Valdivia ainda pode evitar uma carreira desperdiçada



O sujeito sabe que tem talento para fazer mais do que fez até agora. O tempo é cruel, não dá tréguas para lamúrias. A areia vai escorregando pela ampulheta indiferente à angústia do jogador. Então, ele faz seu exame de consciência: o talento sem produzir fatos relevantes não deixa marcas, não dá ares de saudades. Ele terá que correr contra o relógio para provar que seus atributos soldarão seu nome na engenhoca da história.

Outro dia, vendo a participação de Djalminha em um desses jogos festivos, fiquei matutando: esse cara, sem cerimônia, jogou a carreira no lixo! Ao bater um pênalti no tal amistoso o fez com a velha categoria, afinal ela não se perde, e fez o narrador ironizar: Que dificuldade para bater na bola! Logo pensei: Pois é, que dificuldade, mas o que ele conquistou em seus anos no campo? Para muitos, a principal recordação é a cabeçada que deu no técnico espanhol Irureta, que tirou sua chande de disputar uma Copa do Mundo.

Valdivia tem bola no pé. Já mostrou isso algumas vezes. Mas sua carreira até agora é mais interrogativa que afirmativa. É uma coleção de polêmicas e pouca efetividade em campo. No início do ano, porém, uma luz parece ter acendido na cabeça do palmeirense: Eureka! Diz ele que se cuidou à beça nas férias, fez exercícios e, como contou ao LANCE!, cortou os litros de iogurte que tomava em casa.

Valdivia, ao contrário de Djalminha e outras centenas de craques que viram a banda passar, ainda pode ser um protagonista de seu tempo. Ele não precisa deixar de lado sua irreverência, pois suas entrevistas são ar fresco em um meio de lugares-comuns. Mas precisa dedicar-se mais a seu ofício. O mais difícil, o dom de jogar, ele tem. Mas agora precisa injetar a tal da transpiração, pois ela decide o rumo.



  • Esse ano com certeza é o Verdão e do Mago Valdivia! Bora Palestra

  • Felipe

    Amigão, com certeza se o Valdivia quiser, ele joga muito. Agora só falta querer… Mas com Felipão, Tinga, Luan e Cia não dá, to cansado de ver nosso Palmeiras assim! Parece que tem algum esquema de venda de jogador, não é possível! Em que mundo o Tinga é melhor que alguém? Até admiro a disposição tática e o empenho do Luan, mas a qualidade dele com a bola é muito inferior a outros jogadores. Agora, já o Tinga… Esse não dá, ele não acerta um passe. E continua no time, graças a INCRÍVEL tática do Felipão. Observem bem a tática dele:

    O goleiro (óbvio), no papel, uma boa dupla de zaga (formada no momento por Leandro Amaro e Henrique), porém, o MONSTRO Thiago Heleno é joga muito mais que esses 2, e Leandro Amaro ou Mauricio Ramos, pra mim, tanto faz, não vejo tanta diferença. Porque pagamos tanto ao Henrique? Para mostrar um futebol que muitos zagueiros meia boca mostram, e não ganham o que ele ganha?

    OK, até então, ok. Agora vem nas laterais, dois laterais com um ÓTIMO poder ofensivo como Cicinho e Juninho, e ao assistir aos jogos do Palmeiras, percebo eles presos, como se não pudessem subir tanto. A dupla de volantes, Marcio Araújo e Marcos Assunção. Admiro o empenho do Marcio Araujo, mas como primeiro volante, ele perde INFINITAMENTE pro Pierre. Marcos Assunção, se aguentar correr, continua sendo um bom jogador e importante para o time.

    Aí vem a parte que mais me deixa indignado. Você monta um time do meio pra trás, defensivo, e do meio pra frente, ofensivo, mas que todos ataquem e todos defendam. O Felipão, tem a incrível capacidade de montar 9 dos 11 jogadores num esquema defensivo. Observem:
    Luan aberto pela ponta esquerda, fazendo um papel de ‘meia’. Mas, percebam que o Luan está mais tempo na defesa do que no próprio ataque. Em contra-ataques, acabamos perdendo alguns lances que poderiam se tornar boas chances, por não ter ninguém lá na frente, exceto o centroavante. Tinga/Maikon Leite pela ponta direita, atuando numa função exatamente idêntica a do Luan. Acredito eu que o Felipão dispõe os jogadores dessa maneira por justamente ter ‘medo’ de jogadores dos adversários ‘cairem na sombra’ dos nossos laterais, quando estes vão ao ataque. Aí está o porquê de um jogador de cada lado, jogando defensivamente e ofensivamente.

    Finalmente, no meio/ataque, Valdivia e Ricardo Bueno (em breve Barcos). Por favor, mandem esse Ricardo Bueno e o Fernandão para bem longe do Palmeiras, não dá! O Ricardo Bueno parece jogar de calça jeans, não consegue alcançar uma bola, e nem fazer um gol com as pernas. Fernandão, admito, o cara é um ogro em termos de tamanho/força fisica. Mas em questão de habilidade, ele tira nota 1~2.

