Barcelona e seu futebol Vick, Cristina



A bola é do Barcelona e ninguém tasca! Vez por outra eles concedem ao adversário o sabor de tocar nela para, pouco depois, roubar o doce da boca das ingênuas crianças. Tamanha é a voracidade dos azuis-grená pela esfera, que mal o rival sai jogando e eles já armam uma blitzkrieg para roubá-la. Sempre fazem isso, é verdade, o que talvez invalide o uso do termo alemão para guerra-relâmpago, pois os exércitos germânicos o faziam de surpresa. No caso desse estilo de pressão catalã, ele é previsível, porém inevitável. O oponente, diante da proximidade de quatro, cinco sujeitos de azul, enrola-se. E eis que a pelota já está em pés barcelonistas. Em pés, múltiplos pés, pois ela vai no toc-toc-toc-toc incessante. Dá para imaginar, na tela, milhares de desenhos costurados pelas trocas de passes intermináveis desses caras. Em um jogo são erguidas novas torres da Igreja da Sagrada Aliança. É um futebol Gaudí, de arquitetura caprichosa, sem um chutão, nem mesmo de quem não se deveria esperar muito esmero, tal um Puyol ou um Abidal. Puyol, aliás, nascido no berço dessa filosofia e cujo aspecto nos juraria tratar-se de Átila, o Huno, mas que enquadrou-se à perfeição na delicadeza do balet culezista.

Quem enfrenta o Barça acaba praticando outra modalidade que não o futebol: corrida de baratas tontas. São joões bobos na inglória tarefa de tirar a bola a quem de fato pertence. Todos saem com labirintite do gramado, tontos e derrotados. O Santos, sabemos, foi apenas mais uma vítima. Poderosos endinheirados, como Real Madrid, Milan e Arsenal, já passaram por essa experiência amarga. Não importa quem esteja do outro lado, a fórmula é a mesma, o enredo é repetido á fadiga. Sabem esses inventores que sua invenção é implacável, independe das criações alheiras. É uma orquestra em que não há um único maestro, há tantos, de tal forma que não apenas a bola é distribuida, mas a baqueta também vai de mão em mão. Muitos passadores, muitos organizadores, muitos velocistas…. Os outros são de fato os outros, não há distinção.

O Barcelona, que orgulha-se de ser mais que um time (é seu lema, Més que um clube, em catalão!), pratica hoje mais que um jogo. Em campo, aplica uma filosofia. Nela, a bola é tratada como rainha, digna de tratamento de luxo. Quando for ver o Barcelona, seja no sofá de casa, seja na privilegiada condição de espectador no estádio, pense em Scarlett Johanson e Rebeca Hall no filme Vick, Cristina, Barcelona, do Woody Allen. É um jogo de beldades, de calorosas delicias, de pura gostosura treinada. Saiba que em mais de 70% do tempo você verá um time único, uma exibição de perícia com a bola. Uma lição de disciplina e execução plena de uma ideia. Todos obedecem às ordens de não individualizar. Ninguém se arrisca a romper com a cartilha. O Barcelona é o quartel onde se aprende a embelezar o jogo. Azar do Santos que teve pela frente esse assombro! Sorte do futebol, que está vivendo talvez um capítulo inédito de sofisticação.



  • Daniel

    O Barcelona é teve 3 X mais posse de bola que o Santos e fez o dobro de faltas…rouba a bola com faltas na maioria das vezes, enquanto seus adversários ficam babando ovo. Parceia Brasil e França em 2006…o time brasileiro babando ovo pro adversário.

  • cosme

    GUARDIOLA PARA SELEÇÃO BRASILEIRA, o que falta no brasil é tecnico de qualidade,não de uns e outros que falam demais,são arrogantes demais,cheios de si,falam em esquema 3-3-2,4-4-2,esquema isto,esquema aquilo;papo furado,o que o barça ensinou ao santos,ao brasil e estes brasileiros que se dizem tecnicos, é que um grande time começa na base profissional evalorizada,que o jogo começa nos fundamentos,passes,cobranças de faltas,escanteios,cabeceios,posse de bola,marcação,foco,pegar se a bola e jogar para frente buscando o gol,QUE PARA ELES NÃO É UM DETALHE,sem firulas,sem dribles desnecessarios,chegar ao ataque em 3 toques,o que e o contrario de nossos tão inteligente tecnicos pensam.GARDIOLA PARA TECNICO DA SELEÇÂO

  • Belissima a lembrança deste ”belo” filme Woody Allen. O Futebol do Barcelona só não é mais bonito do que as atrizes do ótimo Vick Cristina Barcelona. Abraço!

