O assombroso reflexo de garoto do veterano Rogério Ceni



Rogério Ceni, beirando os 40 anos, atuou como um garoto em São Januário. A defesa em chute à queima-roupa de Juninho Pernambucano, outro vovô que teima em manter-se jovem, foi um assombro pelo reflexo, a rapidez de reação e a elasticidade de um menino. Muitos meninos, diga-se, não fariam a defesa porque não têm a técnica que ele, Ceni, esbanja. A atuação do ídolo são-paulino indica que ainda tem lenha para queimar e o coloca em relevo. Muitos, ao ver sua sequência de defesas diante do Vasco, uma atrás da outra, lembraram do Mundial de 2005, quando defendeu cobrança de falta do inglês Gerrard como se subisse em escada imaginária. Sua impulsão pareceu contar com o auxílio de algum material invisível para nós, reles mortais. Diante dos cariocas o braço subitamente estendido, como uma tora inflexível, soou como ilusão de ótica. Foi real!

Juninho, após a escandalosa defesa de Ceni, que deveria rodar o mundo e entrar em votação das maiorais do ano, perdeu a paciência e deu uma “bronca” no ex-companheiro de Seleção. Deu para ver no semblante de Ceni a felicidade do renascido. O goleiro, não vamos nos esquecer, passou por alguns períodos de quarentena por lesões, essas sim frutos da idade e os desgastes que ela causa. Ao levantar-se do gramado o são-paulino deve ter pensado: “é de batalhas que é feita a vida!”, como na expressão reativa da música de Raul Seixas.

Para manter-se motivado tendo conquistado de tudo com a camisa tricolor (o fato de faltar a Copa do Brasil perde-se na poeira do que é mais importante, uma Libertadores e um Mundial) o sujeito tem que ter brio mental, prazer insaciável no que faz. Vamos lembrar que Ronaldo, aos 33 anos, parou de jogar e expressou a “falência” do corpo, não correspondendo mais. Ceni, ao que parece, fez ouvidos moucos aos sonos de articulações e músculos. Ele resistiu e diante do Vasco provou que, agora nos sábios pensamentos gaúchos, “não está morto quem peleia”.

Sim, goleiros são mais longevos. Isso é clássico no futebol. A posição é privilegiada nesse sentido. Mas uma coisa é prolongar a carreira, outra é manter altíssimo nível. Marcos Assunção resolve em cobranças de falta, assim como o próprio Juninho, e há outros inúmeros casos. Mas na posição da grama que falta e da solidão como guia os erros é que são fatais e os acertos elogiados moderadamente. Não sei se será um ano mais, dou ou até três. O fato é que Rogério veio, viu e venceu como um imperador da meta são-paulina. E deixou claro que por ora o espaço ainda é seu e ninguém tasca. Sua importância não está restrita à indiscutível liderança, voz ativa que tem no clube. Ela ganha tentáculos fatais com defesas primorosas.

Você pode detestar Ceni (conheço gente com aversão doentia pelo rapaz), mas não deve negar o seu brilho técnico.

PS: Por que a Fifa não elege, como faz com o gol, a maior defesa do ano? Defesas de goleiro são artes restritas a uns poucos vocacionados. Acorda, Fifa!



  • Mauro

    Os que tem aversão doentia por Rogério Ceni, são os que nunca puderam e nunca poderão contar com ele em seu clube, e que tem paixão doentia na pior acepção da palavra por futebol, que para os que são saudaveis é sómente um esporte admirado, e não motivo de vida ou da própria existencia.
    Os que tem aversão doentia por Rogério Ceni, não sabem e nunca saberão o que é um jogador ser eterno em um clube; que só jogou por esse clube; e que com certeza é o ultimo a jogar por amor a camisa no futebol profissional do Brasil. Ninguem mais fará isso. Sómente Rogério Ceni e o já aposentado Marcos que envergou uma só camisa profissionalmente.
    O sucesso de Rogério Ceni incomoda os fracos, os incompetentes, os pobres de espirito, os que descarregam no futebol toda a frustração por sua vida mediocre e pequena.
    Rogério Ceni já é história pelo seu protagonismo de goleiro, mas tambem é história pelo coadjuvante de goleiro-artilheiro, e quem tem aversão por ele, é nada vezes nada; é o resto do resto do resto do zero a esquerda.

  • Lucas Araújo

    Eu já falei todas as palavras possíveis pra exaltar o M1TO, mas cada vez mais são necessárias novas, porque sempre ele se reinventa, surpreende, triunfa. O que ele fez ontem em São Januário foi ÉPICO! Deixou um jogador do quilate do Juninho Pernambucano incrédulo. Aos 39 anos. Não dá, é indescritível ter um ídolo como o Rogério. Não só temos a garantia de amor à camisa, mas de que lá temos um gênio, alguém que não importa a queda, sempre se levanta e com estilo. Eu tive que rever as defesas de ontem umas 15 vezes, porque é inacreditável, é demais. Quem quiser, que critique… ele responde sempre com atuações como as de ontem.

    Saudações do Tricolor Paulista.

  • Ronaldo

    Concordo plenamente, e que para a Copa deveria estar entre os 03 goleiros.

  • Luiz Marfetán

    Cavalieri tem que aprender muito com o mito, Rogerio Ceni e seleção!!!!!! Convoca ele Manooooo.

  • victor

    Excelente texto, ele merece tudo que conquistou porque o fez com muito trabalho e honestidade, e infelizmente no Brasil, isso incomoda muita gente!

