O destino de um campeonato à merce de um ruído de comunicação



Devemos lamentar mais uma vez um campeonato nacional à merce de decisões de tribunal. Desde que me conheço por gente que curte futebol, e lá se vão quase 30 anos, o juízo é protagonista na nossa bola. Claro, é necessário haver um instrumento de direito que analise questões. É uma competição, há regras e seus descumprimentos precisam ser fiscalizados e, se for o caso, punidos. Só que isso não pressupõe vista grossa para aberrações. Quando a lógica é afrontada, quando a competição fica maculada, é preciso ir além. Ainda mais quando temos um histórico de viradas de mesa, tapetões e coisas que mancham nossa imagem.

Inscrições e suspensões de jogadores são um troço tão comum, corriqueiro, é da rotina de clubes e federações. Se quando ocorre um julgamento, um atleta é suspenso e a única comunicação que ocorre no ato é uma conversa do advogado do clube com dirigentes (ou um representante jurídico dele) a precariedade está instalada. Então um ruído na fala basta para o problema instalar-se. Estamos contando com um diálogo para que a lei seja cumprida ou não. Um eventual ato de má fé ou mesmo pura falha humana e o problema está instalado.

Em um esporte profissional, é incompreensível que a CBF, que comanda o futebol pentacampeão do mundo, como gostam de se gabar, não envie para o árbitro de cada partida a relação de atletas que estão impedidos de atuar. Bastaria um bom canal de comunicação entre STJD, CBF e arbitragem para evitar problemas. Se partirmos do pressuposto que é a nobreza que guia o espírito da lei, a intenção ao punir um jogador por uma falta dura, pela reincidência, por comportamento inadequado, é impedir a indisciplina.  A ideia não é punir um jogador para que um desavisado clube o escale e seja sancionado. Se fosse esse o eixo central do pensamento então estamos saindo das boas intenções e caminhando para o abismo. Mantendo o raciocínio da nobreza de princípios, é preciso se cercar de todas as possibilidades que impeçam um penalizado de não cumprir a pena. Quando essa situação fica a cargo apenas de uma conversa telefônica há margem para a desorganização. O árbitro, ao receber a relação de jogadores de uma partida iria checar no boletim que recebesse da CBF e caso houvesse um atleta suspenso o cortaria, ou avisaria o clube. Qual seria o time estúpido que o escalaria ainda assim? Só se fosse um time autopunitivo, uma nova modalidade de imolação.

Outra pergunta: por que o STJD não divulga no ato, em seu site, o resultado dos julgamentos? No caso da punição a Heverton, determinada na sexta, ela só foi veiculada na segunda. E a suspensão valeria no domingo. Se a sanção é imediata, por que raios o tribunal só torna público dias depois? Conclusão do que acontece com frequência: quando o órgão veicula a decisão em sua página oficial a pena já deveria ter sido cumprida. Seria cômico, não tivesse um fim trágico, como deve ter agora com o provável rebaixamento da Portuguesa.

Outro aspecto é a pena prevista em si. A Portuguesa entrou em campo praticamente livre do rebaixamento (além de perder, teria que ocorrer uma enorme combinação de resultados e uma reversão em diferença gigante de saldo de gols) e escalou um jogador irregular. Se a sanção determinada fosse a perda apenas dos pontos que eventualmente ganhasse no jogo em que usou um atleta suspenso não haveria risco de queda. O raciocínio é tão lógico que dá vergonha ter que expô-lo. O preceito é: o clube, ao colocar em campo um atleta que naquele dia não poderia atuar, está tirando proveito naquela partida específica. Eureka! Logo, deve ter anulado tudo que eventualmente ganhar no evento específico. No caso, como a Portuguesa empatou com o Grêmio por 0 a 0 e Heverton entrou na parte final do primeiro tempo teria muito mais cabimento a retirada de um ponto. Foi o benefício que o time rubro-verde teve. Não, a lei alarga para três pontos a mais. O objetivo pode até não ser esse, mas soa que o desejo é dar mais protagonismo à justiça que o jogo jogado.

Que a lei deve ser cumprida não se discute. Ignorar isso é dar margem para desmoralização. Mas deve-se sim discutir o código, com suas punições, e, mais ainda, a inação de CBF e STJD ao fazer esforço mínimo para que os clubes e árbitros saibam quem está impedido de atuar. Um pouco mais de atitude tornaria nosso futebol com menos cheiro de toga e martelo.



  • Ricardo Santos

    “No caso, como a Portuguesa empatou com o Grêmio por 0 a 0 e Heverton entrou na parte final do primeiro tempo teria muito mais cabimento a retirada de um ponto. Foi o benefício que o time rubro-verde teve”

    Problema eh se o time escalar um atleta irregular e perder sairá impune, nao se esqueça que gols marcados sao critérios de desempate, por exemplo se coloca um centroavante e ele marca 3 gols numa derrota de 4×3, o time apesar da derrota tem 3 gols de um atleta irregular que podem decidir uma classificacao.

  • Carioca

    Desculpe mais parei com o futebol devido o caso de nova virada de mesa

    vamos la

    o Cruzeiro escalou um jogador irregular e pagou 10 mil(culpado) e a Portuguesa perde pontos?

    ai depois que o erro da Portuguesa foi divulgado na midia ai o STJD vem recorrer da decisão do Cruzeiro? ISSO É ARMAÇÃO

    a regra tem que ser cumprida mais porque o Cruzeiro paga 10 mil(se pagou é porque foi culpado) e a Portuguesa perde pontos?

    o certo seria Cruzeiro, Portuguesa e Flamengo perderem os pontos e Vasco ganhar isso usando a regra, mais como a regra não foi usada com o Cruzeiro por que vai ser contra a Portuguesa? ai agora vem o STJD na cara de pau querer punir o Cruzeiro

    futebol é tudo armação parei!!!!!!!

  • cláudio pinto

    Lembram do Corinthians? Pois é a lei é igual pra todos e as espertezas acabam em complexo penitenciário por fraudes, assim sendo nada mais justo do q a justiça.

  • Carlos

    Que raciocíniozinho raso…
    Então, se o time que colocar um jogador irregular em campo perder a partida não terá punição?
    A punição, meu caro, são os tres pontos.
    Os pontos da partida em que há problema apenas “não são ganhos” (o que é diferente de “perder”) porque o time em campo não estava apto a jogar (com jogador em situação ilegal).
    Pensar o contrário é beneficiar o infrator, que faz a arbitrariedade por burrice ou por arrogância.
    Mas lei nesse país deve ser rigorosa e aplicada contra os outros, quando é com a gente ou nosso time, aí pensamos diferente…

  • ESTÁ MAIS DO QUE CLARO QUE O ADVOGADO DA PORTUGUESA QUE ESTAVA PRESENTE NO JULGAMENTO NO STJD NA ÚLTIMA SEXTA FEIRA(DR.SESTARIO) NÃO INFORMOU À PORTUGUESA QUE O ATLETA HÉVERTON HAVIA SIDO SUSPENSO POR 2 JOGOS!!NÃO EXISTE OUTRA EXPLICAÇÃO PLAUSIVEL!!PODRIDÃO E SUJEIRA DA PIOR ESPÉCIE!!NOJO E VERGONHA!!

  • carlos itagiba

    Sr. Valdomiro Neto
    Excelente texto.
    Como uma ideia, já que a lei existe para fazer justiça e não simplesmente para apenar o infrator, sugiro que, em caso de punição à Portuguesa, sejam rebaixados 05 clubes , com 05 da segunda-Divisão subindo. Não haveria justiça salvar um clube, no caso o Fluminense, que não foi prejudicado com o erro administrativo da Portuguesa.
    Obrigado. carlos

  • Jerônimo

    Fato!!
    Fluzinho na segundona ou então que também se faça justiça a virada de mesa anterior e o fluzinho continua na série B.O Vascaindo não tem argumentação, perdeu até no braço…tomou de 5 e ainda quer os pontos….eita Brasilsinho pequeno….acho que quem deve cair é o presidente da CBF e do STJD…bando de incompetentes, e o futebol, ó…….

    corja de ladrões safados, futebol de interesses, timinhos que sempre serão pequenos!!