  • welvin

    O barcelona parece ser o unico time do mundo a jogar futebol, os outros jogam o esporte da fifa. aquele esporte que manda fazer jogadores e depois vende – los, para assim lucrar mais, o brasil nos últimos 20 anos vem se especializando em vender garotos, ainda demenores para o futebol europeu, esquecendo de formar jogadores para si mesmo, pois aqui só fica os fracasados,
    a filosofia de lucrar a qualquer custo, domingo dos custou a vergonha de ver o nosso melhor time, com o nosso melhor jogador parecerem amadores, perto daquele futebol de toques rápidos e precisos com uma marcação implacavel. viva barcelona que ressusitou o futebol arte.
    aqui no brasil depois do tetra de 94, o que prevaleceu foi o futebol de força e marcação colocado em pretica pela dupla parreira e zagalo, dizia – se ou joga bonito ou joga pra vencer, besteira muita! tai o Barça mostrando que é possivel jogar bonito e ser campeão. VIVA BARCELONA!!!!!!!!!!!

  • radur

    Foi a vitória do trabalho correto, do planejamento, já imaginaram um técnico brasileiro jogar sem atacantes? Seria demitido. Na realidade o futebol brasileiro não assusta ninguém, se a seleção não assusta, imaginem os clubes. Vivemos a utopia da grandeza, achamos que nosso campeonato é o mais disputado do mundo, consideramos nossos clubes super times! E eles não são, falta ao futebol brasileiro o que sobra aos europeus, organização, planejamento..etc..etc..e mais alguma coisa, aqui dirigente aparece mais que atleta, aqui atletas antes na europa ganhando milhões fazem o que querem, exigem salários que os clubes nem em sonho conseguem pagar, estes mesmos atletas que preferem as noites, o chopp e tudo fica por isso. Aqui não vemos nenhuma evolução tática dentro das quatro linhas, nossos times não conseguem trocar 10 passes certos, técnicos mandam mais que o presidente da republica e mesmo assim somos O PAÍS DO FUTEBOL, ao menos é o que achamos, pois, ninguém no mundo acha isso de nós. O santos fez aquilo que dava para fazer, fosse contra o milam, o real madri, manchester unit o resultado seria com certeza a derrota, pois nossa realidade é totalmente diferente da europa, estamos parados no tempo e achando que somos os melhores do mundo, oba oba e vontade não ganham nada! e somos excelentes nisso, como torcedores, imprensa, tecnicos achamos que por sermos bresileiros tudo fica mais fácil quando o assunto é futebol. Hoje nem na europa temos grandes jogadores brasileiros, craques que em outros tempos enchiam os campos europeus, existem jogadores que se não são bons são medianos mas craques hoje não existe sequer 1 na europa. O neymar definiu muito bem o que foi a partida de domingo “TIVEMOS UMA AULA DE COMO SE JOGA FUTEBOL”. Ele sozinho não tem condições de ganhar um campeonato, assim como o messi não tem condições de ganhar sozinho. Temos que ser mais realistas, e mudarmos a maneira de ver o futebol brasileiro, no mundo do futebol fomos grandes, hoje, estamos ficando como coadjuvantes.

  • Everton Martins

    O que acontece é que nas categorias de base no Brasil, ao invés de dar a bola para os garotos aprimorar a parte técnica, se da aparelhos de musculação para ficarem fortes, pois aqui o primeiro critério para se avaliar um garoto nas peneiras, é a força física e a estatura.
    Por essas o outras que o Brasil não revela mais bons jogadores, salvo alguns como Neymar e Lucas.
    Semana passada, vendo o jogo do campeonato brasileiro Sub-20 entre Flamento e Cruzeiro, fiquei mto preocupado com o futuro do nosso futebol, pois só havia em campo garotos muito fortes, com mto vigor físico, mas sem técnica alguma, um festival de chutões e trombadas…Lamentável

  • domingo foi o dia ,o dia em que assistimos o verdadeiro futebol,quele da pranxeta,estudado visto e revisto varias vezes pelo tecnico nao se falou nada que messi ia arrebentar,que era melhor do sicrano ou beltrano,so entrou no campo e mostrou a que veio,sou timao mas sei reconhecer o talento do spfc do palmeiras(no passado) do flamengo e muitos outros porem nao da para dizer que o santos ia arrebentar e pura utopia,como e utopia dizer que ainda somos os melhores.temos que voltar no tempo e rever conceitos futebolisticos para volta a ser os melhores do planeta.

