Dois pesos e duas medidas?



O craque Seedorf resolveu colocar a boca no trombone após toda a polêmica criada após sua expulsão.

E “respeito” foi uma das palavras que ele mais falou em toda a entrevista coletiva, que durou quase 50 minutos.

Para o holandês, o árbitro deveria pensar – antes de expulsá-lo – em como Seedorf foi um jogador exemplar e construiu uma carreira vitoriosa calcada no fair play.

Seedorf acredita que merecia mais respeito do juizão Philip George Bennett.

Vocês concordam com isso? Ele e outros jogadores de renome devem ser mais respeitados pelos árbitros?



  • Simmmmmmmmmm!!!!!!!!!!!

    • Francisco Paixão

      Com o fechamento do Engenhão, o jogo contra o Friburguense foi remarcado para 10 de abril (DE QUE ANO?). Pois em 10 de abril deste ano, o Botafogo já tem jogo marcado pela Copa do Brasil, contra o Sobradinho do DF. Até o momento não li nada a respeito. Afinal joga contra o Friburdinho ou o Sobradense. Já não sei de mais nada.

      • Edson Machado

        Francisco, o jogo do friburguense realmente será no dia 10. O jogo contra o sobradinho foi adiado para o dia 17

        • Adolfo

          Francisco e Edson, por favor vocês podem me explicar: O jogo contra o Friburguense seria 28/03 e no domingo 31/03 contra o Vasco certo? Se os jogos foram alterados porquê não Botafogo x Friburguense 03/04 e Vasco e Botafogo 10/04? Seria a lógica do adiamento. Se Seedorf foi expulso terá que cumprir um jogo de suspensão e claro que seria contra o Friburguense certo? Não,!!! agora será contra o Vasco, ou seja não teremos Seedorf contra o Vasco. isso faz muita diferença, atrapalha o time. O Engenhão foi interditado justo agora!!! Que coinscidência, será que haveria interdição se outro time estivesse onde e como o Botafogo está? Porquê outros jogos neste sábado e domingo 30 e 31/03 não foram adiados e vão acontecer normalmente. Tudo isso está me cheirando sacanagem, manipulação e uma forma de reter e não permitir a evolução do Botafogo rumo á conquista antecipada mais uma vez do campeonato carioca, ganhado também o segundo turno. Obrigado, abçs

  • Marcos concordo plenamente com seu comentário principalmente em relação ao título olímpico. Muita gente aqui esquece o que passou antes das Olimpíadas e você lembrou bem. Nem o próprio ZRG acreditava no título. E o mais engraçado é que se ele tivesse dirigindo o time do Osasco duvido que ele reclamaria. E meu medo é justamente este. Sem times de poder aquisitivo pra contratar, estrelas como Sheilla e outras campeãs olímpicas podem ir embora pro exterior. Mas acho que temos que acreditar em mudanças para melhor, pois do jeito que tá pior pode não ficar. Vamos dar um tempo pras mudanças surtirem efeito, caso vc tenha razão, é tentar de novo uma outra alternativa. Agora, o Voloch sempre arruma um jeito pra falar na Mari mesmo quando o assunto (ainda) não é com ela. Quanta paixão!

  • GIBO

    ESTOU SUBSTITUINDO O ANTERIOR, POR ERRO DE DIGITAÇÃO.

    Se em 20 anos de carreira ele havia sido expulso uma única vez, se ele é o atleta da Unesco, algo de bom ele tem. Todo jogador, quando é substituído, sai pelo lado do banco de reservas do seu time, a não ser que esteja brigado com o técnico. Quando recebeu o cartão vermelho, estava de costas para o árbrito e de frente para as câmeras de TV. Alguém observou alguma coisa que ele possa ter dito? (niguém, nem os especialistas). O jogador do Madureira comemorou como se fosse um gol a sua expulsão. A arbitragem tinha a obrigação de saber que o André Bahia já havia entrado no lugar do Cidinho (a terceira substituição). NO FINAL DO PRIMEIRO TEMPO, o goleiro do Madureira cortou a bola com a mão fora da área (era o último homem). Seria falta e o goleiro expulso. O mais ENGRAÇADO é que parece que ninguém viu o lance (somente eu). PRECISO DIZER MAIS ALGUMA COISA?