  • Helder

    Torço para que leiam esse artigo antes de rebaixar a Portuguesa para salvar o Fluminse, só assim o futebol teria razão em 2014! Uma vergonha se Fluminense e Vasco não forem rebaixados.

  • Iuri Straus

    ara, eu fico impressionado como que as pessoas acreditam realmente no que a imprensa posta e saem xingando a Diretoria sem sequer se dar ao trabalho de pesquisar. As manchetes ficam soltando artigos isolados sem observar que toda decisão deve obedecer ao critério de prazo fixado pelo próprio Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), cujo art. 43 versa o seguinte:

    “Art. 43. Os prazos correrão da intimação ou citação e serão contados excluindo-se o dia do começo e incluindo-se o dia do vencimento, salvo disposição em contrário. (Alterado pela Resolução CNE nº 11 de 2006 e Resolução CNE nº 13 de 2006)

    § 1º Os prazos são contínuos, não se interrompendo ou suspendendo no sábado, domingo e feriado.

    § 2º Considera-se prorrogado o prazo até o primeiro dia útil se o início ou vencimento cair em sábado, domingo, feriado ou em dia em que não houver expediente normal na sede do órgão judicante.”

    Qualquer estudante de Direito do primeiro período sabe que prazo vencido em fim de semana ou feriado prorroga-se automaticamente para o próximo dia útil subsequente (como previsto até mesmo no CBJD).

    Então vamos lá, para todos os tricolores e vascaínos entenderem: decisão proferida na Sexta-Feira (06/12): exclui-se este dia da contagem (art. 43), ainda que a intimação dos clubes tenha se dado no mesmo dia.

    O dia seguinte e o posterior não contam (sábado e domingo), por força do art. 43, §2º do CBJD, pelo que a decisão adquiriu “coercitividade” ou obrigatoriedade de observância a partir de Segunda-Feira dia 09/12.

    Tal posicionamento é o mesmo do mencionado art. 133 do CBJD senão vejamos: “Art. 133. Proclamado o resultado do julgamento, a decisão produzirá efeitos imediatamente, independentemente de publicação ou da presença das partes ou de seus procuradores, desde que regularmente intimados para a sessão de julgamento, salvo na hipótese de decisão condenatória, cujos efeitos produzir-se-ão a partir do dia seguinte à proclamação. (Redação dada pela Resolução CNE nº 29 de 2009). Ambos os dispositivos combinados (43, §2º e 133 do CBJD) salvaguardam os clubes apenados.

    Alguém duvida de que os advogados de Lusa e Flamengo conheciam tal dispositivo?

    Agora preparem-se, pois alguns inconformados vão dizer “Ah! Mas todo campeonato possui jogos no fim de semana” Bla, bla, bla e bla! Sem conversa, a lei deve ser cumprida, inclusive no que tange aos seus prazos! Ou não é o que os tricolores andam dizendo?

    Dura lex sed lex….

  • cara vc é um jornalista mesmo?
    desculpe viu mais ta feio, pra que existe regulamento, ou ñ tem estatuto?
    pelo que eu sei existe sim.
    se é assim, então pô fala pru governo destinar uma equipe de soldados em todas as casas avisando para as pessoas que é crime matar rouba, e esquece o estatuto. ou seja esquece o codigo penal .
    desculpe mas vc falou um monte de besteira.
    tem que ser punido a lusa e qualquer um que se esquecer do regulamento. regulamento é feito para que as pessoas saiba os deveres de cada um sem ter que perguntar pra ninguém.
    olhe eu sou muito apaixonado pelo fogão! só me interessa o glorioso.
    agora dizer que aou b ñ foram avisados brincadeira viu punição já.

  • JOSÉ LUIZ

    PARABÉNS, ATÉ QUE ENFIM ENCONTRO UM COMENTÁRIO LÚCIDO E TOTALMENTE IMPARCIAL, SALIENTO APENAS COM RELAÇÃO À FORMA TÍMIDA E QUASE DESINTERESSADA QUE OS CLUBES SÃO AVISADOS QUE SEUS ATLETAS ESTÃO SUSPENSOS. NÃO SE PODE AFIRMAR, MAIS FICA A IMPRESSÃO DE QUE NÃO HÁ INTERESSE EM DIVULGAR ESSAS PUNIÇÕES, DEIXANDO OS CLUBES À MERCÊ DE COMETEREM UMA PEQUENA FALHA E SEREM PUNIDOS NOVAMENTE E AÍ ENTRAR EM CAMPO NOVAMENTE O FUTEBOL DE TOGA, POBRE E INFELIZ MELHOR FUTEBOL DO MUNDO…

  • IGOR

    CHEIRO DE FLAMENGUISTA ESSE DISCURSO GIGANTE QUE NAO FALA NADA. SOMENTE ENCHE LINGUIÇA
    LEI É LEI
    ESTÁ SUSPENSO E JOGOU – PUNIÇÃO NELES.
    AMIGO A CBF TEM UM MONTE DE DEFEITO, MAS AGORA VOÇê QUER QUE ELA SEJA BABÁ DE CLUBES INCOMPETENTES. NÃO QUE OS REBAIXADOS NÃO TENHAM SIDO MAS A PUNIÇÃO DEVE SER FEITA.
    O OSVALDO DE OLIVEIRA FALOU O SEGUINTE – “O CAMPEONATO ACABOU NO DOMINGO.”
    ENTÃO NA ULTIMA RODADA TA LIBERADO A SACANAGEM GERAL QUE NÃO VAI ACONTECER NADA.
    ANO QUE VEM O TIME DE QUALQUER UM VAI PARA FINAL E ENFRENTA OUTRO TIME QUE TEVE UM JOGADOR EXPULSO NA SEMI-FINAL – O CLUBE PEGA E ESCALA NA FINAL E O CARA FAZ 2 GOLS DECIDINDO O CAMPEONATO A SEU FAVOR – COMO FICA SE A PORTUGUESA NÃO FOR PUNIDA? O ARGUMENTO QUE DER A VITORIA A ELA HOJE VAI BENEFICIAR UM INFRATOR AMANHÃ E VÃO CHORAR NA CAMA DE QUEM, OS PERDEDORES???

    TEM QUE PUNIR SIM E SE É O FLUMINENSE O BENEFICIADO DEVE SER SORTE DE TRICOLOR REBAIXADO MAS NESTE CASO NÃO É VIRADA DE MESA – É CUMPRIR O QUE A LEI DIZ

    SORTE QUE A PORTUGUESA NÃO TEM TORCIDA!!!!! IMAGINA REBAIXAR O FLAMENGO NESSA SITUAçÃO. NÃO IA TER COPA DO MUNDO!!!

  • Adriano Soares de Mlates

    Nossa é vergonhoso o que querem fazer mais uma vez tapetão não ,ninguem merece é tanta safadeza essa palhaçada que só o povo brasileiro ainda acredita que tem gente honesta no mundo da bola;
    Nossa toda vez que cai um time grande eles vem com alguma coisa,não posso acreditar que todos esses erros só venham a aparecer no final do campeonato,nossa esses dirigentes deviriam é tomar vergonha na cara se eles tivessem SÁO TODOS CORRUPITOS SAFADOS LADRÃO E NO BRASIL É SÓ VERGONHA.
    SOU BRASILEIRO E NÃO ACREDITO QUE TEM TANTOS PILANTRAS ESPALHADOS PELO BRASIL.