  • itoririr

    “O Santos, sabemos, foi apenas mais uma vítima. Poderosos endinheirados, como Real Madrid, Milan e Arsenal”

    Isso tudo é para tentar dizer que o tal do Santástico e o Neymídia não são apenas criações da imprensa brasileira da qual você faz parte? Já vi o Real tomar de 5 do Barça, mas em nenhum momento do jogo entrou numa roda de bobinho como o Santos.

  • Lúcido

    COMPLEXO DE VIRA LATAS

  • Tomah!!!

    Foi a primeira vez na minha vida que vi uma roda de bobo de 90 minutos!!!

  • AMILTON REGO

    PARECE QUE O BARCELONA CONSEGUIU TRANSFORMAR UM CAMPO DE FUTEBOL NUMA QUADRA DE FUTSAL: MUITA MOVIMENTAÇÃO ENCURTANDO A DISTÂNCIA, DIMINUINDO OS ESPAÇOS, SEMPRE COM UMA MARCAÇÃO AVANÇADA E CONTÍNUA. UM FUTEBOL PARECE QUE CALCULADO POR MATEMATICOS OU ENGENHEIROS, UM FUTEBOL EFICIENTE É VERDADE, MAS CHATO, TÃO CHATO QUANTO O FUTSAL ANTES DA CHEGADA DO FALCÃO AS QUADRAS. O SEGREDO É ENCONTRAR O FALCÃO PARA ESTE NOVO FUTEBOL E PARA MIM HOJE, TENDO UMA MELHOR ADAPTÇÃO E DISCIPLINA TATICA, ESTE FALCÃO É O NEYMAR. O ESTILO DELE E DE ALGUNS OUTROS JOGADORES COM GRANDE HABILIDADE, NÃO PERMITIRÁ TRANSFORMAR O FUTEBOL NO ANTIGO FUTSAL.
    VALE RESSALTAR QUE A NOSSA GRANDE DEFICIÊNCIA ESTÁ NA PARTE DEFENSIVA, POIS OS GRANDES “EXPERTS” DO NOSSO FUTEBOL, HORA OCUPANDO FUNÇÕES IMPORTANTES NA NOSSA BASE, PASSARAM UMA TRENA NA ENTRADA DOS CAMPOS DE FUTEBOL E ZAGUEIROS, PRINCIPALMENTE ELES, SE NÃO TIVEREM MAIS QUE 1,86M NÃO ENCONTRAM HOJE, ESPAÇO NOS CLUBES DE FUTEBOL, SEJA CLUBE GRANDE, MÉDIO OU PEQUENO. A FILOSOFIA É ENCONTRAR ALGUÉM COM CARACTERÍSTICAS DE PORTEIRO DE BOATE E TRANSFORMA-LOS EM ZAGUEIROS, SÃO COLOCADOS NA ZAGA, NA PRETENSÃO DE DESTRUIR JOGADAS OU JOGADORES, SAIR JOGANDO COM A BOLA? TÁ LOUCO? ALI NÃO É LUGAR DE BRINCAR, DIZEM: TECNICOS, DIRIGENTES ,JOGADORES , TORCEDORES E IMPRENSSA TAMBÉM. VAMOS EM BUSCA DE DEFENSORES CRAQUES DE BOLA, POIS DO MEIO PRA FRENTE NINGUÉM TEM TANTOS CRAQUES, COMO NÓS TEMOS.
    MAIS UM “DETALHE” MUITOS DOS QUE MILITAM NO FUTEBOL DE BASE, DIZEM: “AQUI NÃO FAZEMOS GATOS” (AS VEZES É ATÉ VERDADE, NÃO FAZEM), MAS DIZEM TAMBÉM: “SE VIER PRONTO….COMO VOU SABER?” E CINICAMENTE MATÊM EM SUAS EQUIPES, JOGADORES CLARAMENTE ACIMA DA IDADE QUE DIZEM POSSUIR. E O RESULTADO DISSO: GANHAM MUITAS COMPETIÇÕES, POIS NA FASE DE FORMAÇÃO 1,2 OU 3 ANOS A MAIS, FAZ MUITA DIFERENÇA. O PROBLEMA É QUE, QUANDO CHEGAM AO GRUPO DE PROFISSIONAIS, ESSA VANTAGEM SE DESFAZ E UM GRANDE CRAQUE NA BASE, MUITAS VEZES NO FUTEBOL PROFISSIONAL NÃO PASSA DE UM JOGADOR MEDÍOCRE.