    • Luciano Garcia

      Verdade ninguém comenta esse lance, Nem Rede Esgoto de Televisão, nem aqui e nem em nenhum outro meio de comunicação. Pensei que eu estava maluco, mas vejo que outro companheiro viu o mesmo que eu.

  • ZUZAFOGO

    Não pode generalizar. Seedorf cultivou o respeito durante toda sua vida através da ÉTICA tanto pessoal quanto profissional. Não pode ser comparado a outros jogadores de RENOME que podem estar ligados à ASSASSINATOS, DROGAS, ALCOOLISMO e outros.

  • Diogo Corrêa

    acho q vc está enganado ou se fazendo de enganado, ele falou que o arbitro deveria ver a carreira dele antes de escrever na súmula palavras que ele nao falou. não é do carater dele fazer isso. entendeu? dois peso e duas medidas é voltar atras no lance do penalti e nao voltar no lance do cartão. pois o fato gerador do cartão foi o Seedorf nao sair pelo lado definido para ser substituido, mas o fato gerador nao ocorreu, ele nao seria substituido, o juiz nao poderia determinar que ele saísse por lugar nenhum. abraços

    • Rubens Filho

      Perfeito Diogo. Ô Luis Gustavo, tu és um mané.

      • Luiz Gustavo Moreira

        Rubens, leia a minha resposta ao Diogo. E meu nome é com Z, por favor.

    • Luiz Gustavo Moreira

      Eu estava na entrevista. Tenho certeza que ele não disse que o árbitro deveria ver a carreira antes de escrever a súmula. Ele disse que o árbitro que vai apitar uma partida deve saber e estudar quem são os jogadores que vão disputar.

      Abraços.

      • EVARISTO

        O festival de trapalhada se deu em parte porque o jovem juiz,querendo mostrar autoridade para compensar sua insegurança,quiz aparecer em cima do Seedorf.
        Seedorf não estava querendo ganhar tempo ou fazer cêra,tanto que pediu para o juizinho descontar o tempo,se achasse que o problema era esse e além do mais ele atravessou o campo correndo..

      • VAN ALEXANDER TRICOLOR – TIME DE GUERREIROS – CAMPEÃO BRASILEIRO 2012

        POR QUE, MEU CARO REPÓRTER, UM ÁRBITRO DEVE SABER QUEM É QUE VAI JOGAR OU QUEM NAO VAI JOGAR? FALANDO DESSA FORMA, DEIXA A PENSAR QUE HÁ DETERMINADO CRITÉRIO PARA DETERMINDO ATLETA, DEPENDENDO DE QUEM SEJA. O CIDADÃO EM TELA, O SEEDORFF, TEM QUE SER TRATADO COMO UM JOGADOR QUALQUER, UNICAMENTE. SE TIVER QUE SER EXPULSO, QUE SEJA. NADA DE PRIVILÉGIOS. SE NÃO QUISER SER CONTESTADO, QUE VÁ JOGAR EM SUA RESIDÊNCIA, ONDE QUEM FAZ AS REGRAS É O DONO. É CHEIO DE NÃO-ME-TOQUES ESSE RAPAZ…