  • Daniel Garcia

    O Vasco foi punido com perda de 6 pontos por escalar jogador irregular (Jeferson). Porque outros não podem ser punidos?

  • Eduardo Mattar

    Prezado Neto,
    gostaria de salientar que foi realizado um julgamento, perante um tribunal de justiça e com representante nomeado pela Portuguesa. Processos como este já ocorreram aos milhares, ao longo de anos, e por este motivo, discordo da sua colocação a respeito de uma possível falha humana ou de comunicação.
    Não foi a primeira vez que ocorreu este tipo de situação e sempre houve penalização quando foi constatado o descumprimento de uma decisão do tribunal.
    Outro ponto importante é que não cabe a qualquer um de nós determinar a quantidade de pontos que deve ser retirado dos times que cometem este tipo de infração. Existem profissionais especializados que analisam este tipo de questão e determinam as penas cabiveis, que por sua vez são apresentadas a todos os clubes e interessados, para que tenham conhecimento prévio do que acontecerá caso cometam tal falta.
    Eduardo Mattar

  • lee

    Você, caro jornalista, está esquecendo que quando existe um julgamento, as parte envolvidas precisam estar presentes, pois elas são de fato, interessadas no assunto. O problema é justamente este:

    Na maior parte dos casos, as parte envolvidas nao se fazem presentes, ou seja, apesar de achar bonitinho essa sua opinião sobre a cbf manter uma lista, tem coisas básicas…que deveriam ser analisadas pelos clubes. Só que os dirigentes que ganham milhares de reais nao estão nem ai pra nada! Reclamam do regulamento, reclamam do calendário, mas estão lá, sempre, assinando e acatando as regras do jogo.

    A portuguesa vacilou, erro primário. Não adianta querer repassar a responsabilidade, não adianta. Fou muita burrice, burrice, amadorismo, demais

    O Flu não tem nada a ver com isso, não.

  • andre

    O seu comentário tem coesão e coerência, mas a lei diz:O máximo de pontos de uma partida e o ponto da partida jogada…se não for cumprida a lei ai teremos margens para viradas de mesas épicas…

  • materia maravilhosamente escrita, reflete a critica de um futebol podre comandado por poucos, sem falar que se a portuguesa nao fizer nada é por que infelizmente a própria Portuguesa faz parte desta história, muito provavelmente tendo recebido um singelo agrado do clubinho das laranjeiras…

  • joé luis

    cade a lei que em 2010,quando o alambrado de são januario caiu não puniu o vasco dando o titulo para o são caetano

  • Quando o Fluzinho foi rebaixado para TERCEIRONA, e na malandragem o colocaram na 1ª , não lembro os tricolores pedindo para seguir a lei. E quanto ao Vascaindo. 2º rebaixamento e 5 anos!!!!!!!!!
    È vergonha sim, foram péssimos em campo e merecem a 2,3,4………….

  • Carioca

    Desculpe mais parei com o futebol devido o caso de nova virada de mesa

    vamos la

    o Cruzeiro escalou um jogador irregular e pagou 10 mil(culpado) e a Portuguesa perde pontos?

    ai depois que o erro da Portuguesa foi divulgado na midia ai o STJD vem recorrer da decisão do Cruzeiro? ISSO É ARMAÇÃO

    a regra tem que ser cumprida mais porque o Cruzeiro paga 10 mil(se pagou é porque foi culpado) e a Portuguesa perde pontos?

    o certo seria Cruzeiro, Portuguesa e Flamengo perderem os pontos e Vasco ganhar isso usando a regra, mais como a regra não foi usada com o Cruzeiro por que vai ser contra a Portuguesa? ai agora vem o STJD na cara de pau querer punir o Cruzeiro

    futebol é tudo armação parei!!!!!!!!!

  • o paulo schimit disse que se a portuguesa e o flamengo nao forem punidos e o fim do stjd, pois eu digo que o fim do stjd ja foi no caso do corintians e 2005 quando seu proprio presidente disse em gravaçoes do ministerio publico que so foi campeao porque pagou propina, ate aquilo o stjd era decadente depois daquilo e que deveria ser o fim

  • Iuri Straus

    Caro Igor, boa noite.

    O argumento mais “lugar comum” de todos é o de que “lei é lei”.

    Que bom, então a lei é a lei só quando é para punir e não quando se refere aos prazos processuais. Eu apresentei aí entre os comentários dos outros colegas um raciocínio baseado em fundamentação legal, que é o que os tricolores e vascaínos mais estão alegando (cumpra-se a lei).

    Concordo com você de que a Lusa e o Flamengo (caso a não escalação do André Santos no jogo subsequente contra o Vitória não tenha valido como suspensão automática) devem ser punidos, mas, por força da opção do STJD de julgar o caso em uma Sexta-Feira, a punição só poderá ser efetivada no início da próxima competição, pois o dia útil seguinte foi após o término do campeonato.

    A falha maior que vejo não foi nem dos clubes, mas do próprio Tribunal em não observar o que a sua própria norma fala (art. 43, § 2º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD)), julgando um caso cuja punição se daria em dia útil posterior à partida final do Brasileiro.

    Sou flamenguista, mas te afirmo com certeza que se o julgamento do STJD tivesse se dado na Quinta-Feira a sanção seria exequível na Sexta-Feira dia 09/12 e o Clube estaria em maus lençóis.

    Contudo, pelas razões (legais) que já mencionei anteriormente, afirmo que seria uma excrescência qualquer decisão desfavorável contra a Lusa ou Flamengo.

    De qualquer forma, vamos aguardar….

  • Agra

    A filosofia por vezes é bonita! Lamento a não definição de ESTATUTO, Leis, Regras, Direitos e Obrigações.
    Ao ler o referido artigo percebe-se a defesa incondicional da Portuguesa e o prejuízo a terceiros… Na verdade se a CBF, STJD e clubes (ali representados), e houve julgamento, pode ter ocorrido erro ou FALHA…. Mas deverá a mesma ser impune!!!! Basta a Sociedade que fica crendo nos políticos…Cartolas…E a imprensa… Parabenizo-o como um bom Sofista, todavia não me convenceu a ser muito bonzinho e fazer a pensar: A PORTUGUESA NÃO ERROU!!!!!!!! E os 30 anos de futebol…já vi coisa pior… uma delas inclusive com a Portuguesa….CAMPEÃ PAULISTA JUNTO com Santos…alguém fala nisso????

  • francisco

    A filosofia por vezes é bonita! Lamento a não definição de ESTATUTO, Leis, Regras, Direitos e Obrigações.
    Ao ler o referido artigo percebe-se a defesa incondicional da Portuguesa e o prejuízo a terceiros… Na verdade se a CBF, STJD e clubes (ali representados), e houve julgamento, pode ter ocorrido erro ou FALHA…. Mas deverá a mesma ser impune!!!! Basta a Sociedade que fica crendo nos políticos…Cartolas…E a imprensa… Parabenizo-o como um bom Sofista, todavia não me convenceu a ser muito bonzinho e fazer a pensar: A PORTUGUESA NÃO ERROU!!!!!!!! E os 30 anos de futebol…já vi coisa pior… uma delas inclusive com a Portuguesa….CAMPEÃ PAULISTA JUNTO com Santos…alguém fala nisso???? *segundo envio…será que chega?

  • Lucio de Azevedo Ramos

    Se caso a Portuquesa, venha a perder seus pontos e com isso venha a cair, que caia junto com Fluminense, Vasco, Ponte Preta e Náutico, caso contrário será uma vergonha! Com um selo enorme dos padrões FIFA de futebol, e terá de minha pessoa um representante ativo em protesto contra esses marginais que controlam o futebol brasileiro.

