Uma mosca no dia P (de Pato) no Corinthians



Pato Corinthians

(FOTO: Divulgação/ Agencia Corinthians)

Aparecesse um gênio da lâmpada me oferecendo o status de mosca por um dia com data e local marcados eu não teria dúvidas: escolheria ser uma varejeira no CT Joaquim Grava, nesta terça-feira à tarde. Ficaria voando, zunindo, cumprindo minha sina passageira de díptera – classificação científica do bichinho -, esfregando as patas enquanto ouvia a conversa entre Cristóvão Borges e Pato. Fico pensando no teor da prometida resenha entre o técnico e o jogador, que retorna de empréstimo ao Chelsea para o último estirão do seu contrato com o Corinthians.

A fama de Pato é viver aqui e acolá, como a figura de popular canção infantil. Meio aéreo, fundado em um universo próprio, sem lenço e nem documento com a realidade. Matéria deste LANCE! de novembro de 2012 trouxe o título: “Postura Lucas Silva e Silva preocupa diretoria do Corinthians”. A referência ao personagem da série “Mundo da Lua” era metáfora para a aparente falta de senso da realidade do jogador. Naquela semana, ele comemorara de forma agressiva um gol contra o Fluminense, gesticulando como se provocasse a torcida. O detalhe é que poucas semanas antes Pato havia cobrado pênalti com a cavadinha da discórdia em Dida. O lance que o deixou na marca da cal com a Fiel, com o perdão do trocadilho.

Biografia de Tite escrito pela jornalista Camila Mattoso, lançada recentemente, traz detalhes do episódio que culminou com a eliminação corintiana da Copa do Brasil. O técnico ficou possesso, indignado com a postura do jogador na cobrança. O lateral Fábio Santos tentou contê-lo em vão, e o atacante ouviu o sermão na frente dos outros atletas:

“Danilo, errar é do jogo…Edenilson, é do jogo… É da vida. Faz parte. Pato, olha pra mim: tu não é da vida. O jeito que tu perdeu, não é. Tu tem que aprender a trabalhar em equipe, tu tem que deixar de ser egoísta. Tu tem que amadurecer e virar um homem”.

O meu kafiano desejo de ser mosca no dia P, de Pato, daria a chance de ver a reação de Pato em uma conversa informal, com Cristóvão, sujeito de fala mansa, pausada, ao estilo Paulinho da Viola. Pato irá ficar seduzido? O que seria sedução no mundo de Pato? Após a goleada sobre o Flamengo, o técnico deu a entender que gostaria de contar com o atacante, mas pontuou que ele precisa estar de corpo e alma no time. E aí é que são elas. Caso mostre vontade de voltar a vestir a camisa alvinegra, Pato será pateta ou partícipe de uma virada pessoal? Por que esse o busílis, como diriam os antigos. Mais do que benefício ao Corinthians, uma reversão de quadro seria benéfica a ele mesmo. Uma guinada ainda possível em uma carreira sinuosa. Está disposto a mudar a imagem negativa que tem com a torcida? Voltas por cima e mudanças de cenário acontecem no futebol às toneladas. O problema é se Pato estará ou não conectado com o mundo em que vive para produzir a arrancada.



  • Neus Ghutk

    PATO TESÃO

    BONITO E GOSTOSÃO !!! VOLTA PRO TIMÃO !!!

  • Marcus

    É difícil entender o que o Alexandre Pato quer ainda no Corthians. Naturalmente, ele ainda tem contrato com o Clube. Contudo será que ele não percebe quanto prejuízo ele deu aos Clube? O Corinthians foi na Itália e o comprou por uma fortuna tendo ele contusões complicadas. O departamento de futebol o recuperou e ele não estar nem aí… Diz “que é agradecido ao Corinthians por o ter recuperado para o futebol, mas na pratica não demonstra nenhuma gratidão, hombridade quando recusa propostas de compra, podendo aceitar e diminuir os prejuízos que deu ao clube. É difícil, mas espero que ele caia em si é tenha uma atitude, uma sequer, atitude de homem…

  • gisele ribeiro

    Volta meu amor, eu te faço feliz

  • noroberto paulo sobrinho

    Cada um tem sua opinião,não é preciso aceitá-la mas temos que respeitá-las,vendo os números vi que o jogador A.PATO.
    assinou o contrato com o CORINTHIANS já pensando em má fé,pois bem o clube comprou 100% do seus direitos 40 milhões e meio
    por quatro temporada ou seja 4 anos com um salário de 800 mil mensais,num acordo pato abriu mão dos direito de luvas ficou com
    40%pra uma possível venda no futuro,se o jogador sabendo dessa porcentagem,no mínimo ele teria que mostrar o seu futebol pra
    que os 40 milhões e meio fosse valorizado pra quem sabe 50 ou 60 o clube ganharia e ele também,nessa ele não foi profissional e
    ainda mais será que ele não percebeu que chegou no clube lesionado [ bichado ] e o CORINTHIANS o pois em forma de jogo quantas vezes ficou sem jogar por lesão nenhuma,se ele não estava contente com alguém ou alguma coisa no clube teria que ser
    homem em resolver com conversa, e não com atitude como aquele pênalti cobrado daquela forma,ali ele quis F.f.f.f.f muitas gente e conseguiu,pensando pro outro lado se o goleiro deixasse aquela bola entrar o que estariam pensando dele hoje,errar todo mundo
    erra,fazer por querer é falta de caráter,
    48 meses—————————-4 anos.
    800 mil mensais——————–9.6 milhões por ano.
    em 4 anos 38.milhões e 400 mil.
    mais 40.5 milhões na compra.
    total de 78.milhões e 900 mil,na minha opinião esse jogador nem os pés pra dentro da portaria do clube colocava mais
    iria assinar seu fim de contrato na portaria mesmo,pra quem já perdeu esse dinheiro mesmo não irá recuperar em seis meses
    sou mais o ISAAC da base com a camisa do CORINTHIANS do que esse,……..CLUBES nenhum aqui do BRASIL merece um jogador com esse jeito de agir,sem caráter de homem pra resolver as coisas com conversa,e não com atitude,

  • Getúlio Morais

    Bip Bip Bip Bip sãopaulino detected!!!!!

MaisRecentes

No bipolar Brasileirão, o futebol é obra inconclusa



Continue Lendo

Guttman, uma bela e vitoriosa trajetória



Continue Lendo

Palmeiras x São Paulo: rivais contra o vexame



Continue Lendo