Vamos, Kevin, não chores, hoje tem jogo do San Jose!



– Vamos, Kevin, não chores, hoje tem jogo do San Jose.

Talvez o pai do menino de 14 anos, que teve a vida estupidamente extirpada por um sinalizador na última quarta-feira, tenha dito ou pensado isso. A frase é uma paródia de lindíssimo poema Consolo na praia, de Drummond, autorreferente, quando ele fala das dores da vida e solta um sopro de alegria: ‘Vamos, Carlos, não chores. Hoje tem filme de Carlitos!”.

Talvez para Kevin seu personagem de Charles Chaplin fosse o clube do coração. Ir ao jogo de seu time estancava as lágrimas do viver. Quando menino, pra mim ir à Vila Belmiro ver o Santos era isso, uma alegria inefável. Era como se meu pai , ao anúnciar que iriamos ao estádio, me consolasse, fosse qualquer um o motivo do meu desconsolo. Possivelmente nem havia, pois tive uma infância próspera, ao contrário do que ocorre com parcela enorme da população boliviana, a mais discriminada dessa América do Sul, com suas veias abertas desde sempre, meu caro Galeano! Imigrantes bolivianos que são tratados em regime análogo à escravidão em fábricas de marcas no interior brasileiro e são mantidos com subempregos em Buenos Aires, olhados como subraça. Na torcida do Boca, são os indígenas, os torcedores do povo. E dentro do próprio país sempre tiveram a honra usurpada pela elite econômica branca e colonizadora. Agora tem um presidente que é a sua cara, que é de certa forma a cara dessa gente dos trópicos, é a cara do volante Paulinho, estampada no LANCE! no dia do jogo em sobreposição à do presidente Evo Morales, ele mesmo um descendente de indígenas.

O Corinthians é o time do povo. Irônico que do time do povo tenha partido a antirrosa dos estádios, a rosa com cirrose que vitimou um garoto boliviano, para parodiar outro poeta, Vinicius de Moraes. Essa tristeza é que não tem fim. A tristeza dos seus pais, de perderem o filho, morte que leva corações a reboque, impotentes diante do fim.

– Vamos, Kevin, não chores. Hote tem jogo do San Jose!

Pois agora quem chora é a família inconsolável. Lágrimas infinitas. Os gritos de “assesinos! Assesinos!” que emanaram das arquibancadas para os joagdores do Corinthians devem ter calado fundo em alguns deles. Os olhos marejados de Tite na coletiva são o retrato de que os “sinos dobraram” por ele também. Como escreveu o poeta inglês Jonh Donne, a respeito das atrocidades da guerra, quando um morre morremos todos nós, porque nenhum ser humano é uma ilha. Qual o valor de uma vida? Meu caro Criolo: Existe amor nos estádios? Diante de um epísódio tão doloroso fica difícil acreditar. Se cada é uma estrela e uma se apaga assim, numa noite assim, á toa, por um gesto torpe, o que devemos pensar? Ao sair de casa para ver seu time, o jovem Kevin entrou no corredor da morte. Nem desconfiava que seu coração palpitava não pela emoção de curtir seu time, mas pela proximidade da guilhotina, que apaga todo o sentido. No fundo, são palavras e mais palavras ao vento, pois Kevin não existe mais. Kevin virou poeira. Poeira que o vento sopra e desfaz o velho dito inglês: “O futebol não é uma questão de vida ou morte. Está bem abaixo disso”.



  • Éder

    “pra mim ir(…), cara pálida??!?! Indígena é você! kkkkkkkkk

  • Ivan Mello

    Realmente é muito triste !
    Antes de tudo quero afirmar que não sou corinthiano !
    Mas vou dar uma declaração que representa minhas dúvidas:
    Não consigo imaginar que o cara que acendeu o sinalizador tenha tido a intenção de ferir ou, muito menos matar uma criança!
    Não conhecemos seu carater e, fica difícil de condena-lo.
    O que deveria ser banido dos estádios são os sinalizadores. A tragédia no RS há poucos dias, também foi causada por sinalizadores (que foram utilizados por um conjunto de Rock dentro de um ambiente feixado!!!!!)
    Muitos falam da torcida do Corinthians !
    Como podemos incriminar toda uma torcida por um fato que tem características de acidente ?
    Não sei de muitos detalhes sobre o ocorrido mas, não há nem um vislumbre de discriminação
    nem racial nem social nem de nada.
    Será que houve intenção? Esse é o ponto !

  • E.SOUZA

    PARABENS PELO TEXTO, OPORTUNO, SIMPLES ASSIM.

  • Hugo

    Neto,

    não tenho o costume de comentar na internet,

    mas este post merece os parabéns.

    não cabe mais comentários a respeito do episódio Kevin,

    tudo que eu sinto foi absolutamente expressado em suas palavras.

