Seleção Brasileira de plástico



Eles descem do ônibus às pressas como se buscassem, afoitos, um bunker para se refugiar de perigo desconhecido. Fones cravados no ouvido, provavelmente em volume decibéis acima do recomendado por médicos, caminham cercados de brutamontes a resguardá-los de inimigos não identificados. Será que membros da rede terrorista Al-Qaeda podem alvejá-los, difamadores do Islã? Ou então algum clone de Lee Harvey Oswald, assassino do presidente norte-americano John Kennedy, estará à espreita desses homenzinhos para dar o tiro de misericórdia em seus peitos?

Cabelos esculpidos a quilos de gel, outros descoloridos, essa rapaziada bronzeada dribla os microfones com mais leveza do que o faz com zagueiros rivais. Estão imersos no mundo da fama, onde a imagem vale ouro e as palavras valem lata. Os discursos são enfadonhos, repetitivos, inundados em clichês. É tudo no automático! Parecem marcianos vivendo em meio a terráqueos. Eis a Seleção Brasileira de plástico, que tem pouca noção de realidade e muito look pra exibir.

Contra a Venezuela, país dedicado ao beisebol, tentativas vãs de fazer gols bonitinhos. Toquinhos a mais, chutes de menos. Após o jogo, discurso de quem vive no mundo da lua. Um após o outro depondo para loucos: jogamos muito bem, mas a bola não entrou. Ah sim, a culpa é da esfera, uma vadia!

A pergunta que me açoita é: será que tantas propagandas sobre milagrosos cremes de barbear e vantajosos planos de minutos pelo celular estão afetando a franqueza dos meninos? E as propostas reais e fictícias vindas da Europa estariam seduzindo os rapazes como sereias ao anoitecer? Difícil não ver a Seleção atual como um punhado de talentos que se vestem de amarelo para exibir-se em reality show.



  • Raphael

    o melhor texto que eu já li em um blog, perfeito!

  • Neto, ótimo o texto! E veja só, rapaz, não é que os caras preferem ver novela a assistir a um jogo de um possível futuro adversário? E ainda acham graça disso…
    Abraço!

  • El Loko

    Concordo com você Neto, ótimo texto.
    E Roberto você tem toda a razão, os jogadores acham “engraçado” assistir novela ao invés de assistir o jogo da Argentina e o pior é que algumas emissoras entram no embalo e ficam de brincadeira, o mesmo acontece com os torcedores que acham o máximo esse descazo com possíveis adversáios na próxima fase.

  • Sinezio Bernardo

    A mais pura realidade num belissimo texto.
    Parabens

  • milton

    Estou te aplaudindo de pé, belissimo comentário. Nada mais a acrescentar.

  • Luis Augusto

    Parabens a melhor materia de blog que eu li até hj.

  • barbosa

    Belo texto.Parabens ,voce e um dos poucos jornalistas que veem o obvio,comparam promessas com craques ja consagrados depois de 15,20 anos de futebol.O craque nao aparece do dia pra noite,todo jogo ele tem que matar um leao,apredam…….

  • sandro barony

    nós é que se passamos de bobos esses caras não está nem ai pro futebol e conseguentemente pra gente que na verdade pagamos esses salarios absurdos pra eles se lixarem e só querem saber de farras,mulheres(prostitutas),se aparecer de bom moço e aqueles cabelos horriveis.parei c/ esses caras………..

  • Aroldo

    Pois é… até parece que a imprensa brasileira não tem nenhuma parcela de culpa nisso, né?

  • PAULO GAMA

    É o ciclo da vida, infelizmente temos que aturar essa molecada que joga mais para midia e seus interesses pessoais. Europa, euros, mulheres bonitas, visual faschion é tudo que lhes interessam no momento. Futebol é apenas um detalhe.

  • ricardo ribeiro

    PARABÉNS PELO TEXTO , MUITO INTELIGENTE.

    VOCÊS NÃO ACHAM O ALEXANDRE PATO UMA TREMENDA ENGANAÇÃO?

    NA FINAL DO MUNDIAL QUANDO JOGAVA PELO INTER RS ENTROU FEZ ENBAIXADINHAS COM O OMBRO E FOI CONSIDERADO CRAQUE . FOI VENDIDO AO MILAN E FAZ MINGUADOS GOLS , DE VEZ EM QUANDO.

    MUITO BAIRRISMO DO MANO MENESES GAUCHO .
    E OUTRA, ANDRE SANTOS NÃO JOGA MAIS QUE O ADRIANO LATERAL DO REAL MADRI DE JEITO NENHUM!
    PEÇO QUE PENSEM SEM CORINTHIANISMO.

  • Bárbara Zanetti

    Parabéns pelo texto! Descreveu muito bem a reaidade que vive o futebol brasileiro. Ou, se formos mais além, a realidade da juventude de nosso país, meninos que vivem com a cabeça nas nuvens, deslumbrados com 15 minutos de fama e sonhando em ganhar milhões na Europa, sem realmente, merecê-los.