  • Orlando Soares

    Deu para perceber que essa expulsão foi lambança pra todo lado.
    1- O Seedorf seria o substituido- Com a contusão do Cidinho, mudou-se a substituição.
    2- Se foi mudado o jogador a ser substituido, porque o quarto árbitro não avisou ao juiz?
    3- Porque o Oswaldo, ao ver a insistência do juiz frente ao Seedorf, não correu até o qaurto árbitro e o avisou, assim desfazendo as dúvidas?.
    4- A TV, toda vez que vai falar sobre o acontecimentom mostra o jogador do Madureira interpelando o juiz, este atende ao jogador reclamão e mostra o segundo cartão amarelo acarretando no vermelho.
    – O juiz incompetente que é , não teve pulso para administrar a partida; ninguém acreditava em suas decisões.
    – O Oswaldo tem grande parte de culpa; não teve a atitude de ir até o quarto árbitro ou até ao delegado do jogo e informar que a substituição foi mudada em virtude da contusão de um outro atleta.
    – O quarto árbitro que estava com a placa de substituições na mão, mas não avisou o ocorrido ao juiz.
    – Se não sei quem avisou ao juiz o impedimento do Seedorf, no penalti e o voltou-se atráz , anulando a marcação do penalti, porque não foi feito a mesma coisa pelos mesmos que avisaram antes; não quero que pensem que achei errado o juiz ter voltado atráz no penalti, foi correta a atitude tomada; mas neste caso : Foam dois pesos e duas medidas.
    Agora não sei qual procurador, que só vê o que lhe intressa, faz uma denuncia baseado na súmula. Todos só dizem que houve xingamento ao juiz por parte do Seedorf. Mais uma lambança estão querendo fazer.
    Se o Dep. Jurídico do Botafogo deixar que essa lambança seja coroada com uma punição ao Seedorf, aa torcida deve deixar de acreditar nesse Departamento; isso é inadmissível.
    QUERIA SABER ONDE ESTAVA ESSE MESMO PROCURADOR , QUE NÃO FEZ DENUNCIA NENHUMA CONTRA O ATLETA DO VASCO, O BERNARDO QUE DESCARADAMENTE NO JOGO COM O BOTAFOGO, XINGOU ESBRAVEJOU CONTRA O AUXILIAR; O FATO FOI TÃO DESCARADO QUE DAVA PARASE FAZER A LEITURA LABIAL DE SEUS XINGAMENTOS. AÍ PERGUNTO, CADÊ A DENUNCIA? NEM O JUIZ DA PARTIDA FOI PERGUNTADO POR QUE NÃO ADVERTIU TAL ATLETA NEM FEZ CONSTAR A ATITUDE DESRESPEITOSA PARA COM SEU AXULIAR.
    Essa comissão de arbitragewm tem que explicar muita coisa.

  • Diogo

    Vou por outra linha. Acho que QUALQUER atleta(ainda mais consagrado, porque todos o conhecem) que não costuma praticar atos de indisciplina em toda uma carreira, merece um tratamento diferenciado. Fosse um atleta, mesmo consagrado, que costumeiramente fosse expulso, aí, não. No caso de Seedorf, com apenas uma expulsão, sim.

    Em segundo lugar, se Seedorf afirmou que não disse para o árbitro a palavra “palhaçada” eu acredito nele. Mas, vou ser sincero. Esta palavra(palhaçada) não é necessariamente uma agressão ao árbitro. Falamos rotineiramente…”você está de brincadeira comigo,né?”…da mesma forma poderia dizer…”você está de palhaçada comigo, né?”….o sentido da palavra não é chamar o árbitro de palhaço(embora de fato seja), mas de dizer que aquilo tudo parecia uma brincadeira…não poder sair do campo pelo lado do campo, quando não fazia nenhuma indisciplina.

    O árbitro mostrou muita insegurança e prepotência. E Seedorf percebeu isso e preferiu enfrentar a situação do que sair humilhado, na visão dele, pelo outro lado. A defesa de Seedorf não me parece tão difícil no tribunal, mesmo que este considere a súmula do árbitro uma verdade inquestionável.

    Agora, se o árbitro inventou mesmo esta “palhaçada” ele não é só um palhaço. É um mau caráter.

    • cachorro louco

      Muito boa sua análise!

      • juliano

        Desde quando (palhaçada), é palavrão…

  • Eu só tenho uma coisa pra dizer sobre o lance!! Isso e dor de cotovelo de quem nunca imaginou que o BOTAFOGO pudesse ter um grande jogador a altura do SEEDORF!!! Isso é culpa da tv que insiste em colocar apenas flamengo e vasco na mídia!!! Estão tentando acabar com a relação SEEDORF e BOTAFOGO, se no nosso futebol ao menos respeitassem os craques de verdade, não ficaríamos a toda hora procurando um para tirar como CRISTO!!! Ele é craque de verdade é exemplo no mundo todo, só aqui no BRASIL que alguns comentaristas de tv insistem em comparar craque com bom jogadores!!!! Respeito vc deve ter com quem ajuda vcs comentaristas a trabalhar!!!! BOTAFOGO ACIMA DE TUDO!!!!

