Cruzeiro das coincidências e da consistência



cruzeiro

Cruzeiro nada de braçada no Brasileirão (FOTO: Gil Leonardi/ LANCE!Press)

O Cruzeiro fez do Brasileirão 2013 seu passeio público. Enquanto todo o restante patina aqui e triunfa ali, o time mineiro tem uma direção só. Campanha consistente, inquestionável, que nos faz duvidar de uma reviravolta. O elenco impressiona, a ponto de ter grifes como Borges, Dagoberto e Julio Baptista frequentemente esquentando o banco de reservas. E, como costumamos dizer no mundo da bola, deu liga. O time é uma correria, em alguns momentos acuando o adversário, criando mil e uma chances. Um trabalho admirável! Coincide com a volta do clube ao Mineirão após os tempos de reforma e mandos no interior mineiro. Claro, uma agradável coincidência. E, outra coincidência desse bruxo chamado futebol, a equipe dá uma imediata resposta a um tormento dos seus aficionados: o rival Atlético levantou há pouco a almejada Copa Libertadores da América. Não é nada, não é nada, mas é tudo mesmo. Minas delira dos dois lados!

O time celeste, e aqui uma terceira curiosidade, é o único fora do eixo Rio-São Paulo a ter levantado o caneco nacional nesta era dos pontos corridos. Exatamente na primeira, no já distante ano de 2003. Dez anos depois, eis que deve repetir a façanha. Na ocasião, tinha Alex, agora no Coritiba, endiabrado, no auge do seu jogo. Agora, tem no mesmo conhecido Everton Ribeiro a sua força-motriz. Em uma equipe que perdeu Montillo no início do ano, seu principal atleta em época recente, e disso não se ressentiu. Time que bota à prova, ao menos por agora, aquela percepção de que a nova forma de negociação dos direitos de transmissão (individualizada) dariam a Corinthians e Flamengo a supremacia técnica advinda da supremacia financeira – este, aliás, é um tema que merece mais aprofundamento, pois nenhum dos dois figura na linha de frente da tabela.

O que faz a campanha do Cruzeiro admirável é que nem os calos tradicionais da competição estão sendo páreo para a equipe. Nos jogos mais tormentosos, aqueles em que espera-se enfim o tropeço, o time sai prosa. Foi assim contra o Botafogo e Atlético-PR, no Mineirão, o Internacional, no interior gaúcho. Não há brechas para a disputa reiniciar-se. Os exemplos tomados de anos anteriores não veem frestas para penetrar. Daí começarmos a gastar esforços de atenção na briga por vaga na Libertadores e contra o rebaixamento – e estufar a importância da Copa do Brasil também.

 



  • Leandro Soares

    O Cruzeiro vem apresentando um futebol inquestionável,apresenta um estilo de jogo e coleciona grandes jogos,por mérito seu.Jogos que já estão marcados na história do clube e do futebol brasileiro neste ano de 2013.Excelente time,que só cometeu um pecado,ser eliminado pelo Flamengo,um time desacreditado por todos naquele confronto,talvez questionado até pelo próprio Cruzeiro.Hoje o Cruzeiro estaria apto a conquistar as duas taças,pois tem elenco de sobra pra realizar tal feito.Resta aguardar o desfecho de todo este contexto.Cruzeiro,provável campeão brasileiro,e Flamengo se fizer valer sua tradição e manter a vontade apresentada contra o poderoso Cruzeiro,poderá chegar ao Tri na Copa do Brasil.

  • O Cruzeiro buscou no mercado jovens talentos, jogadores desconhecidos para a maioria, mas com talento de sobra. Exemplos? Dedé, Éverton Ribeiro, Nilton, Ricardo Goulart, William, todos jovens e promissores.

    O clube pegou esses jovens jogadores, juntou com alguns talentos da base e mesclou com experiência de jogadores já consagrados e ídolos em outros time. Foram esses Dagoberto, Borges, Ceará, Tinga, Júlio Baptista..

    Saiu da mesmice dos técnicos e trouxe sangue novo, o jovem e bom técnico Marcelo Oliveira, treinador com idéias novas, que gosta do futebol ofensivo e bonito.

    Detalhe: o Cruzeiro é uma time que faz muitos gols, mas leva poucos gols também, tem a segunda melhor defesa do campeonato, só fica atrás do Corinthians.

  • marcos Antonio Esteves

    cruzeiro esta de parabens,do presidente ,que no inicio ahava que seria um desastres,mais logo calou a minha e ganhou a minha admiraçao,por pouco tempo vai esta entre os melhores.uma equipe fabulosa ,um tecnico corrajoso que acreditar na base ,encontro estrutura,esta diretoria junto com o tecnico sob contrata e muito bom,com um tecnico que de entrosamento,fazendo esta equipe do cruzeiro a sensaçao do momento.e lindo ver o mineirao todo azul e branco,nunca um time de futebol chegou vigessima rondada do campeonatocom o titulo na mao, onze pontos na frente so o cruzeiro o gigante pela propria na natureza. e campeao brasileiro .

  • João Mariano dos santos

    A minha preocupação é só o Borges que não passa confiança nem para êle mesmo e tamben quero saber ´, aonde esta o Paulão porque o Leo tamben causa calafrio .

  • João Carlos

    O Cruzeiro é um bando de refugos que simplesmente foi pego pelo seu treinador e bem treinado e descansado diante da mediocridade do nosso futebol,faz a diferença,vejamos Borges,E.Ribeiro,Dagoberto,Goulart,Júlio Batista,não são melhores que a maioria dos jogadores do São Paulo,Santos,Corinthians,Flamengo,etc..O treinador percebeu isso e colocou esse time para atacar o tempo todo o adversário,coisa que a maioria dos treinadores covardes e retranqueiros não fazem.Como as dcefesas dos times brasileiros são atualmente horríveis,obtem resultados.

MaisRecentes

Guttman, uma bela e vitoriosa trajetória



Continue Lendo

Palmeiras x São Paulo: rivais contra o vexame



Continue Lendo

Neymar, entre a guilhotina e ‘la vie en rose’



Continue Lendo