  • milton

    sou corinthiano, e penso como você Ricardo Ribeiro, o André Santos é um jogador comum, Marcelo do Real Madrid, merecia uma chance…há outros bons laterais esquerdos no Brasil, mas guardando as devidas proporções…pois o melhor Lateral esquerdo que vi jogar esta parando (Roberto Carlos), e a grande lenda Nilton Santos, não pode voltar a ser jovem, infelizmente…

  • Fernando

    concordo 200 % do que foi escrito por vc Neto..
    ééé tudo marketing a seleção virou produto comercial msm..se aproveitam da paixão pelo esporte pra cocolocar interesse pessoais e futeis..toh torcendo mto mto msm pra ñ passar da primeira fase..e se passar ser eliminado por um Honduras da vida..

  • Rodrigo

    Parabens esse foi um texto escrito com propriedade, esses caras nao estam vestindo devidamente a camisa da selecao brasileira, empatar com a Venezuela e algo impensado e achar isso normal e pior ainda. Como faz falta ver um Romario ou um Ronaldo no ataque. E concordo com o Milton o Marcelo e muito mais jogador o Andre Santos si acha craque, paresse que esta jogando de pantufa.

  • TYLER

    Excelente texto. Porém não podemos reclamar, pois eles são reflexo de nossa sociedade, saíram de nosso meio.
    São pessoas como outras tantas, sem acesso a educação, cultura e que muitas vezes viviam à margem.
    Não estou defendendo o modo como os jogadores agem, só contrapondo que não esperava nada mais que isso. Dominados pela Rede “Grobo”, lobotomizados pela cultura do “quanto mais consumo, melhor eu sou”, geração indolente.
    Se o poder transforma e fascina mentes consideradas preparadas, o que dizer de garotos despreparados e muitas vezes com QI similar a de uma ameba?
    Nada mais que estupidez, ignorância e arrogância.
    Pensem nisso.

  • MARCIO SAMPAIO

    Excelente texto, pena que esses “homenzinhos” de plastico não cheguem a ler, pois como eles mesmos afirmaram, preferem assistir novela, fazendo jus qualidade do futebol apresentado contra a Venezuela.

  • Rodrigo

    Temos tanta coisa muito + importante pra fazer do que no preocuparmos com Neymar e cia.
    Tenho 2 filhos preciso me preocupar com o é realmente importante a educação deles e formação, porque esses jogadores são um bando de mau exemplo para sociedade.

  • Paulo Ogeda

    Parabéns pela clareza das palavras!
    A vários anos a Seleção Brasileira não encanta e não tem carisma e devido a esses fatores sou mais um torcedor frustrado que não fica mais na frente da TV para ver os jogos do time do Mano Menezes.
    Seleção 100 % marketing , jogadas sujas da CBF nos bastidores e “ao vivo” e jogadores que são estrelinhas…
    Tô fora

  • André

    Uma vez me contaram que o famoso Nelson Rodrigues fez referencia a selecao brasileira como a “selecao de pes descalcos”, que dava do de ver jogar bem e nunca ganhar (referindo-se a epoca pre-Copa de 1958 e pos derrota na Copa de 1950)… Tudo bem, de la pra ca muita coisa mudou… mas, nao sao os mesmos pes descalcos que continuam a nutrir a nossa ilusao de ser campeao de todo torneio que disputamos? Sera que alguem esqueceu de lembrar a esses pes descalcos que continuam sendo pes descalcos, por mais que usem tenis de marca, gel no cabelo ou falem por celular? Afinal de contas, somos ou nao somos, ainda ganhando 5 copas do mundo, um bando de pes descalcos?….

    PS.: “Valdomiro, excelente post!”

  • ANDREY

    texto brilhante…
    Os clichês são os piores…
    Não dão uma entrevista sem eles
    é terrivel … são jogadores sem alma…
    seleçao da nike é terrivel

  • Ricardo Aguiar

    O trabalho está apenas começando.
    Críticas são importantes, mas bastará algumas vitórias que as opiniões da imprensa e do torcedor mudam rapidinho.
    Ou ñ foi assim com o Felipão?
    Antes da Copa o cara era isso e aquilo (ñ convém nem citar).
    Depois da Copa virou gênio, um dos gdes técnicos do futebol mundial!
    Como diz o Muricy; “o negócio é trabalhar, pq se for dar ouvido a gente acaba perdendo a linha!”
    Eu acredito no Brasil e prefiro fazer o caminho inverso da era Dunga; “perder tdo agora, mas ganhar a Copa do Mundo!”

  • Ronaldo

    Muito bom,até que fim alguém fala o real do nosso futebol

  • Marco Lima

    Verdade. Graças à cumplicidade da mídia nacional. A mídia que é responsável pela criação desses “ídolos” e leva o dela nesta “bolsa mercadológica” infame. O Neymar quer ir embora? Que vá! Assim toda a máfia que está em volta do “produto da mídia” vai ganhar o seu e ele pára de enganar a torcida. E o Brasil, o tal de “celeiro de craques” que ache um novo substituto para repor na prateleira. É a força da grana que ergue e destrói tudo.

MaisRecentes

Galeano e o espírito do hooliganismo na Libertadores



Continue Lendo

Dérbi de Milão no almoço para chinês ver



Continue Lendo

Santos no divã: hora de encarar a dupla identidade!



Continue Lendo