    • cachorro louco

      Concordo plenamente com vc!

  • Marcelo Zanatta

    Respeitado no mundo todo, como pessoa, ética, humilde e com sabedoria, como todos gênio deveriam ser, Seedorf jamais poderia ter sido tratado pelo juizinho da forma que foi. Não por ser um astro de futebol, mas por ser o Ser Humano Seedorf. Você coloca em sua matéria juizão, não é não, é juizinho, covarde e mentiroso! Sabe que esta defendido por Rabelos da vida. Mas jamais ele e sua corja sequer arranharão a admiração que milhões de pessoas têm no mundo por Sir Clarence Seedorf.

    • cachorro louco

      Certíssimo!

    • henriqui reina

      Marcelo esse episódio será o fim para Rabello e daquele asqueroso árbitro; o atleta do Madureira deveria segurar uma pemba também. Quanto ao Seedorf, absolvido e livre deste horroroso árbitro que tem que apitar campeonato de peteca. Abraço, Henriqui Reina

  • É A PRIMEIRA VEZ QUE VEJO EM TODA A MINHA VIDA DE DESPORTISTA FREQUENTADOR DE ESTADIOS E ASSITENTE POR TV, JOGADOR ADVERSÁRIO GRITAR E INFLUENCIAR JUIZ PARA ESPULSAR ATLETA, E EM SEGUIDA, BATER PALMAS PELO ATO DO JUIZ.

    • cachorro louco

      É verdade Alexandre! A cena do atleta adversário foi PATÉTICA, pra não dizer GROTESCA…

  • Junior

    O seedorf é louco, vem aí pra essa porcaria de campeonato manchar a carreira, jogar nesses pastos do favela rio, pra quem ta acostumado a jogar na Europa, futebolzinho brasileiro cada vez mais decadente….

    • Richard Matthes

      Não tenha inveja, isso é feio… quem sabe um dia seu timinho tambem tenha um jogador da altura e nivel do Seedorf….. se nao acontecer, nao se preocupe, time pequeno as vezes sai na midia tambem.. pode ser que assim alguem veja seu timinho….

      auAHuAHuAHuAHhAUhAUhuAHuAHAH

      FOGAO PRA SEMPRE!!!!!

  • Nunca vi tamanha palhaçada.

    • VAN ALEXANDER TRICOLOR – TIME DE GUERREIROS – CAMPEÃO BRASILEIRO 2012

      DE FATO, QUERIDA, É UMA PALHAÇADA VER ESTE JOGADOR QUERER MANDAR NA ARBITRAGEM. FOI EXPULSO POR PURA SOBERBA. QUER USAR A INTELECTUALIDADE. ESCOLHEU A PROFISSÃO ERRADA. FUTEBOL É CONTATO BRUTO.

  • josé Maia

    Neste Brasil o que errado passou ser certo e certo passou a ser errado, vamos entedente claro o caso do Seedorf, este juizinho comecando a carreira erradamente, sem competencia, sem conhecimento das regras do futebol e acima de tudo mal intencionado, agora querer aparecer é de doer. Temos que repudiar este mau carate e daqui para frente todos que agirem desta forma para melhorar este Pais.

  • Wilson Reis

    Meu caro Marcelo Crispim,

    Você não está apenas ofendendo Seedorf e a torcida do Botafogo, está ofendendo também a língua portuguesa com o seu linguajar chulo ! Pelo amor de Deus, vá procurar uma escola ! Existem vagas de sobra nas escolas públicas, e ainda de quebra você terá direito a refeição, uniforme e transporte gratuito. Quem é você para falar de um gentleman como o
    Seedorf?

  • Dinho Fogo Es

    Isso que esta acontecendo e puro racismo,preconceito.vale lembrar oque fizeram ao jefersom depois que derrotamos os mulambos.tentaro de todo jeito umilhar nosso goleiro,so porque tinha aquele simbolo cristão na cabeca.falarom que não podia porque era violencia.fala serio esta grobo ta ultrapassando todos os limites.cambada de macumbeiros vagabundos,parasitas que fica mamando nas tetas publicas.