  • Dyl Blanco

    Rogério está vencendo esse campeonato interno que é seu retorno após a cirurgia. A custa de muita tenacidade, auto-controle e superação. Queria estar enganado, mas acho que está ficando insuportável a dor após os movimentos em suas fantásticas defesas. Aquela roladinha a mais que ele está dando pelo chão é sinal típico de dor. Apesar de não torcer pelo São Paulo, torço por Rogério Ceni e por tudo que ele representa.

  • Diego Costa

    Belíssima coluna! Parabéns!

  • Lígia Maria

    Prá quem gosta de falar que ele é só um bom cobrador de faltas, e não um bom goleiro (outro tipo de doente), revejam esse jogo contra o Vasco, aproveitem e revejam outro jogo de 2005, e outros tantos jogos. E artilheiro também, sim, nosso artilheiro na libertadores (de um time detentor do maior nº de participações de seu país), o que é incrível…junta isso com um profissionalismo impecável, um pai de família, uma pessoa da qual vc nunca ouviu falar nada que o desabonasse, e um amor extraordinário ao clube de coração, e teremos Rogério Ceni…Ainda bem que além desses “doentes” que vc citou, existem tantos outros torcedores de outros times, que admiram sim Rogério. E quando em convocações da seleção brasileira, já cansei de escutar torcedores de outros times pedirem pela sua convocação!!!

    Rogério, MITO, fica!!Não se aposente ainda!!!

  • Leonardo Sadauskas

    Sensacional.

  • JAMAIS irá existir, algum jogador com tamanha dedicação e orgulho por representar um time, como faz o RC. A inveja dos outros torcedores, é essa identificação do RC com o tricolor, um jogador ímpar, que nunca deixou o dinheiro falar mais alto do que o time ao qual ele ama e representa da melhor maneira possível. Obg RC….sou mais uma tricolor que admira d+ a sua luta.

  • Sou torcedor do Santos e amo futebol, acredito que tudo o que engrandece o esporte deve ser exaltado, e no caso do Rogério, dizer o que, é um grande personagem do esporte, um dos grandes da sua posição, neste quesito os são-paulinos podem se sentir, com muita razão, privilegiados.
    Que bom que pudemos vê-lo em campo, a cada jogo ele escreve uma história, cabe a nós não esquecê-la…

  • Evidentemente a maioria dos torcedores rivais deixam-se levar pelo amor ao próprio clube e cometem atos baixos de ignorância radical, negando ao grande goleiro sãopaulino as qualidades e méritos de que ele é possuidor. Quem não queria ?….Me diga……..Um goleiro que fez 105 gols, defendeu uns 40 penais e foi tri da libertadores, tri mundial e tantos brasileirões e paulistões ?
    Perdão , mais ridiculos são os que tem aversão por ele. Há de se lembrar para estes, que R.Ceni, ao lado do Padre Marcelo , dá muita assistência a quem precisa….Então meu amigo linguarudo, cale sua boca e se manca. .

  • Elcio Souza

    Não tirando o mérito das defesas do Rogério Ceni, mas ele por ser um goleiro mais velho e de primeira linha sempre se coloca de forma a estar sempre vendo a bola, os goleiros atuais principalmente Felipe se coloca atrás dos zagueiros e fica sem visão da bola, tipo no gol do Neymar contra a seleção de “Araque” (araque sim não é time para Brasil enfrentar) se você reparar o goleiro esta escondido atras da zaga e o segundo pau totalmente aberto, sendo um convite que Neymar não recusou. Outro dia vi um jogo do São Paulo em que Rogerio se movimenta para a lnha onde ele poderia ver a bola o atacante bate ele segue a trajetória e fez a defesa, hoje os atacantes invadem a área e já sabem, basta dar um toque por baixo da bola que o goleiro já vem deitado.

  • cristian

    SIMPLISMENTE um MITO . como é bom ser SÃOPAULINO

  • José Roberto

    Mauro, nem vou falar nada sobre o Rogerio porque você disse tudo e não há mais nada para ser falado. Só posso completar dando algumas notas, como:
    “0” (ZERO) para quem tem aversão ao goleiro, profissional e exemplo que é Rogerio Ceni. Pura inveja.
    “10” (DEZ) para quem admira-o por tudo que ele representa.
    “1.000.000” (um milhão) e até mais para esse exemplo, como atleta e homem, para todos os jovens.

  • daniel fernando

    simplesmente sensacional seu texto….cara parabens foi muito bem escrito… muitoooo f…da seu texto é para todo sao paulino ler algum dia…ETERNO M1TO RC.

  • Pardal

    Tdos tem Goleiro, mas Só nos temos ROGERIO CENI…Imortal…Mito…Você Será Sempre Lembrado como Um ídolo, e estará eternamente em Nossos corações seja hoje, amanhã ou Sempre

  • wagner

    Dica

    Deveria colocar o video com a defesa para ficar mais facil

  • Sensacional texto, exatamente oque nós tricolores sentimos e nos expressamos, parabens!!

    Saudações do Tricolor Paulista.
    Iran dono do site cartolando.in

  • izidoro

    m1tos sao eternos todos os times tem idolos mas so o tricolaço tem o numero 1 rc eterno

  • marcos canuto

    SEM DÚVIDAS: UM DOS MELHORES DO MUNDO É R. CENI!

  • _CINZAS

    A escrita não pode ser boa mas o sentimento é um só SPFC sempre cambada se for de elite tranquilo, se for malokeiro é nois pq ser SPFC não adianta forçar tem que querer e saber o porque do sentimento amor eterno!

MaisRecentes

Zé e Oliveira merecem os vivas de admiração!



Continue Lendo

Para que servem os títulos estaduais?



Continue Lendo

Galeano e o espírito do hooliganismo na Libertadores



Continue Lendo