Tinha de haver um guerreiro…



Não só de Neymares vivem grandes times. É preciso um sujeito ralador, feito mais de suor que de apuro, moldado mais por barro que por bronze. O talento desacompanhado da gana não funciona nas searas das américas que nasceram sob o signo da exploração. Na Libertadores, as rugas da batalha são fundamentais. Quando os cenhos franziam no mítico Urbano Caldeira pela eliminação iminente, quando o vento soprava doloroso pelos lados do Macuco e Marapé, quando fios de pranto turvavam alguns rostos angustiado, havia um ícone a ser acionado por Muricy. Não à toa apelidado de Guerreiro da Vila, já nos últimos respiros da carreira, Leonardo Lourenço Bastos, ou simplesmente Léo, virou a sorte. No espaço das missões alvinegras, onde gigantes se ergueram tantas vezes, o lateral esquerdo reafirmou sua condição de totem. Na substituição, correu para o campo com os punhos cerrados e o olhar esbugalhado da fome de vitória nunca tardia aos 37 anos de idade. A dinâmica do jogo passou a obedecer à dinâmica de Léo. Incisivo, deu fim aos toques laterais, como agulha a perfurar a defesa argentina. E assim saiu o empate, na costura que resultou no gol de Alan Kardec.

Quis o destino então que a definição fosse nos pênaltis, para alguns o momento em que Deus joga dados, para outros o exalar máximo da tensão. Quis o destino que na cal as coisas se definissem, cal que reproduz em seu alvor a camisa gloriosa do Santos. Mas quis, sobretudo, que a cobrança decisiva fosse dele, Léo. Tarô, búzios ou quiromancias não ousariam supor. Houve o bafejo mais honesto desses deuses que ficam empoleirados no Olimpo da bola a arfar: hoje é seu dia, companheiro. O que é do homem ninguém toma! Logo ele, que em 2002 fez o gol que deu paz após 18 anos de tormentas nos corações alvinegras. Ali, dez anos mais jovem, Léo selou a vitória sobre o Corinthians, justamente o rival que agora o Peixe reencontrará, desta feita em uma competição internacional, graças a esse baixinho e obstinado jogador.

O Santos teve Pelé, Pepe, Pita, Pagão, Coutinho, Serginho, Robinho e agora tem Ganso e Neymar. Punhados de meias e atacantes que elaboraram em jarras as emotivas lágrimas alvinegras. Porém, que não esqueça jamais do obreiro Léo e sua história de fibra nos tufos da Vila Belmiro. Ele que pelo clube é multicampeão, com paulistas, nacional (Brasileiro e Copa do Brasil) e Libertadores. Ele que defende o clube no ano do centenário. Ele que compensa o passar dos anos com raro denodo, talvez garimpado numa alma de luta. Ele que merece o maiúsculo divinizador no pronome pessoal Ele não pelo virtuosismo com a bola, mas pela vontade de ostentar essa camisa.



  • Santooossss

    Isso aew..Léo é grande ídolo..Raçudo e bom de bola…é concerteza o maior lateral esquerdo do Santos de todos os tempos..e o melhor do Brasil tbem, que alias não tem grandes laterais..Que venha a galinhada..hehehe..ja estão trocandu as fraldas a cada 5 minutos…kkkkkkk..Semi final com um time de tradição, o Santos..contra outro sem tradição..FATO ! ..chorem…se mordam..

  • Edvaldo

    Parabéns, Valdomiro! Lindo texto! Santos rumo ao tetra!

  • edgard

    Muito bom Valdomiro !!!

    A nacao santista agradece !

  • HELTON MIRANDA

    lindo post . o léo merece !!!

  • murilo

    Menos, menos… quanta fantasia! O Santos jogou nitidamente alterado, nervoso! O Léo entrou e não mudou mta coisa! Impressionante como o herói é sempre o último a bater o penal!

  • Santista paranaense

    Santos sempre Santos ! Valeu Léo !! Guerreiro da Vila mais famosa do mundo !!…e q venha os gambás.