  • Leonardo

    Marcelo,
    O Seedorf não está se fazendo de coitado, apenas está trazendo a verdade. Não se pode pedir desculpas por algo que não fez, isso seria falsa humildade. Outra coisa, esquece esse negócio de ofender os clubes que são teus adversários, o problema ocorrido não tem relação alguma com o Botafogo, mas com a má administração do futebol carioca e brasileiro.

  • Seedorf deve ser respeitado sim. Ele é hoje o maior jogador atuando no futebol brasileiro e um exemplo raro de boa conduta fora e dentro dos gramados . Quanto ao juiz precisar ser reciclado e mostrar autonomia em suas decisões ,não se deixando abertamente ser influenciado por terceiros.quero complementar que nosso craque é admirado por todos os admiradores do bom futebol, exceto os doentios e invejosos de plantão.

  • cachorro louco

    O que o Seedorf tem trazido de bom para o futebol brasileiro, e mais especificamente para o Botafogo, é de uma grandeza incalculável.
    Um atleta exemplar. Na verdadeira acepção da palavra “exemplar”.
    No entanto isto anda causando sentimentos de insatisfação a alguns.
    Freud poderia explicar, não eu!
    Estão tentando macular a imagem dele tentando atribuir a ele alguma culpa por
    uma celeuma causada de forma estúpida por um árbitro incompetente, estulto e prepotente.

  • botafogo mais prejudicado, sem falar q precisamos urgente do marcelo moreno nao da pra ficar com rafael marques titular absoluto 22 jogos 1 gol

  • Alcides Costa

    Realmente o título (dois pesos…) não é coerente com o próprio conteúdo do texto. O Seedorf não reivindicou mais respeito para ele (em relação a outros jogadores) por ter renome, ele não disse isto e nem escreveu isto. Já está havendo aí uma distorção não sei se intencional ou por um lapso. Ele está somente dizendo que sua história de profissional correto e exemplar deveria ser considerada, até como atenuante, o que é comum em se tratando de direito. Vários erros foram cometidos como as pessoas que comentaram bem colocaram. E esses próprios erros por si quase absolvem o Seedorf. Vamos ver o resultado desse julgamento: se vai ser feita a justiça ou se o epílogo vai ser uma grande injustiça…e uma grande palhaçada. Aliás a mediocridade gosta sempre de aparecer pegando carona à sombra dos realmente grandes.

  • Isto tudo, há muito tempo, é uma imensa vala de lodo e sujeira da braba.

    Vivemos no nosso futebol uma era de muita vergonha e por enquanto, nada sinaliza com mudanças para o bom caminho.

    E o Botafogo, como sempre, “atrapalha” estes interesses escusos com a sua imensa capacidade de se reerguer contra tudo o lhe é posto à frente, cisma em não morrer e volta e meia, surpreende, seja com a vinda do Tulio Maravilha, seja com aquele projeto bem feito do Bebeto de Freitas que levou à formação do belo time de 2007, seja agora com a vinda do Seedorf e este esforço para se montar um elenco à altura do que se pretende para o futuro.

    Acabaram de nos dar mais um tiro na nuca. Não sei como o nosso time irá reagir no campo, agora, com esta imprensinha a chamar os garotos no intervalo dos jogos para pressionar com perguntas maliciosas sobre esta confusão toda, perguntas estas dirigidas de forma a sempre criar celeumas.

    ISTO TUDO FEDE MUITO.

    • cachorro louco

      Isso mesmo. Corretíssimo

  • Todos os jogadores dentro de campo tem o mesmo direito, porém é claro que Seedorf não disse o que o arbitro escreveu na sumula, ele inventou essas ofensas para justificar a expulsão, o certo seria colocar microfone no arbitro para acabar com esse abuso de poder.

  • Leo07

    Marcelo primeiro você deveria saber que “Chingou” se escreve desta forma “Xingou” e tenha mais respeito com a profissão de Atleta. Sua ironia é simplismente o reflexo da sua escrecência mental de mulambo, pois seu conceito reflexivo sobre a matéria beira ancrasia. Preocupe-se com seu timeco se lá qual for.