    Abraços
    .

  • Perfeito o Texto, me emocionei do começo ao fim.

  • Rodrigo Matues

    Ao observar tal tragédia e ler o texto acima, comecei a pensar não esta hora reevincarmos da população um reflexão sobre o valor de um vida. Imaginei-me na situação dos pais do garoto pois tem um fllho de 10 anos e quando o levei ao estadio para ver São Paulo e Cruzeiro em Uberlandia Mg, ele estava em estado estase. Creio que garoto Kevin tambem sentia assim. E para pai, acreditem a alegria do filho é melhor que sua propria alegria. Sou sãopaulino e o que desejo que seja feita justiça de modo justo e eficaz.

  • marcio pereira

    E O CORINTHIANS AINDA QUER REVERTER A DECISÃO. ORA, SE HOUVESSE JUSTIÇA ESTE CLUBE TINHA QUE SER ELIMINADO DA COMPETIÇÃO.
    AGORA AQUELE CHORO DE TITE E EDU GASPAR FOI UMA VERGONHA NACIONAL, QUE COISA
    MAIS NOJENTA E HIPÓCRITA DE TANTA FALSIDADE.
    FIZERAM AQUELE TEATRO PORCO E INDECENTE SÓ PENSANDO QUE DESVIARIAM O FOCO E
    AS COISAS CAMINHARIAM NATURALMENTE E O SEU CLUBE NÃO SERIA PREJUDICADO.
    TITE E EDU, VOCES TÊM FAMILIA?
    QUANDO CHEGARAM EM CASA RIRAM AOS MONTES COM ELES?
    QUE NOJO!

  • UMA PENA O Q ACONTECEU COM ESSE MENINO,SÓ O TITE ACHA Q A VIDA DELE VALE UM TITULO,MAS SE TEVE ALGO D BOM NESSA TRAGEDIA FOI DESMASCARAR ESSA TORCIDA DE ASSASSINOS E O SEU FINANCIADOR, O CLUBE Q ELES TORCEM!!!!! CORINTIANOS UM BANDO DE ASSASSINOS DE CRIANÇA!!!!!!!!CANCER DO BRASIL QUE É MANTIDO PELA MIDIA TELEVISIVA, ELETRONICA E IMPRESSA!!!!E AGORA MIDIA QUEM SERA O “HERÓI DE VCS???? ASSASSINOOOOOOOOOSSSSSSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Rafael Tomé

    Apenas 3 palavras para expressar meu sentimento sobre seu texto, que deve ter escrito num bom jantar com sua senhora a gargalhadas sobre alguma piadinha sem sentido.

    MORALISTA, SENSACIONALISTA, SAFADO!!!

    Parem de querer ibope ou views encima da desgraça alheia!!!

  • Achei de um tremendo mau gosto querer se valorizar como poeta, culto, meu Deus! vc deve estar com o ego lá no alto, a verdade é que todos querem tirar uma casquinha desta tragédia para se valorizar, se mostrar, a pior imprensa q existe hj é esta, a que cobre o futebol.

  • Santos Sempre

    Belo texto.

  • Ames

    Muito triste esse texto, traduz bem toda a tristeza do mundo do futebol quanto o fato que ocorreu na Bolívia.
    Parabéns pelo texto.
    O Futebol esta de luto.

  • Paulo S S Dias

    Parebéns ! Muito lindo o que acabei de ler ! Fico imaginando quando levei meus filhos ao Pacaembu tempos atrás, com aqueles olhinhos arregalados e felizes por estarem presenciando exatamente o Corinthians em campo ! E imagino hoje, como deve estar o pai desse menino Kevin ! Meu Deus ! Abs !

  • MAURICIO38

    CONCORDO PLENAMENTE COM O TESTO ACIMA.

    INFELIZMENTE NÃO FOI A ULTIMA MORTE, MAIS VIRÃO.

    FIM DAS ORGANIZADAS

  • Detesto hipocrisia senhor Valdomiro Neto, detestei seu comentariozinho piegas que em nenhum momento mencionou que a torcida do Corinthians é sim agressiva e prepotente além de arrogante, tudo isto também motivado por um tratamento especial da cronica esportiva que é acostumada a passar a mão nas costas em todos os seus desmandos e agressões echamá-la de nação corintiana como si este grupamento estivesse acima da nação brasileira!O senhor Valdomiro perdeu uma excelente ocasiaõ para calar-se!

MaisRecentes

Neymar, entre a guilhotina e ‘la vie en rose’



Continue Lendo

Do ‘gênesis ao apocalipse’, Felipe Melo tropeça no verbo



Continue Lendo

Um Dérbi sob o signo da invencibilidade



Continue Lendo