  • Iuri Straus

    Por fim, conforme bem dito pelo colega “ppinheiro1968” em comentário de uma das reportagens do Lancenet o RDI Nº 05/2004 da CBF, ainda vigente, a punição claramente não alcança o Flamengo, posto que Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil não constituem a mesma competição ou torneio, conforme inciso III desta norma.
    Senão vejamos:

    RDI Nº 05/2004

    Dispõe sobre o impedimento automático decorrente da expulsão de campo
    e da aplicação de advertências representadas pela exibição do cartão
    amarelo e dá outras providências.
    A Diretoria da Confederação Brasileira de Futebol, no uso de suas
    atribuições legais e estatutárias, CONSIDERANDO que a FIFA, por intermédio de Resolução de seu Comitê Executivo, vem, reiteradamente exigindo que as Associações Nacionais
    apliquem, em todas as competições disputadas nos respectivos territórios,
    sanções disciplinares decorrentes da expulsão de campo […]

    CONSIDERANDO que tal norma determina que o jogador expulso de campo
    ficará impedido de participar da partida subseqüente do mesmo campeonato ou
    torneio, […]

    […]
    R E S O L V E :

    I. Em todos os campeonatos e torneios realizados no território
    nacional, o jogador expulso de campo, pelo árbitro, ficará automaticamente
    impedido de participar da partida subseqüente da mesma competição.
    […]

    III. Por partida subseqüente se entende a primeira que vier a ser realizada após àquela em que se deu a expulsão ou a terceira advertência, e o impedimento não se transfere para outra competição ou torneio.

  • JOAO DE DEUS DA COSTA RABELO

    ESSA CBF E ESSE TAL TRIBUNAL DE INJUSTIÇA TINHAM QUE VAZER UMA CAGADA NO FINAL
    DO BRASILEIRAO, SE O FLOR NAO TIVESE CAIDO NAO TINHA NADA DISSO, COMO E QUE PER-
    DE DENTRO DE CAMPO E QUE ENTRA PELA PORTA DOS FUNDOS, ESSE TAL ZE LADRAO MARINHO E ESSE TAL PAULO XIXI SO ESTAO VAZENDO ESSA PATIFARIA PORQUE TEM UM TI-
    MINHO CHAMADO TRICOLETES QUE NUNCA VAI PRA SEGUNDA DIVISAO SEMPRE ARRUMAM UM
    JEITO DE SALVALO, SE ELES PUNIREM O FLAMENGO NA SEGUNDA A TORCIDA QUE QUE FERRA
    ESTES PILANTRAS DA CBF E STJD.FUI

  • É simples. Cruzeiro, Portuguesa e Flamengo devem perder os pontos (3 e mais o que for conquistado em campo no jogo em que foi cometida a infração). Nessa ano não parece haver intenção de virada de mesa.

  • Junior

    Legal, em um país onde todos reclamam de impunidade só porque é futebol aparecem pessoas e até profissionais, que deveriam ter alguma ética, pra questionar algo que vai ser julgado em um tribunal com base em regulamento.

    Obs.: Tapetão é um termo criado pra decisões irregularmente e em Federações, STJD vai tomar decisões baseado em leis esportivas.

  • Amaury

    Prezado jornalista.
    De boa intenção …o inferno está cheio….
    Vc gastou muitas linhas escrevendo muita besteira… numa sociedade organizada e dita democratica, cada um tem que fazer o seu papel… inclusive o seu de dar opiniões e sem fundamentos…apenas porque é jornalista e possui um espaço para escrever.
    A CBF coordena e regula os campeonatos…traduzindo organiza o campeonato …não é agente fiscal…o arbitro designado por uma comissão relata os fatos…não é fiscal preventivo de escalação de clube (já imaginou se o arbitro tiver que verificar se o jogador usou drogas antes do jogo….so da para denunciar depois….e se o clube foi omisso ele tambem é punido)… quem oferece a denuncia perante os erros são procuradores da justiça…. vc deve querer dar atribuição para todo mundo e para todos….aproveite para ser sindico do seu predio ou condominio, no minimo vc vai querer ser fiscal e tome as ações preventivas para checar quem vai visitar cada apartamento….
    Se um clube profissional (uma empresa) comete um erro infantil de escalar um jogador que não poderia ser escalado…. o erro é do clube e ele deve responder por ele…. se vai ser condenado ou não é da alçada de um tribunal…. e toda pena tem uma gradação….visto o julgamento do mensalão na qual eu como o resto do povo mais esclarecido gostariamos que o JD e ZJ ficassem preso para sempre, em regime fechado, mas quem pegou a maior pena foi o operador do esquema…. a mesma ideia se aplique e que as irregularidades sejam denunciadas pelos procuradores, julgadas e apenadas….isso é democracia…lembrando que cada caso é um caso, cruzeiro, flamengo, vasco…..
    Vamos parar de colocar a culpa na CBF em tudo que tem de errado…daqui a pouco vamos ter o Andre Sanchez como presidente (mais um despreparado) e continuaremos a ser amadores na gestão de futebol….

  • Jota Sal

    Regra é regra. Mas a regra é clara??
    Exemplo: Dória foi expulso no último jogo do botafogo na Copa do Brasil. Cumpriu a suspensão?
    Não. Foi “apenas advertido” pelo Stjd. Mas a regra não diz que expulsão é automáticamente punida com 1 jogo de suspensão??…No mesmo artigo (250) diz que pode ser convertida em simples advertência. Com a palavra os advogados dos clubes na segunda…

  • Juan Vega

    ja vi mts vezes esses julgamentos sair da mesma forma ,se jogador eh suspenso por causa de uma expulsão e leva punição a primeira eh automatica pelo cartão vermelho , sempre vejo isso e falam q jogador ja cumpriu a primeira no jogo pós expulsão , do contrario deveriam ser 3 jogos somando a automatica do cartão , estão procurando por onde salvar o fluminense e o vasco , torcidas brigaram o ano todo nenhum time perdeu ponto , o mais grave eh q o cruzeiro escalou jogador irregular e pagou 10 mil reais e fico td suave , agora a portuguesa bem eh portuguesa entaum foda se a lusinha e viva a vontade dos q comandam a favor do q beneficia a eles proprios
    sem mais ………………

  • CARLOS EDUARDO

    SÓ TÁ ESSE BAFÁFÁ PQ É O FLUMINENSE ENVOLVIDO..SE FOSSE O CRICIÚMA OU OUTRO CLUBE QUE Ñ FOSSE A GENI DE OUTRORAS NINGUÉM FALAVA NADA..COLOQUEM UMA COISA NA CABEÇA, O FLUMINENSE JA ESTAVA SE ARMANDO PARA A SÉRIE B…NEM SABIA DE P%¨##$¨¨% NENHUMA DE ESCALAÇÃO IRREGULAR, Ñ PAGOU NINGUÉM, PQ SE TIVESSE Q PAGAR ALGUÉM, TERIA PAGADO AOS BAMBIS E ELES TERIAM VERGONHA NA CARA E TERIAM CORRIDO O MÍNIMO PARA GANHAR DO CORITIBA…REGRA TA AI PARA SE CUMPRIDA, COMO A MESMA JA FOI EM OUTROS ANOS E NESSE CAMPEONATO DE FORMA IDÊNTICA A DO HEVERTON…VIDE FELIPE ANTES DO SEGUNDO FLA FLU…Ñ É NOVIDADE PARA OS CLUBES ESSA FALTA DE COMUNICAÇÃO, POR ISSO O ADVOGADO ESTÁ PRESENTE EM TODAS AS AUDIÊNCIAS…ELE É O CLUBE NA AUDIÊNCIA, E TRABALHA NA LUSA A NOVE ANOS, É PAGO COM RECURSOS REPASSADOS PELA CBF PARA QUEM Ñ TEM COMO BANCAR UM POR CONTA PRÓPRIA… FUCK SE ELE Ñ ESCREVEU, Ñ MANDOU SINAL DE FUMAÇA PARA O CLUBE….DIRETORIA AMADORA, INCOMPETENTE, QUER JOGAR PARA A GALERA, CRIANDO MAIS UM JARGÃO….

