Mesmo com reservas, Bota tem obrigação de vencer



Embora jogue com o time cheio de reservas, o Botafogo tem obrigação de vencer o Santa Fé, da Colômbia, na noite desta quinta-feira. Esta partida marca a tentativa do Alvinegro de entrar no cenário sul-americano.

A exploração da marca ‘Loco Abreu’ é uma das apostas para o Glorioso estampar a estrela solitária no mercado da América do Sul.

Embora os colombianos venham com o time titular e priorize a Sul-Americana, o Botafogo joga em casa e tem um bom elenco. Nada se excepcional, mas suficiente para disputar de igual para igual o título brasileiro.

Além disso, é a chance para os reservas mostrarem que podem ser aproveitados na reta final do Brasileiro.



  • Diogo

    Confesso que estou curioso com este jogo de hoje. Uma atitude, no mínimo, corajosa do Caio Junior. Acho que deveriam jogar pelos menos um volante titular e o Maicosuel. Seriam quatro titulares, com mais uns dois no banco. No entanto, neste caso, por não conhecer praticamente nada deste time do Santa Fé(a não ser que tem tres bons jogadores acima de 30 anos), espero que Caio Junior tenha tomado a atitude certa e vençamos por uns 2 gols de diferença. Menos que isso, já é alto risco.

    • Este jogo pode até ficar complicado, mas assisti, pela transmissão da TV Colombiana, Santa FéXDeportivo Cali, o jogo que definiu quem enfrentaria o Botafogo, e lhes garanto que se classificou o pior (ganharam a vaga nos pênaltis por 6×5). Só não vi este jogo que definiu o classificado por ser quase no mesmo horário do GrêmioXBotafogo.

      Se nosso time fizer o dever de casa, passa fácil pelo amontoado do Santa Fé.

      E estamos esperando todos no nosso blog BOTAFOGO ETERNO. Cliquem no meu nome acima do comentário ou digitem BOTAFOGO ETERNO no Google. É logo a primeira opção.

      • Mário Wagner Dias

        Não entendi. Vc viu o jogo que definiu quem enfrentaria o Botafogo e diz que não viu o jogo que definiu o classificado????

  • Concordo. O time colombiano é fraco, entre os dois que disputaram a vaga para esta partida venceu o pior (6×5 nos pênaltis), mas o que eu gostaria mesmo era de falar sobre o jogo da seleção.

    De bom, este jogo/título do Brasil nos trouxe as ótimas atuações de Jefferson e Cortêz. Para que nos ficasse 140% perfeito, só mesmo se Elkshow maravilha, o magnífico, entrasse também ali pelos 35 do segundo tempo mas aí já é querer saborear demais da mesma refeição.

    De ruim, a preocupação que tivemos ao ver o próprio Cortêz, extenuado, pedir para sair. E neste ponto, ótimo para nós o descanso do guerreiro maranhense.

    No mais, só tivemos a ganhar com o futebol solto mostrado pelo, segundo a press, melhor jogador em campo, o nosso lateral show (na minha opinião, Neymar e Lucas foram igualmente bem também). O garoto ganhou o que precisava para enfim, soltar todo aquele futebol mostrado na partida contra Vasco e na férrea virada contra o Mequinha mineiro agora em todos os jogos. Por isso falei acima que para ficar completíssimo, só mesmo Elkson podendo também desfilar seu repertório de jogadas e chutes por ao menos 10/15 minutos.

    E por fim, esta cantilena global de dizer que o Brasil venceu adversário de peso, uma conversa. Vencemos o equivalente ao time atual do Cruzeiro, ou seja, um Montillo jogando ainda muito bem, Guinhazu praticamente sumido, Sebá violento p/ccte e o restante, o time do Velez que não dava três passes certos. Que ninguém se iluda com o bom futebol de apenas 3, 4 jogadores e uma bailarina em campo, o dentuço ex jogador, que quase recebe ao final da partida, pela performace, o tradicional ursinho de pelúcia para as malabaristas das pistas de ginástica olímpica (com todo o respeito, claro, a estas mega profissionais). A seleção vai pelo caminho errado se insistir na dançarina midiática.

    Agora quanto ao Fogão, vamos com tudo para domingo que é o que interessa, vez que insisto que o jogo de hoje, mesmo para reservas enfraquecidos pela presença do Moleza, não é coisa para nos deixar preocupados.

    E estamos esperando todos no nosso blog BOTAFOGO ETERNO. Cliquem no meu nome acima do comentário ou digitem BOTAFOGO ETERNO no Google. É logo a primeira opção.

  • ricardo

    Amigos,
    Um verdadeiro teste para o nosso time reserva. Independente de quem seja o adversário, o Botafogo de hoje, deverá apresentar a postura do time titular e se valer de ótimos jogadores que estarão em campo logo mais. Digo “ótimos”, porque os “fora de série” estão voltando da “Selefogo” ou estão sendo poupados pelo Caio Jr. A minha dúvida é a presença do Felipe Menezes … confesso que não sou fã do seu futebol … me lembra um certo Lúcio Flávio em sua fase mais recente … espero que o F. Menezes mostre que tem capacidade de me fazer pensar diferente … tá bom … vamos lá … logo mais essa equipe tem que mostrar serviço, pois está jogando junta há muito tempo! Não? Então contra quem a equipe titular treina? Ah … é verdade … os jogadores não querem uma vaga na equipe principal? Então vamos fazer por onde merecer! Ah … essa história de que o Botafogo tem obrigação de vencer por isso ou aquilo, conforme o artigo do Raphael Bózeo acima, tem que ser encarado como estímulo para nossa confiança no time e não por outro motivo que não seja esse, principalmente discórdia entre nós!
    Abraço

  • E mais uma vez falando sobre esta partida, realmente ir quase que só de Loco Abreu e com o temerário Felipe Moleza não é fácil, mas repito que o time colombiano é o pior dos dois que disputaram a vaga.