  • Joao

    Na verdade dois pesos e duas medidas eh correto. O Errado seria se dois pesos diferentes tivessem uma mesma medida. O dito popular na verdade eh “um peso e duas medidas”.

  • Murilo

    O pior de tudo é que depois de ver e rever o lance da expulção o presidente da federação de arbitragem deu nota 10 para atuação do arbitro, simples de imaginar se não haveria mais a substituiçao do jogador, nao haveria porque o juiz manda-lo sair de campo, o outros detalhe ja não interessa, depois contam piadas de portugues.Portugal deve estar morrendo de rir com tamanha burrice. a manchete deveria ser JOGADOR É EXPULSO DE CAMPO PELO JUIZ POR NAO QUERER SAIR PELO LADO INDICADO PARA SER SUBSTITUIDO PORQUE NAO ERA ELE A SER SUBUSTITUIDO, HAHAHAHAHAHAHAHAHAH

    • cachorro louco

      Verdade, depois contam piada de tugas, vê se pode isso!
      JOGADOR É EXPULSO DE CAMPO PELO JUIZ POR NAO QUERER SAIR PELO LADO INDICADO PARA SER SUBSTITUIDO PORQUE NAO ERA ELE A SER SUBUSTITUIDO, HAHAHAHAHAHAHAHAHAH

  • Eu quero saber!

    Aí, não tente entender, respeite suas limitações.
    E ele não XINGOU ninguém, o que ele fez foi cobrar atitude e profissionalismo dos companheiros, só estou explicando por saber que em seu clube não existe tal coisa.

    SAN

  • paulo cesar oliveira

    Eu desconheço que um juiz possa obrigar jogador a fazer o que ele quer na hora da substituição . Em caso de detectar cera ele pune com cartão e acrescenta tempo. Mas nada disso que ocorreu foi o que o juiz queria e sim o time do Madureira, cheio de veteranos que pressionaram o jogo inteiro, o que é anti-ético da parte deles e imprudente por parte do juiz. Esse PALHAÇO teleguiado não serve para esta função, não tem firmeza e ainda por cima estava se comunicando por rádio com alguem misterioso que estava orientando as decisões dele. O juiz tem que entender tudo o que está acontecendo dentro do campo, e este é cego, melhor tirá-lo desta função.
    O Seedorf não está acima dos demais e não deve ser aplicado dois pesos , duas medidas, conforme se insinua no titulo da materia. A arbitragem tem obrigação sim de saber quem são os atores do espetaculo de entretenimento que ele vai mediar, e de posse do historico poder se dirigir de acordo com o comportamento de cada um, evitando assim medidas desbalanceadas. O juiz tb deve evitar suas proprias picuinhas com alguns jogadores e técnicos. Se um jogador tem historico de encrenqueiro, o juiz deve se preparar para abordá-lo de um jeito diferente de um jogador que defende a arbitragem e a integridade dos demais. Muitos aqui conheceram o Dé, o Aranha, um tremendo atacante que despontou no Bangu, depois brilhou no Vasco e chegou a jogar no Fogão . Pelo Bangu jogou terra nos olhos do Andrada, goleiro do Vasco; pelo Vasco jogou gelo na bola desviando de um zagueiro do Flamengo; e pelo Vasco simulou queda, originando um penalti contra o Botafogo ( que terminou em agressão do Brito ao juiz e suspensão de um ano ) .Todos esses lances terminaram em gols validados do seu time. Porque juizes e auxiliares não se preparam e observam melhor determinados jogadores? Num amistoso do Santos na Colombia a torcida exigiu a volta do Pelé, expulso por um juiz imbecil que queria aparecer. O juiz foi trocado para o jogo continuar ,com Pelé de volta. E O Brasil foi prejudicado num amistoso da Seleção preparatorio para a copa 78. O capitão Carlos Alberto Torres foi expulso pelo Armando Marques com gestos bastante afetados , e o Coutinho não o convocou mais . Existe sim prepotencia por parte da arbitragem, que despreza historicos e quer apitar como se a vida começasse na hora que os times entram em campo, ou trazem a campo apenas a parte negativa. A primeira vez que Seedorf se pronunciou sobre a arbitragem no Brasil foi para defender os arbitros. Perguntado pelo nivel de arbitragem ele disse que tinhamos que entender a situação dos juizes, já que tantos jogadores simulam faltas ou fazem pressão. Disse que este comportamento não é desportivo e atrapalha a arbitragem, jogando pressão. Ele está tão certo que foi vítima da catimba dos jogadores do Madureira, que efetivamente “apitaram” os lances capitais do jogo. A justiça é igual para todos, a forma como se aplica é que deve ser de acordo com a tarefa. Para matar um mosquito não é necessario um tiro de canhão, é usar munição equivocada. Esse juiz não serve.