  • sou rubro-negro, mais penso que as regras alem de claras são preestabelecidas portanto todos ja saiam delas mesmo antes de começar a competição. na verdade, o que esta mau explicado é o fato de a sumula do julgamento constar 2 jogos de punição e advogado ter informado apenas um ao clube. (conforme manifestou em entrevista o presidente da lusa) isto sim cheira muito mal(armação, traição e corrupção). se punida e será punida alem de recorrer porque do seu direito a portuguesa deveria solicitar uma investigação federal sobre o a conduta deste advogado.
    quanto ao Flamengo que tambem devera ser punido, e lamentável a incompetência, e a negligencia desse advogado (assef filho). por sorte o resultado de vasco e atletico não podera ser alterado. a prepotência deste sujeito pois em grande risco o nome do flamengo, o esforço do time e o sacrificio sobrehumano da nossa diretoria este ano. agora e superar mais este pesadelo e varrer de vez as metástases das administrações passadas, por esta corja no olho da rua.

  • CARLOS EDUARDO

    Iuri Straus disse:
    11 de dezembro de 2013 às 19:48
    Caro Igor, boa noite.

    O argumento mais “lugar comum” de todos é o de que “lei é lei”.

    Que bom, então a lei é a lei só quando é para punir e não quando se refere aos prazos processuais. Eu apresentei aí entre os comentários dos outros colegas um raciocínio baseado em fundamentação legal, que é o que os tricolores e vascaínos mais estão alegando (cumpra-se a lei).

    Concordo com você de que a Lusa e o Flamengo (caso a não escalação do André Santos no jogo subsequente contra o Vitória não tenha valido como suspensão automática) devem ser punidos, mas, por força da opção do STJD de julgar o caso em uma Sexta-Feira, a punição só poderá ser efetivada no início da próxima competição, pois o dia útil seguinte foi após o término do campeonato.

    A falha maior que vejo não foi nem dos clubes, mas do próprio Tribunal em não observar o que a sua própria norma fala (art. 43, § 2º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD)), julgando um caso cuja punição se daria em dia útil posterior à partida final do Brasileiro.

    Sou flamenguista, mas te afirmo com certeza que se o julgamento do STJD tivesse se dado na Quinta-Feira a sanção seria exequível na Sexta-Feira dia 09/12 e o Clube estaria em maus lençóis.

    Contudo, pelas razões (legais) que já mencionei anteriormente, afirmo que seria uma excrescência qualquer decisão desfavorável contra a Lusa ou Flamengo.

    De qualquer forma, vamos aguardar….

    ME EXPLIQUE SÓ UMA COISA…O FELIPE FOI EXPULSO CONTRA O CRUZEIRO NO DIA 16/10/2013, POR XINGAR O ÁRBITRO APÓS O JOGO..ELE FICOU FORA DO JOGO SEGUINTE, QUE FOI CONTRA A PONTE…ELE FOI JULGADO NO DIA 1/11/2013,JUSTAMENTE UMA SEXTA-FEIRA ANTES DO CLASSICO CONTRA O FLA…PEGANDO DOIS JOGOS..NO FLA FLU NO DIA 3/11/2013(DOMINGO), ELE CUMPRIU O SEGUNDO JOGO, Ñ TEVE DIA ÚTIL…O WAGNER MACHUCOU DIAS ANTES…MANOBRAS PARA FUD%#@%%@%# O FLUMINENSE, QUE JA VINHA DESFALCADO…VAMOS SUPOR QUE ELE FOSSE JULGADO NO DIA 25/10/2013, OU ANTES, NO DIA 18/10/2013….CUMPRIRIA A PENA NO MÁXIMO CONTRA O VITÓRIA QUE FOI DIA 27/11/2013…TEVE ISSO DE DIA ÚTIL NO CASO DO FELIPE?? ESSE BAFÁFÁ É SÓ PQ É O FLUMINENSE…/ OQ FAZEMOS AGORA?/ DEIXAMOS COMO ESTÁ, O STJD ESQUECE E ACOBERTAMOS O CASO?/ PARA QUE NINGUÉM VEJA??? BURLA A LEI???? O PROBLEMA TÁ NA RAIZ…ACEITE OS FATOS E MUDA-SE DEPOIS JA QUE A MERDA FOI FEITA LA ATRAS…AI VEM UM FULANO DE TAL QUERENDO SE FAZER DE DESENTENDIDO, QUE Ñ FICOU SABENDO, QUE Ñ FOI AVISADO…..BLA BLA BLA..BLA BLA BLA…JOGA PRA GALERA, A SORTE FOI QUE ESSA MER$$ É COM O FLUMINENSE LUSINHA…SE Ñ FOSSE Ñ IRIA TER CHORADEIRA, Ñ IRIA TER ZÉ GUELA REVOLTADO FALANDO BESTEIRA…

  • CARLOS EDUARDO

    Iuri Straus disse:
    11 de dezembro de 2013 às 19:48
    Caro Igor, boa noite.

    O argumento mais “lugar comum” de todos é o de que “lei é lei”.

    Que bom, então a lei é a lei só quando é para punir e não quando se refere aos prazos processuais. Eu apresentei aí entre os comentários dos outros colegas um raciocínio baseado em fundamentação legal, que é o que os tricolores e vascaínos mais estão alegando (cumpra-se a lei).

    Concordo com você de que a Lusa e o Flamengo (caso a não escalação do André Santos no jogo subsequente contra o Vitória não tenha valido como suspensão automática) devem ser punidos, mas, por força da opção do STJD de julgar o caso em uma Sexta-Feira, a punição só poderá ser efetivada no início da próxima competição, pois o dia útil seguinte foi após o término do campeonato.

    A falha maior que vejo não foi nem dos clubes, mas do próprio Tribunal em não observar o que a sua própria norma fala (art. 43, § 2º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD)), julgando um caso cuja punição se daria em dia útil posterior à partida final do Brasileiro.

    Sou flamenguista, mas te afirmo com certeza que se o julgamento do STJD tivesse se dado na Quinta-Feira a sanção seria exequível na Sexta-Feira dia 09/12 e o Clube estaria em maus lençóis.

    Contudo, pelas razões (legais) que já mencionei anteriormente, afirmo que seria uma excrescência qualquer decisão desfavorável contra a Lusa ou Flamengo.

    De qualquer forma, vamos aguardar….

    ME EXPLIQUE SÓ UMA COISA…O FELIPE FOI EXPULSO CONTRA O CRUZEIRO NO DIA 16/10/2013, POR XINGAR O ÁRBITRO APÓS O JOGO..ELE FICOU FORA DO JOGO SEGUINTE, QUE FOI CONTRA A PONTE…ELE FOI JULGADO NO DIA 1/11/2013,JUSTAMENTE UMA SEXTA-FEIRA ANTES DO CLASSICO CONTRA O FLA…PEGANDO DOIS JOGOS..NO FLA FLU NO DIA 3/11/2013(DOMINGO), ELE CUMPRIU O SEGUNDO JOGO, Ñ TEVE DIA ÚTIL…O WAGNER MACHUCOU DIAS ANTES…MANOBRAS PARA FUD%#@%%@%# O FLUMINENSE, QUE JA VINHA DESFALCADO…VAMOS SUPOR QUE ELE FOSSE JULGADO NO DIA 25/10/2013, OU ANTES, NO DIA 18/10/2013….CUMPRIRIA A PENA NO MÁXIMO CONTRA O VITÓRIA QUE FOI DIA 27/11/2013…TEVE ISSO DE DIA ÚTIL NO CASO DO FELIPE?? ESSE BAFÁFÁ É SÓ PQ É O FLUMINENSE…/ OQ FAZEMOS AGORA?/ DEIXAMOS COMO ESTÁ, O STJD ESQUECE E ACOBERTAMOS O CASO?/ PARA QUE NINGUÉM VEJA??? BURLA A LEI???? O PROBLEMA TÁ NA RAIZ…ACEITE OS FATOS E MUDA-SE DEPOIS JA QUE A MERDA FOI FEITA LA ATRAS…AI VEM UM FULANO DE TAL QUERENDO SE FAZER DE DESENTENDIDO, QUE Ñ FICOU SABENDO, QUE Ñ FOI AVISADO…..BLA BLA BLA..BLA BLA BLA…JOGA PRA GALERA, A SORTE FOI QUE ESSA MER$$ É COM O FLUMINENSE LUSINHA…SE Ñ FOSSE Ñ IRIA TER CHORADEIRA, Ñ IRIA TER ZÉ GUELA REVOLTADO FALANDO BESTEIRA…………………………