  • Claudionei Pires

    MEU TIME E O CRICIUMA ESPORTE CLUBE ESTAMOS NA 2º DIVISÃO DO BRASILEIRO, ACREDITO QUE NOS TERIAMOS CONDIÇÕES DE GANHAR DO BARCELONA NO DOMINGO, O CRICIUMA NAO PARTICIPA DE RODINHA DE BOBOS E NEM ACEITAMOS SER CONVIDADOS PARA SERVIR DE JOGO TREINO COMO ACONTECEU COM O TIMECO DO SANTOS, OUTRA FAÇO UM APELO PARA O SANTOS PARTICIPAR DA SEGUNDONA EM 2012 PARA NOS FAZERMOS ELES DE BOBOS TAMBEM….

  • josé amorim

    o basil teve alguns times que talvez se equipararam ou se aproximaram do que é o barcelona de hoje – e falo de “hoje”, isto é, o time que vem jogando há dois ou três anos, mas houve outros barcelonas, não tão duradouros, como o de guardiola, laudrup e stoichkov, com romário chegando em seguida; o de ronaldo, o de rivaldo e o de ronaldinho… o vasco dos anos 40, o santos de 50/60, o botafogo dos 60, o flamengo dos 80, o são paulo de telê e o palmeiras de luxemburgo certamente praticavam um futebol próximo da catalunha. mas esse time culé é algo inédito, combinando o carrossel holandês de cruyff (este, o grande semeador da filosofia, enquanto jogador e depois técnico do barça) com o talento puro de jogadores como xavi, iniesta, fábregas, daniel alves (sim, ele é fundamental para o time, ao contrário do que ocorre quado joga na selação brasileira…) e, claro, messi. e ainda há os filhos de mazinho…

  • Leandro Silva

    Olá Bom Dia.

    TO aki pra mostra minha insatisfação de dizer que o barcelona, é um time que pensa no futuro e que seus jogadores são da base todos que essa filosofia vem de muitos anos, como dizem todos comentarista de colunista que estou lendo por aee… isso mostra como nossa impressa tem memoria curta, se vocês for buscar 15 anos atrás o barcelona viva na miséria sem titulos, ou vocês esqueceram que o barcelona era uma mini seleção holandesa com mais de 12 holandeses no elenco, cujo na epoca, so investia em jogadores jovem no qual não teve sucesso, ou vocês esquecera da fortuna que eles pagaram por: Fabio Rockembak, Giovanni ex cruzeiro, saviola, riquelme, cujo jogadores não vingaram, que nem vaga na copa dos campeões no fraquissimo campeonato espanhou onde uma vaga sempre tem que ser deles e do real por obrigação, quero lembra pra vcs jornalistas colunista que a mudança do barcelona veio com a contratação de ronaldinho gaucho, onde quando ele chegou o barça esta em 13º no campeonato espanhou onde ia fik mais fora de mais uma liga dos campeões e terminou em segundo lugar com a vaga na liga, o barça so cresceu mesmo nesa do ronaldinho gaucho, apos a saida dele entrou o pep guardiola com essa nova visão tatica, pois ele veio da equipe B do barça, e trouxe com ele iniesta, busquets, pedro, colocou messi pra jogar, e encaixou com xavi no meio cujo era o unico do tempo de desgraça do barça no final dos anos 90, que era da base… então parem de dizer que o barça é um modelo de varios anos atras, pois essa nova visão quem trouxe foi pep gardiola.

  • Cacau Show

    O primeiro comentário é sobre o termo “endinherado”. Vejam só que daqueles que estiveram em campo, apenas Mascherano, Daniel Alves e Abidal não foram formados nas categorias de base, então custo nenhum para formar o time “endinherado”. E por último, para os defensores do malabarismo improdutível no futebol, está comprovado que para jogar um futebol de altíssimo nível não é preciso dribles mirabolantes, pedaladas, chapéus, canetas, etc… O básico “Um, dois, não tá mais comigo” e a competência do verdadeiro craque em concluir a jogada em gol.

