Herrera e Menezes: de substitutos a protagonistas



O atacante Herrera e o meia Felipe Menezes provaram que, mesmo sem serem titulares absolutos no Botafogo, têm condições de colocar dúvidas na cabeça do técnico Oswaldo de Oliveira. Os jogadores, que substituíram os lesionados Loco Abreu e Andrezinho, respectivamente, se destacaram na vitória sobre o Macaé, com golaços e boas atuações.

Herrera começou o jogo um pouco tímido, tocando pouco na bola e vendo os companheiros do meio-campo criarem jogadas mais perigosas. Mas não demorou para que o argentino comprovasse a boa fase e encobrisse o goleiro macaense Luís Henrique, marcando um bonito gol, o quarto no Carioca.

MEIA MARCA DE LETRA

Felipe Menezes, responsável pela armação, superou a desconfiança da torcida, buscando sempre chegar à área. Quando não era municiando os outros homens de frente, o camisa 10 arriscava em finalizações, sempre com perigo.

E, em uma dessas aproximações, Menezes voltou a balançar a rede, pela primeira vez desde dezembro. Mas a maneira como isso aconteceu surpreendeu a todos. Após um cruzamento de Maicosuel, Felipe girou e tocou de letra, anotando o segundo do Glorioso.

Mesmo com os bons 45 minutos iniciais, ambos seguiram criando chances. Tudo para provarem que, quando o Botafogo joga sem a força máxima, os substitutos têm condição de dar conta do recado.



MaisRecentes

A verdadeira história sobre o atacante Ortega



Continue Lendo

Botafoguenses devem se orgulhar do título da Série B



Continue Lendo

OPINIÃO: Torcedores do Botafogo pagaram e têm todo direito de vaiar o time



Continue Lendo