  • CARLOS EDUARDO

    CHEGUEI A CONCLUSÃO, SE Ñ FOSSE O FLUMINENSE, SERIA INFRINGIDA UMA LEI, PQ UM CARA AI EM CIMA DISSE QUE NADA DISSO ESTARIA ACONTECENDO… O CARA JOGARIA DE FORMA IRREGULAR, E SERIA DEIXADO DE LADO, TA DE BOA, TA NA REGRA MAS QUE SE DANE…. MORAMOS NO BRASIL, TA TD CERTO…..SQN….É FUTEBOL MAS Ñ É PALHAÇADA….SEI QUE AQUI TUDO É JOGADO EMBAIXO DOS PANOS, TEM REGRA, MAS DAMOS UM JEITO… MAS JOGAR A CULPA EM UM CLUBE, SENDO QUE OUTROS FIZERAM A CAGADA JA DEU POR HOJE,,,,,Ñ É CLUBISMO MAIS ISSO…

  • CARLOS EDUARDO

    CHEGUEI A CONCLUSÃO, SE Ñ FOSSE O FLUMINENSE, SERIA INFRINGIDA UMA LEI, PQ UM CARA AI EM CIMA DISSE QUE NADA DISSO ESTARIA ACONTECENDO… O CARA JOGARIA DE FORMA IRREGULAR, E SERIA DEIXADO DE LADO, TA DE BOA, TA NA REGRA MAS QUE SE DANE…. MORAMOS NO BRASIL, TA TD CERTO…..SQN….É FUTEBOL MAS Ñ É PALHAÇADA….SEI QUE AQUI TUDO É JOGADO EMBAIXO DOS PANOS, TEM REGRA, MAS DAMOS UM JEITO… MAS JOGAR A CULPA EM UM CLUBE, SENDO QUE OUTROS FIZERAM A CAGADA JA DEU POR HOJE,,,,,Ñ É CLUBISMO MAIS ISSO….,,,,,,,,,,,,,,

  • CARLOS EDUARDO

    TA SUAVE JUAN VEGA, MAS FOI DIFÍCIL ENTENDER OQ VC FALOU…VC JA VIU??? OQ VC VIU??? se jogador eh suspenso por causa de uma expulsão e leva punição a primeira eh automatica pelo cartão vermelho , sempre vejo isso e falam q jogador ja cumpriu a primeira no jogo pós expulsão , do contrario deveriam ser 3 jogos somando a automatica do cartão – FOI ISSO QUE VC VIU??? ELES CUMPRIRAM A PRIMEIRA APÓS OS JOGOS, E Ñ CUMPRIRAM A PRIMEIRA APÓS O JULGAMENTO..FICOU MAIS SIMPLES??? 22:00 CARA, TA NA HORA DE CRIANÇA DORMIR

  • francisco

    Carlos Eduardo…..As notícias não contam a mudança de Direção na Lusa…E seus efeitos…. As pessoas chamam de TAPETÃO…virada de Mesa e nãocumprimento da lei……E um simples reconhecimento, péssimo Campeonato, a pontuação e números de clubes sujeitos a cair…….

  • Nilson

    SEI MUITO BEM ONDE O SUTIL VALDOMIRO NETO QUER CHEGAR. E CHEGA. DEFENDE A PORTUGUESA, MAS NA VERDADE A DEFESA É PRA AMPARAR O FLAMENGO. SAI DO ARMÁRIO MULAMBO!

  • Ronaldo

    Nossa,como o Fluminense incomoda…um país de hipócritas,isso sim…

  • maroog

    O florzinha que se segure se virar a mesa de novo. Não vai sobrar nada das laranjeiras e jogador deles não vai mais andar na rua.

  • Iuri Straus

    Caro Carlos Eduardo, boa noite.

    Na realidade são razoáveis as suas ponderações. O que expus foi uma tese de defesa, que aliás tive até de remover do meu face e do Lancenet porque infelizmente muitos torcedores não estão acostumados ao debate e partem para a ofensa pessoal, aí fica difícil.

    Contudo, ao que parece, a volta ou “permanência” do Fluminense na Série A já adquire contornos mais reais (leia a matéria publicada no Lance “Auditor ‘adianta’ voto contra a Lusa ao escrever em rede social)

    Linnk:
    http://www.lancenet.com.br/minuto/Campeonato_Brasileiro_0_1045695698.html#ixzz2nE3e9uP9

    Virada de mesa? Regulamento? Aconteceria se o Criciúma e não o Fluminense estivesse na zona de rebaixamento? Fica a critério de cada um refletir…

    O debate é bacana mas todos nós já sabemos qual será o final da história…

    Um grande abraço e bom descanso a todos.

  • ISSO ME PARECE COM UM CASO CRIMINAL, DE UM LADO TEM O ACUSADO QUE DE COMETER O CRIME, E DO OUTRO LADO TEM OS CULPADOS QUE TEM MEDO DE O DE QUE O ACUSADO JOGUE A CULPA NELES. E NISSO NÃO APARECE O CULPADO, SÓ O CRIME.
    FAZ ME RIR COM OS COMENTÁRIOS LEVIANOS DE VCS, SE COMETEU ERRO TEM QUE PAGAR MESMO.

  • Eduardo Mattar

    Carlos Eduardo,
    o Iuri Straus já assumiu que é flamenguista!!!
    No entendimento deste urubu, que parece ter algum conhecimento de direito, o cumprimento IMEDIATO da pena em questão só poderia acontecer 2 dias depois… Fala sério!!! Não tem cabimento… IMEDIATO é IMEDIATO…
    Não vou me pronunciar no caso André Santos neste momento pois avalio ser desnecessário, mas o farei caso haja qualquer insistência neste assunto.
    At.,
    Eduardo Mattar

  • Vitor

    Eu acho que vcs jornalista de plantão ou algo pareciso precisam lutar para verem as leis sendo cumpridas isso sim e não incitar todos a banalizá-la as fazendo todosa acreditar num resultado que burla-se a lei e rasga-se o código, no fundo querem puxar as sardinhas para o futebol de seus estados, acho inclusive o Lance extremamente tendendioso para alguams agremiações e o Flu não é uma delas, então meta-se o pau neles, falem de virada de mesa, incitem a todos a pensarem pequenos e não se pensar no que se deve acreditar!!

  • Marcelo

    Só gostaria de esclarecer que antes de qualquer lei deve prevalecer o bom senso. Esses auditores nunca entraram num estádio. Será que não enxergam que não houve má fé de qualquer uma das partes. A Portuguesa já estava liv. do rebaixamento, por que escalaria um jogador irregular? Me parece que as influências tricolores querem prevalecer frente à razão dos fatos, talvez para justificar um futebol medíocre e querendo a exemplo de sua administração que o mandatário não é o presidente, e sim o mecenas, transformar a competição esportiva numa batalha de togados onde exclui-se os estádios e atletas e tornam os advogados, auditores e demais membros do seja os protagonistas no campo chamado tribunal. Uma vergonha para quem em meses sediará uma copa do mundo. VERGONHA….eu teria vergonha de ser tricolor.