  • João Telésforo Medeiros Filho

    Belíssimo texto. Mas, importante dizer que Léo une sua incrível gana de vencer, sua raça, a uma grande qualidade técnica – não à toa, não só tentava, mas conseguia perfurar a defesa do Vélez, o que não estava fácil. Léo representa o futebol ofensivo, alegre, raçudo e vencedor do Santos. Viva o Guerreiro da Vila!!!

  • Fabio Santástico

    Neto vou te falar a verdade: SEU CORAÇÃO É SANTISTA!!! Muito bom post. Léo: vc merece tudo do nosso glorioso SANTÁSTICO!!! NUNCA, JAMAIS SERÁ ESQUECIDO!!!

  • Thiago

    Sensacional!!!!

  • Ricardo Cabral

    Valdomiro Neto, futebol é feito de emoções. As vezes faltam palavras para descrever um momento mágico como desta noite. Seu texto foi mais que uma homenagem ao nosso GUERREIRO LÉO. Seu texto traduziu de forma poética a decisão de um jogo que ficará para sempre na nossa memória. As palavras que me faltam, sobram no seu relato. PARABÉNS!!!
    RUMO AO TETRA!!!

  • Mr.krau

    Sinceramente: não vejo tudo isso no lateral Léo, até porque ele entrou aos 27 minutos do segundo tempo, ele jogou apenas 18 minutos, não dave tempo de ser tão guerreiro assim como voce diz.

  • Anderson

    Belo texto, adorei essa parte:
    “Quando os cenhos franziam no mítico Urbano Caldeira pela eliminação iminente, quando o vento soprava doloroso pelos lados do Macuco e Marapé”
    Centenario Santástico vai ser ser glorioso com esse Tetra.

  • Guerreiro, sinonimo de raca, vontade de vencer e jamais desistir…Quanto mais dificil, mais crescemos …

  • Reginaldo dos Santos

    Estamos em extase. Essa passagem de fase do Santos nos enche de orgulho e mostra que o Leo é o maior exemplo a ser seguido por todos nesse time, até mesmo o Neymar. Acredito que numa seleção Santista dos melhores de todos os tempos a lateral esquerda é indiscutivelmente do Léo. Parabens Guerreiro, Parabens Peixe.

  • OLA GALERA AGORA QUERO VER ATE ONDE ELES VAO PORQUE AGORA COMEÇAM A JOGAR A LIBERTADORES COMTRA TIME GRANDE

  • GILSONSJC

    CARACA ATÉ ME ARREPIOU O TEXTO!!!

    SENSACIONAL!!!

    LÉO GUERREIRO DA VILA!!!

    #RUMO AO TETRA

  • Roger

    Léo é o maior lateral esquerdo da história do Santos, excelente texto e realmente tudo verdade o que escreveu. O Santos precisava de uma vitória suada e com novos hérois pra se revigorar, Rumo ao Tetra, falta 4 jogos.

  • JubaFiel

    Minha visão é outra, classificaram na sorte, ficou claro nestes dois jogos que se marcar bem o Neymar e chegar um pouco junto no Ganso o time não consegue jogar bola, o restante é abaixo da média, esta caindo a mascara desse time enganador que sobrevive do talento de um jogador (acima da média).

    Era melhor vocês terem perdido ontem, pois com esse futebol não vai dar pega para o Corinthians.

  • juliano

    Belíssimo texto, poético, tal como a trajetória santista, e agora ainda mais inebriante graças ao clássico e histórico confronto nas semi-finais. Um jogaço, seja qual for o resultado, porém acredito no time da virada e do amor, não só pelos gênios que o conduziram até aqui, mas principalmente pelos guerreiros que o alçaram ao espírito de Libertadores, e que agora contagiam todo o time. Pra cima deles, Santos, chegou a hora de vazar a melhor defesa com o melhor ataque. Dá-lhe, Santos!

  • anselmo

    Parabéns pelo texto,diz tudo sobre O Grande Léo.
    Que venha o Freguesão,duro treino para darmos o troco no Boca.