  • È o Leo disse q o barça nunca enfrentou um Neymar, é! e parece q o Neymar não entrou em campo.

  • Fernando

    Barcelona o caralho, p/ mim isso é sindrome de vila lata.
    Meu pau pode ser minusculo, mas prefiro gozar com o meu pau do que com o pau dos outros.
    Messi, pq ele não fez o que fez no jogo Argentina e Uruguai, ah pois lá estava um cara chamado Lugano, a bola passa, vc não.

  • Ouso dizer que esse time atual do Barcelona está entre os 10 maiores esquadrões da história do futebol. Nunca vi algo como vi domingo. A apatia e covardia do Santos ajudaram, claro… mas o jogo que o Barça demonstrou durante os 90 minutos foi constante, seguro, brilhante e admirável. É imensurável a alegria de ver esse time jogar, o futebol agradece por demais os comandados de Guardiola.

    Saudações do Tricolor Paulista.

  • Claudio Barto

    É realmente o Barcelona tem um time invejavel .. mesmo para os Europeus, se sem duvida vai ficar na historia este time.
    Quando o parreira fez este tipo de jogo com a selecao de 94 .. que tinha o Zinho que era o pivor dos toques de bolas.. todos brasileiros inclusive eu critiquei..pq nao tinha objetivo, faltava atacar pelas pontas, o time era lento..
    Enfim, hoje todos torcedores criticos e pessoal da imprensa acha lindo maravilhoso, mais esquecem que o Parreira implantou isso na Selecao, no Corinthians, logico nao ganhou todos os titulos, mais teve muito sucesso, claro nao da pra comparar os jogadores da epoca do corinthians com os jogadores do Barcelona, o time é uma constelacao onde todos brilham diferentemente do tal quadrado magico “Ronaldinho, Ronaldo, Kaka, Robinho”, onde um queria mais brilho que o outro, e pra vc ver que o Brasil ainda é referencia, o Guardiola disse que se inspirou no futebol brasileiro, claro aquele que tinha toques de bola, enfim o Barcelona é um time que veio pra marcar sua epoca, assim como os grandes clubes do Brasil, tiveram sua epoca, Santos, Sao Paulo, Palmeiras, Flamengo etc… só que o trabalho do barcelona é a longo prazo sem pressa, forma os jogadores na base com a mentalidade pra jogar desta maneira, porem convenhamos no Brasil falta muito pra ter uma organizacao decente, os meninos crescem jogando bola e pensando em jogar na Europa, la eles ja crescem europeus.. diferente do pobre garoto que tem que ralar pra conseguir se manter jogando bola, pegamos as historias dos nossos jogadores. a maioria garotos probres (Ronaldo Fenomeno, Romario, Robinho etc.. ) sao exemplos..
    O Messi creceu dentro do Barcelona, entao o sonho dele era simplesmente subir de categoria e nao jogar na Europa, o messi sem o Barcelona é um jogador normal, onde é barrado facilmente, podemos ver a Argentina.. pq ele nao é tao brilhante, o fato é que se vc joga com os melhores e todos tem a mesma mentalidade.. fica mais facil.
    Hoje podemos dizer que o Barcelona deu aula de futebol, que o Guardiola é o melhor tecnico do mundo, porem em um clube normal, nao teria metade de seu sucesso, quando o Muricy disse que daria 10 se ele ganhasse um campeonato Brasileiro, ele quis dizer que é facil quando se tem dinheiro e estrutura pra montar os times, é logico se o Barcelona viesse pro Brasil pra disputar o campeonato brasileiro .claro seria campeao facilmente, mais poe o Guardiola pra montar um time aqui no Brasil, em um time brasileiro.. daria dó.
    E muitos falam o futebol brasileiro nao é mais o melhor, claro pode nao ser o melhor, mais com certeza é o pais que cria mais jogadores, o Barcelona por exemplo tem Daniel Alves, Thiago que sao brasileiros
    Na Copa de 2010 a midia disse muito sobre a Espanha, porem pra mim o melhor time foi a Alemanha, a Espanha foi campeã fazendo menos gols que o Brasil, mais tinha toque de bola, haaaaa isso é lindo, é um time que joga com a bola no pé, ela vai de pé em pé.. mais nao fazia gols, tanto que foi protagonista de uma derrota historica.. pra um time que numca tinha perdido..
    e todos babaram quando ela foi campeã, quando o Brasil foi campeao em 94 com o parreira ganhando com diferenca de 1 gol, todos diziam que a selecao era aquele de 82, 86 que nao ganharam nada.. ficaram pra historia de melhor selecao como a Holanda (Laranja Mecanica), e assim ficaram sem titulos.. todo uma geracao de jogadores brilhantes sem um titulo mundial
    Por isso eu fico pensando.. vcs torcedores criticam tanto os times brasileiros, e enaltecem os da europa, porem esquecem de olhar pra si mesmos quando estao diante da TV ou no estadio assistindo a um jogo do seu time, quando o time começa a tocar a bola pra traz, atrasando a bola pro goleiro, quando nao passa ta metade do campo..todos ja gritam.. time de medrosos.. e tal, mais o Barcelona é bonito tocar pra traz, pro zaqueiro, pro goleiro, tomar a posse de bola com falta, pq é isso que eles fazem, se perdem a bola no campo de defesa, entao fazem falta pra parar o ataque.