  • Portuguesa, Flamengo e Cruzeiro tem que perder pontos, esta é a norma. Quanto ao Vasco, comprovado o estouro de tempo regulamentar, o Atlético PR como principal responsável pela segurança em seu estádio deve pagar, não sei se com outro jogo ou com a perda dos pontos. Quem se beneficiar com o amadorismo de seus jurídicos não tem nada que ver com esta confusão. Virar a mesa é não cumprir as regras estabelecidas.

  • leodio

    Finalmente um jornalista sensato. Até o PVC da ESPN foi a favor deste descalabro, perdeu toda a moral que tinha. A partir de segunda nao assisto mais a este futebol brasileiro sem vergonha. Esta mer..da de time chamado Fluminense terá a coragem de, pela terceira vez, será a terceira e nao segunda serie B que terá que pagar, ja que quando caiu, subiram com ele, depois no ano seguinte caiu de novo, foi para a serie C, e subiu para a B e entao jogaram esta mer..da de volta para a A.

  • Cleber Gomes

    Ou eu estou ficando maluco ou acho que li em quase todos os veículos de comunicação que havia um representante legal da Portuguesa na figura do advogado no julgamento. Se existia um advogado , te afirmo que a Portuguesa foi avisada na Sexta-Feira dia do julgamento.E outra o regulamento é aceito por todos antes de começar a competição , se fosse perda de 50 pontos com dívida podendo ser passada para próximo campeonato que disputar , nunca neste mundo seria injusto . A simples perda da pontuação da partida teria o mesmo peso em justiça que a perda de trocentos pontos desde que a mesma estivesse no regulamento.

  • Michel PC

    Eu parei com o futebol. Desanimei.

    Assisti só a 2 jogos do Brasileirão: Cruzeiro 3×0 Botafogo e Criciúma 1×0 São Paulo.

    Foram jogos fantásticos com torcidas vibrantes. Estavam me me levando de volta ao amor pela bola jogada.

    Aí, vem essa palhaçada.

    Acho que:

    Puniu. A punição passa a valer no primeiro dia útil seguinte (puniu sexta, vale segunda).

    O resto é virada de mesa.

    E sobre o Dinamite? Um Eurico sem grife.

  • Toda esta confusão é sinal que o Fluminense incomoda a todos pq foi campeão em dois dos últimos três campeonatos, segundo, tudo no Brasil eu vejo é o dito “Lei Gerson”, vi neste fim de campeonato um grande desatino, dirigentes incompetentes dizendo que foi armação do outro. Bem não sei como o Fluminense conseguiu escalar o jogador da Portuguesa no jogo, se conseguiu vamos chamar a Interpol ou um grupo de paranormais, pois a coisa ficou feia.
    Vamos entender uma coisa, as pessoas (Clubes) assinam um documento e não leem o que assinam, é isso que eu entendi certo? Então provam a minha teoria, são todos um bando de imbecis, analfabetos e idiotas.
    Flamenguistas recalcados vejo todo o dia, torcedores frustados está cheio por ai, já vi um monte de “viradas” de mesa como se diz por aí. Agora o que se discute não é virada e sim ilegalidade. Pior agora, não é o Flamengo e a Lusa perderem os pontos, acho isso uma obrigação, o pior mesmo é o Vasco ganhar os pontos.
    Se isso acontecer, eu dou uma dica aos clubes, mandem suas torcidas organizadas brigarem em todos os jogos, assim o campeonato acaba com 20 clubes campeões, pois todos vencem.

  • Cleibsom Carlos

    O mal dos positivistas do direito é que eles querem que a Lei seja aplicada como está escrita…Acontece que nenhuma Lei é aplicada desta forma, a subjetividade sempre está envolvida em qualquer julgamento que seja. Então vamos lá: qual a vantagem que a Portuguesa obteve escalando um jogador irregular por 13 minutos? O que o time ganhou com isso? Por que um time faria algo deliberadamente para prejudicá-lo na última partida do campeonato? Alguém poderá argumentar que o tal jogador irregular poderia ter marcado três gols, mas é deste caso que estamos falando e aqui isso não aconteceu. Cada caso é um caso, isto é uma norma básica da Justiça. O Direito não é algo tão simples como estão fazendo crer…

  • carlos medeiros

    Perfeito o argumento de Ricardo Santos, e lei é para ser cumprida,contra os mensaleiros, todo mundo pede o cumprimento da lei, contra time do coração não? a lei so vale para os outros?

  • Ricardo Temponi Radusewski

    Tapetão e se a Portuguesa e o Fla nao forem punidos…

    A lei existe e e clara…

    Se não for assim estamos de acordo com esses bandidos que andam por ai roubam e dizem que não fizeram nada, matam e dizem que foi sem querer, político que rouba mas faz…e mensaleiros que dizem que são presos políticos….

    Pela moralidade do Futebol

  • Nao estou aqui para julgar ninguém, mas deveriam investar o Advogado da Lusa!! Em uma partida que decide a permanencia de um clube em uma divisao, nao poderia errar desta maneira, seguramente tem boi na linha. Havia muita mala branca e negra correndo por traz das cortinas.

  • argeu

    Mas o tal STJD não informa formalmente os clubes logo após os julgamentos,não põe no site ou que o valha de Propósito mesmo,é para dar margem a interpretações diferentes do veredicto “é tudo feito de boca”para quando for preciso favorecer ou prejudicar esse ou aquele clube de acordo com a cor dá camisa e no fim não cabe alegações POIS AFINAL ESTÁ TUDO DENTRO DA LEI

  • ASSIM QUE O COMPUTADOR CHEGAR AO BRASIL, VOU ENVIAR UM DE PRESENTE PARA A CBF, VOU APRESENTA-LA ÀS REDES SOCIAIS E MOSTRAR QUE A DECISAO DE UM TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESPORTIVA PODE SER IMEDIATA.

    MAS SE COLOCARMOS COMPUTADORES LÁ; COMO VAI FICAR AS MARMELADAS, QUANTO DINHEIRO NEGUINHO VAI DEIXAR DE GANHAR POR BAIXO DOS PANOS.

    ELES INFORMARAM AO ADVOGADO DA PORTUGUESA, POR QUE NAO DIVULGARAM INSTANTANEAMENTE NO SITE DA CBF. TRISTE O FUTEBOL PETACAMPEAO. TRISTE BRASILEIRAO. TRISTE FIM. MARCO QUIRICO

  • Djanilson

    Tanto falamos de moralidade na politica! Agora chegou a oportunidade de se debater o futebol.
    Mais sejamos sérios, responsaveis e sem time: A Lei que tanto falaram durante as manifestações do famoso Exmo. Dr. Barbosa, agora está no futebol… CBF, STJD, etc…
    Que o povo se manifeste para melhorar essas instituições que estão desmoralizando o futebol.
    Os Clebes tem razão, pagam uma fortuna aos advogados para que os defenda, eles trabalham com a lei do futebol, e se a lei foi descumprida nada mais justo que os inflatores paguem. Quem será beneficiado é outros 100s, burlou a lei, com esperteza, ignorância ou sem querer…
    Lei lé lei e tem que ser cumprida, doa a quem doer!

  • Rodrigo

    Vergonha esse tapetão agora, a essa altura do campeonato, quando parecia que o futebol brasileiro tinha entrado no eixo.
    Apesar do sistema de pontos corridos, que é muito chato, estava melhorando, só falta quererem alterar o número de clubes e todas aquelas maracutaias que faziam.