    Juntamente com o amigo editor do blog BOTAFOGO ETERNO, asssiti ao jogo de ida em Bogotá, quando empataram em 1×1 com o Deportivo Cali. Foi coisa feia, jogo ruim de se ver e quem tinha ainda algo a mostrar era justamente o time de Cali. Mas foi eliminado nos pênaltis em casa e agora, se for mesmo mostrado o futebol de Bogotá, o Botafogo passa fácil.

    E estamos esperando todos no nosso blog BOTAFOGO ETERNO. Cliquem no meu nome acima do comentário ou digitem BOTAFOGO ETERNO no Google. É logo a primeira opção.

  • O Fogão vai passar com tranquilidade e se o placar não for largo, bastará meio time lá em Bogotá para irmos para a próxima fase.

    O que impressionou em outra seara, foi a atuação de jogadores na partida da seleção ontem.

    Enquanto Cortêz, eleito o melhor do jogo pela press (dos seus pés saíram as jogadas dos gols), mas na minha humilde opinião não sem a companhia de Neymar e Lucas, recebeu a ovação merecida do povão paraense, parecem ter visto um ursinho de pelúcia ser jogado no gramado após o apito final.

    Seria um presente para a melhor bailarina/patinadora do jogo? hehehehehe.. a dentucinha?… kkkk

    E estamos esperando todos no nosso blog BOTAFOGO ETERNO. Cliquem no meu nome acima do comentário ou digitem BOTAFOGO ETERNO no Google. É logo a primeira opção.

  • Não sou de ficar reclamando pois errar é humano, mas o editor bem que poderia, numa postagem de tão poucas linhas, ter mais atenção com o texto, não?

    -Embora os colombianos venham e priorizEM

    -Nada DE excepcional.

    Olha o respeito à galera alvinegra aí, editor do Ninguém Cala. Assim, vamos achar que vocês estão apenas tomando conta da página.

  • O Botafogo são não pode é deixar o adversário, mesmo fraquinho, gostar do jogo. O Flamengo foi fazer isso com o América Mineiro e não fosse a amizade com o juiz e poderia ter amargado mais um resultado negativo contra times notoriamente fracos.

    Tem que fazer logo gols, aproveitar a presença do Loco para usar bastante os cruzamentos na área, mesmo jogando sem Lucas. A rapaziada que entra vai ter a obrigação de colocar o jogo aéreo pois teremos nossos dois melhores cabeceadores (Loco e A. Carlos) e tavez seja esta mesmo a idéia inicial do pequeno Harry, o inventor de plantão.

    E estamos esperando todos no nosso blog BOTAFOGO ETERNO. Cliquem no meu nome acima do comentário ou digitem BOTAFOGO ETERNO no Google. É logo a primeira opção.

  • vai ser dureza sim, a equipe nunca jogou junta, vem de um resultado treumático contra o São Paulo, a torcida esta desconfiada, não vai ou se for vai em pouco número. É uma competição importante pois se passarmos é dinheiro no cofre além de caminho curtíssimo para a libertadores, porém se formos eliminados, vão aparecer os fantasmas contra o Caio Júnior. Resumindo se vencer bem e se classificar é obrigação mas se não passar ou um resultado diferente de uma vitória sem tomar gols, deixará a confiança em baixa para a reta final do brasileiro.
    Apesar de tudo,eu acredito na disposição do Somália e Alex para mostrar serviço e em um bom resultado.

    • Olha amigão, se não vencer vem obviamente o prejuizo financeiro, mas quanto a moral abalada para o brasileirão não acredito mesmo. O time de 2007, bom tecnicamente mas frouxo pela própria natureza de alguns no elenco, mal tomou o susto da Ana Paula e 4 dias depois já passeava pelo brasileirão, só sendo abatido a tiros naquele Botafogo 2×0 Atlético PR em Brasília, com o Maraca interditado para o PAN.

      Este ano, vem Libertadores ou pela sulamericana ou pelos 4 primeiros lugares do brasileiro.

      E estamos esperando todos no nosso blog BOTAFOGO ETERNO. Cliquem no meu nome acima do comentário ou digitem BOTAFOGO ETERNO no Google. É logo a primeira opção.

  • Sergio

    Veja você. Um time reserva contra um adversário que a maior parte da torcida(eu incluido) desconhece quase completamente. Um tiro no escuro? sei lá. Vamos ver o que acontece.

  • Isso aqui é Botafogo !!!

    Concordo plenamente , mesmo com time B , temos obrigação de ganhar

    isso aqui é Botafogo P* !!!

    Palpite para o jogo 4 a 0 Fogão ,

    2 do El Loco , 2 do Alex …

    fácil , fácil !

    o problema é na próxima fase ou U.Católica , ou Vélez Sarsfield , aí o buraco é + embaixo ! 😀

    Rumo ao título da Sula 2011 !!!

    Pra cima deles Cachorrada !!!!!!!!!!!!!!!!

    SAN.

  • Rafael

    Marcos Paret,

    Tudo bem você querer divulgar seu blog, mas força menos a barra, senão o efeito será inverso.

MaisRecentes

A verdadeira história sobre o atacante Ortega



Continue Lendo

Botafoguenses devem se orgulhar do título da Série B



Continue Lendo

OPINIÃO: Torcedores do Botafogo pagaram e têm todo direito de vaiar o time



Continue Lendo