    Acho que o futebol no Brasil precisa ser revisto sim, porem todos imprensa, torcedores tambem tem que rever seus conceitos, o Guardiola deixa seus comandados livres, nao precisam se concentrar, e o Muricy disse que no Brasil isso nao funciona, e ele tem razao, se nao concentra o jogador vai pra noitada uma noite antes do jogo, ai vem a bebida o alcool, e a noite mal dormida, pronto no jogo o fulando anda em campo, temos varios casos aqui no brasil, no flamengo os torcedores estao monitorando seus jogadores.. entao o Muricy tinha razao.. nao adianta mudar isso com os jogadores ja formados e ja com dinheiro pra gastar, isso tem ser feito na base, criando uma mentalidade diferente nos jovens jogadores.
    é isso senhores, sei que nao sou o dono da verdade, e posso ter falado um monte de asneira, mais é o que acho.

  • Jasse

    Tenho lido muito texto escrito por Brasileiros mas desta vez leio diferente.
    Sinto me muito bem em ler reconhecimentos de brasileiros, eh sinal de maturidade reconhecer a superioridade de um adversário, Neymar fez isso e muitos outros brasileiros o fizeram depois do jogo contra o Barcelona.
    Ja fui adepto do Brasil se tratando de futebol mas agora estou na Espanha e Barcelona, iremos ouvir e ver muitas discussões de que será o melhor do momento mas quando se joga contra o Barcelona, ate o adversário ganha orgulho e os jogadores, inconscientemente viram torcedores do Barcelona, uma orquestra que conta com um jogador que não aprendeu a jogar cá no planeta terra mas sim em algum outro lugar antes de cá estar. Na sua carreira, messi não fica elaborando novas jogadas, ele tem a dura e infinita missão de ir descobrindo as jogadas que ele possui. Alguém sabe que dribles ele poderá usar no próximo jogo? Claro que não. Nem ele sabe. Ele vai descobrindo e executando na hora.
    Sera ele um ser humano normal? Devia se fazer um estudo, algumas analises.
    Na minha opinião, ate o próprio Mourinho gosta de ve-loa jogar mas, aquele orgulho.

    Gostaria que o Brasil voltasse de facto a jogar futebol e, um conselho para meus irmãos Brasileiros, sei que alguns vao se exaltar por ter chamado irmãos: NÃO ACHEM QUE SÃO SEMPRE OS MELHORES NEM OS PIORES MAS TRABALHEM E OS OUTROS DECIDIRÃO. Nenhum relato andou ai dizendo que o Barcelola ia BOMBAR o Santos mas li muitos dizendo que Neymar vai chapar Messi, o proprio Neymar reconheceu.

    Vamos trabalhar, forca Brasil, muito empenho ai e nao sejam loja de jogadores, formem para vocês mesmos.

    Jasse (Moçambique)

MaisRecentes

Quanto valem Messis e da Vincis?



Continue Lendo

No bipolar Brasileirão, o futebol é obra inconclusa



Continue Lendo

Guttman, uma bela e vitoriosa trajetória



Continue Lendo