Erros de arbitragem afanam a inteligência



O seu time perde um título por erro grotesco de arbitragem. Um impedimento mal marcado saca o gol que daria o título. Você substitui o desalento da chance desperdiçada pela raiva da circunstância. O vizinho, que ficou com a glória graças ao apito fúnebre, comemora, embora no fundo da consciência, se for sujeito decente, admita: “Era melhor ter vencido sem aquela ajudinha!”. Houvesse um auxílio tecnológico e a verdade triunfaria sobre o achismo. Que dano traria?

Segundo alguns conservadores de almanaque, o uso de ferramentas esclarecedoras, que dissolvam dúvidas sobre impedimentos, pênaltis e bolas passando da linha sepultaria a “graça” do futebol. Os botecos perderiam clientela ávida por cerveja com o esvair-se das polêmicas. Ora, isso é tolice! A medida poderia no máximo fazer sucumbir programas de TV que pautam o conteúdo por repetições infinitas de falhas dos árbitros. O esporte não precisa dessa ode à injustiça para ser popular. Os erros fazem é afanar nossa inteligência.

O que move a paixão pelo jogo não é o prejuizo que apitadores provocam, mas sim um sem-número de itens: o drible bem feito, o craque, o atacante goleador, a rivalidade, o ritual de ir ao estádio, os cânticos de torcidas, os personagens folclóricos… Basear a febre de bola no princípio do juízo equivocado de quem apita é ignorar o que cerca as disputas. Futebol americano e tênis recorrem a instrumentos eletrônicos para dirimir dúvidas e isso não diminui o interesse pelas modalidades. Ao contrário, ele só vem aumentando, conforme atestam a profusão de patrocínios e transmissões televisivas.

Curioso que os principais avessos à adoção da tecnologia sejam justamente cartolas mergulhados em denúncias de corrupção. A penumbra que cerca suas transações é a mesma que fecha as cortinas para o império da verdade no jogo.



MaisRecentes

Rica em talentos, França rompe com paradigma recente



Continue Lendo

Espanha morre abraçada ao ‘tiquitaca’ odiado por Guardiola



Continue Lendo

Em cartaz na Rússia: ‘El secreto de sus Rojos’



Continue Lendo