    Vamos e convenhamos, torcedores alviverdes. Seria muito melhor para todos nós, se o Felipão escalasse o time com o Luan como segundo atacante, o Valdivia como um meia, e outro meia ao lado dele, para dividir a responsabilidade de criação de jogadas. Este meia pode ser Daniel Carvalho, Pedro Carmona, até utilizar um dos jovens da base, nos casos extremos. No ataque, Luan ou Maikon Leite – que não são lá essas coisas, mas também não são horríveis – acompanham o El Pirata, e por favor, necessitamos de um centroavante reserva para o Barcos, pois se ele se machucar, Ricardo Bueno, Fernandão, Vinicius, Tadeu… Não podem ter responsabilidade de fazer gols num time da grandeza do Palmeiras, pois não tem habilidade para isso.

    E um recado aos diretores: NÃO É SÓ PORQUE TROUXERAM O BARCOS, QUE NÃO NECESSITAMOS DE MAIS JOGADORES! NÃO ESQUECEMOS DAS NOSSAS NECESSIDADES!

    Abraços,
    Felipe

  • OLA GALERA MAIS UM CABEÇUDO SERA IGUAL AO CARLOS ALBERTO OU JOBSON FASER O QUE

  • Fogão sadio

    é isso aí. Valdívia não é craque e sim, um bom jogador. Em forma, sem lesões e voltado pro trabalho é um grande meia no futebol brasileiro. Só q é = o jóbson (vida loka, eu mereço), não pensa né…

  • reny

    Falou tudo. Djalminha foi um craque. Junto com Rivaldo, Müller e Luizão compôs um dos melhores ataques que o Palmeiras já viu. O time que fez mais de 100 gols num campeonato Paulista. Era muita maestria e eu acompanhei tudo isso. Uma verdadeira Academia de Futebol. Nos últimos tempos Valdívia e Kléber eram as esperanças de criar mais um ataque histórico, o que chegou a acontecer com o título de 2008. Mas, nessa volta, só decepções. O fato é que ele pode ainda se consagrar, conquistando títulos com grandeza. Este início de ano, com reforços, a equipe mostra um futebol bem melhor do que o do ano passado. Uma luz verde no fim do túnel.

  • Ricko

    Pois é, futebol e talento ele tem, só que cabeça no lugar e um time que ajude, é o que falta !!!

    Penso que se o Valdivia quiser jogar, sem se machucar, se focar e querer jogar tudo o que sabe, é um dos melhore meias do Brasil, tem um futebol acima da media …..

    No meu ver fica atras apenas do Paulo Henrique Ganso, e do Ronaldinho Gaúcho punhetero …

    De resto é mellhor que a maioria ai …. Montillo, Jadson, Alex, Danilo, Dalessandro, Douglas ….. a esses eu prefiro o Valdivia ….!!!

  • Roberto Verdão

    Não se iludam com o Palmeiras. Enquanto a diretoria contratar um jogador meia boca para cada posição, ficaremos decadas vendo nossos rivias levantarem titulos um atrás do outro. Enquanto conseguimos a duras penas contratar o Barcos, que não sabemos se é bom ou não, o Corinthians tem liedson, Adriano, Emersom, Wiliam, Jorge henrique e Elton, na minha opinião, todos os 6 são melhores que o nosso melhor. Acontece o mesmo no SP, tem luis Fabiano e quer trazer o Nilmar, trouxe o jadson, e já tinha o Lucas e o Cicero tb que é bom jogador. Dos demais nem se fala. Só fomos campeões quando tinhamos bons jogadores jogando e banco farto….
    Esqueçam, o palmeiras será piada por muitos anos ainda….comemoraremos algumas vitórias sobre os gambás, e bambis, nada mais que isso. No Paulista, temos 3 times melhores, Santos, corinthins e Palmeiras. Na Copa do brasil, Gremio, São Paulo, Botafogo etc….ou seja…caneco sabe quando??? Quando o Palmeiras voltar a pensar grande como sempre foi sua camisa….

  • Batistuta

    Que dó! 13 anos sem titulos!! se contentem em não cair novamente, ou atrapalhar o campeonato dos rivais!!! HAHAHAHA isso é o que resta para o atual time pequeno da porcada!

  • Não consigo entender essa implicância que vocês palmeirenses tem com o Luan.
    Eu divido que São Paulo, Santos, Corinthians, não queriam ter um “Luan” no time deles.
    Luan é craque, é seleção.
    Joga mais que o Valdivia.
    Não se machuca, não é de baladas, não se envolve em escândalos, é um jogador polivalente, corre pra caralho, marca muito bem diga-se de passagem, e se analisarmos ele comeõu 2012 muito bem. Ele quse fez um golaço ontem contra a Portuguesa com menos de um minuto de jogo. Se não fosse aquele goleirinho da Portuguesa…
    Se colocar ele de goleiro é arriscado ele jogar.
    Na minha escalação é “Luan” e mais dez.
    Até meu irmão que é sao paulino acha ele um bom jogador e queria ele no time dele.

  • re

    Leandro: -Menos amigo,Luan mais dez? Tá de brincadeira! Eu gosto do Luan sim, tem personalidade, nao se abala com vaias, nao tem medo de cara feia. Agora a dizer que ele é craque é muito né? É bom jogador sim, só peca nas finalizações. Se acertar o gol, vai ser idolatrado. Mas craque jamais!!!

MaisRecentes

Um Dérbi sob o signo da invencibilidade



Continue Lendo

Ceni e Mancini, vítimas de cartolas inconvictos



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo, uma máquina de obstinação



Continue Lendo