jogar, só espero que o Emelec saia desse padrão e esculache a molambada hoje a noite.
    SAN

  • MARIO NET

    Muita calma nessa hora, basta lembrar que nesse fim de semana as meninas do fluminenC eram favoritíssimas e levaram chocolate dos reservas, vamos devagar porque trata-se de uma competição em que o Botafogo esta recomeçando a conhecer, entendo esse entusiasmo agora por parte de todos, mas é só fraquejar que lá vem o bando de insatisfeitos e pessimistas para sentar o pau, futebol não tem lógica, embora no Domingo passado o resultado embora elástico não era tão improvável, afinal estávamos jogando contra um time rebaixado, que é nitidamente pior que os nossos reservas, e de sobra ainda tem como treinador o mágico das desculpas esfarrapadas que se não me engano já levou dois times e daqui do Rio para a segundona, estamos em uma competição onde quem entra nela parece usar colírio de groselha, não se pode menosprezar o adversário por pior que ele pareça ser, a vontade e a raça dos nossos jogadores, até então tem sido contagiante em todo elenco, com certeza é a edição da Libertadores em que estamos disputando em outro nível e disposição, todos os incentivos são bem-vindos e merecidos, mesmo porque nossos adversário, ou seja, todos os outros torcedores de outros times, estão nos secando, tentando jogar o moral de todos nós, jogadores, comissão, dirigentes e torcedores, o mais para baixo possível, basta ver o noticiário tendencioso dos escrivinhadores de plantão, que volta e meia, por total falta de visão jornalística e esportividade, dão uma ou outra cutucada para tentar nos derrubar.
    Só mais uma coisa a respeito do chocolate do último Domingo, e não vi ninguém falar sobre o assunto, se o mais recente contratado, Pablo Zeballos, tivesse jogado talvez não ganhássemos o jogo, ou nem jogaríamos daquela maneira, há uma série de considerações a serem respeitadas dentro das quatro linhas, e quem já jogou, gosta e entende de futebol sabe muito bem que ritmo, entrosamento e o clima são fatores determinantes, para que mesmo o melhor dos jogadores, não é o caso do Zeballos pois ele ainda não nos disse ao que veio, venha a ter uma boa e convincente atuação, temos mais de um exemplo no próprio Botafogo que essa é uma verdade, haja visto o Rafael Marques que custou a detonar e teve um atacante, acho que era Lima o nome dele, que arrebentou num primeiro e único jogo que fora contra o seu ex-time, o Atlético Paranaense, e depois não fez mais nada, se demos sorte no Domingo, foi justamente não ter podido escalar nossa recente contratação, pois o tiro poderia ter saído pela culatra,mesmo contra as meninas das laranjeiras,e chupa essa renato.

  • Familia alvinegra se nossos guerreiros forem aguerridos e aplicados, como tem sido. Seremos o glorioso que faz a alegria dessa imensa torcida botafoguense. RAÇA GUERREIROS VAMOS CALAR A BOCA DE QUEM LEVOU FÉ VOCÊS! !!força, fooorroccçaaaa……….

MaisRecentes

A verdadeira história sobre o atacante Ortega



Continue Lendo

Botafoguenses devem se orgulhar do título da Série B



Continue Lendo

OPINIÃO: Torcedores do Botafogo pagaram e têm todo direito de vaiar o time



Continue Lendo