  • mcpeterle

    Amigos…

    Não só o futebol brasileiro está uma bagunça, mas todas as outras áreas do Brasil, e isso se dá ao fato das leis e regulamentos nunca serem cumpridos e aplicados, a não ser que sejam para beneficiar alguns privilegiados. Confesso que sou vascaíno, mas se quisermos mudar alguma coisa nesse país miserável, temos que começar a cumprir a lei mesmo sendo ela injusta (como é o caso). Esse caso em especial seria muito fácil de ser resolvido se interesses GLOBAIS (entenda-se rede globo), clubísticos e políticos não tivessem tanto peso na decisão. Bastaria aplicar o que está escrito no INJUSTO regulamento do campeonato, lembrando, que TODOS OS CLUBES participantes assinaram o presente, concordando com o que tava escrito. Portanto, se portuguesa e flamengo escalaram jogadores que deveriam estar suspensos, devem eles serem punidos de acordo com o que está escrito. Se o fluminense vai ser o beneficiado com isso, é apenas uma consequencia e não a causa do problema. No caso do vasco, se o mesmo regulamento prevê que houve irregularidades provocadas pelo clube mandante, também deve ser aplicado o que está descrito no regulamento, e ponto. Vamos deixar de hipocrisia e achar que lutar pelo seu direito é virada de mesa e coisa e tal. Tenho certeza que qualquer outro clube no lugar de fluminese e vasco também fariam o mesmo. DURA LEX SEDE LEX (a lei é dura, mas é a lei).

  • Maurício de Manaus

    Bom dia NETO!
    Acredito que a primeira medida a ser tomada seria o Órgão Competente, diretamente, superior ao Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) tomar conta da situação, caçando todos os direitos da atual Presidência e partícipes, daquele Tribunal, a fim de que as futuras decisões sejam transparentes, tomadas com toda a lucidez e rigor, que as situações estão impondo!
    O Governo Federal tem que intervir, rigorosamente, dentro da confederação brasileira de futebol (cbf – em minúsculo propositalmente), com o propósito de “limpar” a instituição, responsável por dirigir o maior esporte do País; caso contrário, a credibilidade, que já vem abalada de muito tempo e deveria ser ponto chave daquela confederação, será sepultada, de vez, em um grande valão de lixo, porque lá, ela já se encontra!
    Depois, não sabem explicar porque as Torcidas e o Povo Brasileiros estão se inflamando nas ruas das Cidades Brasileiras. Como querem, que os Brasileiros sintam orgulho de um País, cujas as autoridades se portam destas maneiras?
    Chega de tanta sujeira! Não aguentamos mais tanta imundície!
    O Brasil precisa ver essa corja de maus brasileiros explodida das nossas vidas!
    Pena de morte já, para quem assuma posturas, que manchem a nossa história de vida! O Brasil está clamando, de há muito, por ética, moral, patriotismo, idoneidade, transparência…

    QUERO VOLTAR A TER ORGULHO DE SER BRASILEIRO!

  • yuri

    Vocês não tem noção do que dizem. Não importa ser a lusa ia ou não melhorar com a entrada do Everton. Não importa se a lei não está boa assim, assinaram o regulamento dessa forma, não existe nenhuma possibilidade de não cumprir, se não acham o mais adequado, que troquem o regulamento, e não o deixem de cumprir para mostrar que ele não está certo. A lei é a lei, ou a mudamos ou a cumprimos, e nesse caso ela ainda está assim e não dá brechas para que não seja cumprida. O caso do cruzeiro foi diferente, envolveu um contrato burocrático, que dá muitas margens para o erro e tem saída pela lei para multa, já esse caso só se encaixa em um artigo, e a pena é essa ai que está dando toda essa confusão. Não tenho culpa da habilidade de cada jogador, mas acham que se o Fred tivesse jogado um joguinho dos seus quatro jogos de suspensão no lugar do Samuel o Flu estaria na série B?

    Um comentarista, que tem a oportunidade de formar opiniões em um jornal esportivo como o lance. net jamais poderia se deixar levar pela emoção, você deveria acima de tudo fazer cumprir a lei, com isonomia. Nada tem haver o flu com o ocorrido. Você está igual o neto, pode estar mais errado do que o capeta, mas é corinthians, então sai da televisão e vai discutir na mesa de um bar.

  • Valter

    Concordo que a lei deva mudar, mas que cagada q a Portuguesa fez hein, uma mediocridade total, vergonhoso. Muita gente critica o Fluminense, mas quem errou em 96 foi corinthians e atl-pr, em 99 quem errou foi o botafogo e o inter-rs q ganharam pontos na justiça, senao estariam na segunda divisao em 2000…agora quem faz a cagada é a lusa, o fluminense(time q nao gosto) nao tem nada a ver c isso, e se fosse o Vasco no lugar do Flu? e se fosse o Santos, Gremio e etc..nao brigariam por seus direitos?? Acho a lei errada, mas ela foi assinada por todo mundo, nao adianta agora chorar e reclamar e falar em virada de mesa, pq o regulamento esta sendo posto em pratica..eu sou torcedor do maior de Minas..Zeirroooooooo

  • Ezequiel Silva

    Estão fazendo julgamento prévio da Lusa buscando interpretar isoladamente o artigo 133 do CBJD, esquecendo-se de que ele sozinho não define a partir de quando a pena deva ser cumprida. Qualquer um que tenha noção de direito processual sabe que em tudo e em toda a etapa nada se faz ou se deixa de fazer sem notificação/ciência… Nenhum prazo começa a ser contado sem que a parte interessada seja notificada. Produção de efeitos nada tem a ver com com prazo para cumprimento da decisão. Pra isso, é preciso ler os artigos 43, 46 e 47 do código. De mais a mais, o texto acima é excelente e polido. Eu diria sinteticamente que ISSO AÍ TUDO É PURA ARMAÇÃO, e que vai acabar pagando o pato a Portuguesa, pois não tem cacife, nem lobby do Flu/Fla/etc. Dançou, porque vão se apegar a um texto isolado do código.

  • MOYSES SIQUEIRA

    QUANTO TEMPO E ESPAÇO PERDIDO COM ESSA DISCUSSÃO. NÃO GOSTO DE FUTEBOL, MENOS AINDA QDO. SE FAZ DELE VEICULO DE VIOLÊNCIA E OFENSAS. SÓ ENTRO NESTA DISCUSSÃO PARA, COM A MINHA OPINIÃO, TENTAR ENCERRAR UMA POLEMICA TÃO ABSURDA: EXISTE UM ART. NA LEI QUE IMPEDE QUE UM JOGAR PUNIDO ENTRE EM CAMPO E OUTRO COM AS MEDIDAS PUNITIVAS, É ISSO? ENTÃO POR QUE DA CONTROVÉRSIA. QUE SEJA PUNIDO QUEM INFRINGIU A LEI, INDEPENDENTEMENTE QUE VENHA A PREJUDICAR/BENEFICIAR QUEM QUER QUE SEJA. ACHO QUE CHEGOU A HORA DE COMEÇARMOS A DAR NOSSA PARCELA DE CONTRIBUIÇÃO PARA QUE AS COISAS MELHOREM NESTE PAIS. QUE TAL COMEÇARMOS PELO ESPORTE E CHEGAR ATÉ BRASILIA. QUÃO BOM SERIA SE ESTE FORO DE DISCUSSÃO TÃO INFLAMADO, A NÍVEL NACIONAL, FOSSE PARA BANIR OS CORRUPTOS DE BRASILIA.

MaisRecentes

Neymar, entre a guilhotina e ‘la vie en rose’



Continue Lendo

Do ‘gênesis ao apocalipse’, Felipe Melo tropeça no verbo



Continue Lendo

Um Dérbi sob o signo da invencibilidade



Continue Lendo