  • O Léo com uma perna só joga mais que o Juan em boa fase. É absurdo ele ficar no banco se tem condições de jogo. Aos 37 anos, dá uma aula de futebol, vontade, garra, liderança e personalidade pra qualquer lateral não só do Brasil, mas do mundo. Merecia demais jogar mais vezes pela Seleção Brasileira, não Gilberto, Gustavo Nery, Kléber e tantos outros inferiores. Um símbolo raro de jogador-símbolo de uma torcida nos dias de hoje, que jogadores mercenários e interesseiros são a esmagadora maioria. Sorte dos santistas.

    Saudações do Tricolor Paulista.

  • Marcos

    Jogadorzinho de terceira, só teve sorte

  • Adalberto F. Franco

    Parabéns Valdomiro, aqui no nosso país quando você passa dos 35 anos já é velho e não tem mais valor, o que Léo fez ontem foi provar justamente o contrario a segurança com que ele bateu o ultimo penalti do Santos, esse é um guerreiro seu nome já esta nos anais do Santos, junto com outros grandes nomes.

  • Pablo

    É o Santos que nós queremos….

  • Demétriuz

    Acredito que Corinthians sai na FRente, devido a retrospecto, Como pode um Time Santos que todos dizem Melhor das Américas e já perdeu 3 partidas na competição e ainda passou no sufoco, nos penaltis contra o Velez.??… Não merecia estar na Semi…. COISAS DO FUTEBOL..kkk

  • Romulo da Silva

    Extraordinário texto Valdomiro, Parabéns Santos, Parabéns léo (Guerreiro da Vila), agora é a Tradição contra as Galinhas s/história, “vai pra cima deles SANTOS”

  • Valdomiro Neto , Muito legal seu post Parabéns .

    Muitos Lembram de Robinho , Diego , Alex , Renato etc . Mais na verdade o Léo sempre foi um jogador amado pela torcida do Santos . Ele tem um amor Grande pelo Santos até depois de aposentado falou que pretende ser Presidente do Santos , Mesmo com 37 anos Continua com uma força Fisica Impressionante Melhor do que muitos Muleques de 20 anos .

    Sou Santista Fanatico tenho 16 anos . E quero falar para meus filhos , Eu vi Neymar , Ganso , Robinho , Diego e o Guerreiro Léo Jogar !

  • Silvio

    Pena eu estar tao ocupado, pois do contrário, faria questao de escreve centenas de adjetivos para esse texto maravilhoso que voce escreveu. Por hora só posso dizer uma coisa: TEXTO MARAVILHOSO. Nossa, alem de ter sido escrito com maestria, ressaltou um jogador que só que é torcedor do Santos e viveu todos aqueles anos de sofrimento (alias, muitos infelizmente abandonaram o barco naquela época…hj é facil), voltando, só quem viveu aqueles anos de sofrimento sabe reconhecer a importancia do LEO. Parabens pelo texto e viva o SANTOS.

  • Uilton

    Valdomiro, bom dia.

    Parabéns pelo texto.

    Simplesmente emocionante.

  • 7nário do S4n7os – Apito amigo ontem

    Se classificaram graças à ajuda da arbitragem, marcando um impedimento absurdo do Velez no início do segundo tempo. O Velez faria 1 X 0 e fechava o caixão.
    O Velez jogou em casa ontem? É triste não ter torcida. Ainda mais calada.
    Timão campeão da Liberta no 7NÁRIO do S4n7os.

  • Alexandre

    Muito bom o texto. Leo Guerreiro sempre. Titular absoluto.

  • Guilherme Couto

    LÉO GUERREIRO!!!!

  • Waldir

    Que texto comovente, Valdomiro!
    Gostaria eu de tê-lo escrito, pois retrata a minha gratidão, que não de hoje, minha admiração e meu entusiasmo pelos que lutam e se entregam ao máximo naquilo que fazem.
    Parabéns ao Guerreiro Léo!

  • E.SOUZA

    =VALDOMIRO NETO: PARABENS, FAZ MUITO TEMPO QUE NÃO LEIO UM TEXTO TÃO BOM ASSIM
    = LEO PARABENS O TEXTO RESUMO TUDO O QUE VOCE REPRESENTE, DE FORMA ESPECIAL.

MaisRecentes

Um Dérbi sob o signo da invencibilidade



Continue Lendo

Ceni e Mancini, vítimas de cartolas inconvictos



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo, uma máquina de obstinação



Continue Lendo