  • Coisas que necessitam ser ditas : de onde veio a informação para a anulação do penalti a favor do Botafogo. Não estou dizendo com isso que a situação do Seedorf era legal. Mas o que aconteceu com o “professor”…… no carioca de 2009, houve lance semelhante em um jogo do Botafogo contra o Boavista em Saquarema, que a bola entrou muito próxima a trave, por um buraco na rede…… mais uma vez o ” professor ” da vez, deu o gol, e minutos depois voltou atrás. Novamente a pergunta, que avisou ao juiz ? E pior, em vários jogos de outros clubes, vários gols aconteceram em flagrantes irregularidades e nada foi feito. O que será isso, coincidência????? Me perdoem, sou pela verdade, e também acho que nenhum jogador deva ter pelo seu currículo tratamento diferente. Mas entre Seedorf, Comissão de Arbitragem, Jorge Rabelo, Globo, Flapress, acredito muito mais no Seedorf.

  • O Seedorf não está acima dos demais e não deve ser aplicado dois pesos , duas medidas, conforme se insinua no titulo da materia. A arbitragem tem obrigação sim de saber quem são os atores do espetaculo de entretenimento que ele vai mediar, e de posse do historico poder se dirigir de acordo com o comportamento de cada um, evitando assim medidas desbalanceadas. O juiz tb deve evitar suas proprias picuinhas com alguns jogadores e técnicos. Se um jogador tem historico de encrenqueiro, o juiz deve se preparar para abordá-lo de um jeito diferente de um jogador que defende a arbitragem e a integridade dos demais. Muitos aqui conheceram o Dé, o Aranha, um tremendo atacante que despontou no Bangu, depois brilhou no Vasco e chegou a jogar no Fogão . Pelo Bangu jogou terra nos olhos do Andrada, goleiro do Vasco; pelo Vasco jogou gelo na bola desviando de um zagueiro do Flamengo; e pelo Vasco simulou queda, originando um penalti contra o Botafogo ( que terminou em agressão do Brito ao juiz e suspensão de um ano ) .Todos esses lances terminaram em gols validados do seu time. Porque juizes e auxiliares não se preparam e observam melhor determinados jogadores? Num amistoso do Santos na Colombia a torcida exigiu a volta do Pelé, expulso por um juiz imbecil que queria aparecer. O juiz foi trocado para o jogo continuar ,com Pelé de volta. E O Brasil foi prejudicado num amistoso da Seleção preparatorio para a copa 78. O capitão Carlos Alberto Torres foi expulso pelo Armando Marques com gestos bastante afetados , e o Coutinho não o convocou mais . Existe sim prepotencia por parte da arbitragem, que despreza historicos e quer apitar como se a vida começasse na hora que os times entram em campo, ou trazem a campo apenas a parte negativa. A primeira vez que Seedorf se pronunciou sobre a arbitragem no Brasil foi para defender os arbitros. Perguntado pelo nivel de arbitragem ele disse que tinhamos que entender a situação dos juizes, já que tantos jogadores simulam faltas ou fazem pressão. Disse que este comportamento não é desportivo e atrapalha a arbitragem, jogando pressão. Ele está tão certo que foi vítima da catimba dos jogadores do Madureira, que efetivamente “apitaram” os lances capitais do jogo. A justiça é igual para todos, a forma como se aplica é que deve ser de acordo com a tare

MaisRecentes

A verdadeira história sobre o atacante Ortega



Continue Lendo

Botafoguenses devem se orgulhar do título da Série B



Continue Lendo

OPINIÃO: Torcedores do Botafogo pagaram e têm todo direito de vaiar o time



Continue Lendo