Messi sofre com as passionalidades de seu povo



Fez a fama, mas nem cogite deitar na cama! Messi, ano após ano, nos enche os olhos com futebol estonteante no Barcelona. Todas as noite de domingo os programas repetem às exaustão pilhas de golaços seus. Já na sua seleção pátria, à qual cismam dizer que não tem apegos maiores (foi muito cedo pra Espanha, por pouco não jogou nas bases de lá…), as maravilhas não se repetem. Não que ele jogue mal pela alviceleste. Na Copa da África do Sul mesmo deu umas arrepiadas, só que a bola, caprichosa menina, cismou em não entrar. A questão é que La Pulga instalou-se caninamente atrás das orelhas hermanas. A razão principal é patriotada pura, assunto no qual os argentinos são escolásticos: Precisa repetir o que faz na Catalunha quando defende as cores das tais Províncias Unidas do Sul, como canta o milongueiro hino.

O rescaldo do sem sabor empate com os brigadores bolivianos anuncia isso. Jornais locais cobram o camisa 10 em tom irônico. O Olé, diário esportivo conhecido por seus chistes, perguntou: Y dónde está Messi? Ora, ora, ora, esteve em campo, lutou, driblou, mas o fez em meio a uma nulidade de esquema tático do senhor Batista. A seleção argentina é uma bagunça institucionalizada. Um amontoado de classudos jogadores do meio para a frente que zigue-zagueiam sem lenço, sem documento. Tudo bem que o cara é uma pulga, mas mesmo as mais tarimbadas não podem pular sem que o cão se coce.

Tanto Messi fez um bom jogo, principalmente no primeiro tempo, que recebeu o prêmio concedido pelos hinchas, esses fervorosos das arquibancadas argentinas, como melhor em campo. Só que no Barcelona a produtividade cresce porque o time é uma engrenagem perfeita, onde todas as peças estão articuladas. Nas trocas entre Iniesta, Xavi, Messi, Villa e companhia posicionamentos se dão por música. Já no time de Batista, a incoerência dá o tom. Contra os bolivianos vimos Tevez, Messi, Rojo ocupando o mesmo espaço, enquanto havia buracos enormes do outro lado. Aí dificulta! Messi é um talento, mas não é Merlin, o mago da turma do Rei Artur, que com gesto simples faz as coisas fluirem. Os gênios da bola devem fazer do improvável algo real, não há dúvidas. Mas mínimas condições devem ser dadas a eles. Com a entrada de Aguero, outro virtuose, as coisas melhoraram um pouco. Messi parecia mais acompanhado, consolado na bola e na dor. Mas ainda foi insuficiente.

A tolerância dos compatriotas com Messi é baixa e a explicação escapa à razão. Ela está baseada muito mais nessa faceta meio estrangeira do menino, que, franzino, foi ganhar corpo na península Ibérica. E, no inconsciente coletivo da pátria do tango, é imperdoável a alguém dar mais leite para os outros que para os seus. Na tradução, eles acham uma espécie de trairagem do jogador fazer do Barcelona cada vez mais famoso e na sua seleção não produzir com a mesma robustez. Isso é entendido como desapego, desinteresse, e não como falta de condições para isso. Emocionalismo puro! Como é muito bem dotado tecnicamente, o rapaz pode ter lampejos e levar a Argentina a um título que não conquista há 18 anos. Porém, após o debute a impressão é que o lengalenga seguirá: Messi é um talento do Barcelona, mas na sua seleção é um fiasco. Futebol, a sala das injustiças eternas!



  • Jones Santos

    Pipoqueiro!!!
    Pra Cima deles Neymar…..

  • milton

    Quando o Messi fizer uma grande copa do mundo (não precisa ganha-la), ele entrará para o rol dos inesqueciveis, por enquanto é um extraordinario jogador de clube. Cruyff não ganhou uma copa, mas ajudou, mas com aquela base fantastica do ajax dos anos 70, revolucionou pela ultima vez o mundo do futebol, se Messi fizer algo do tipo, esta de bom tamanho.

  • Vander

    O grande problema é querer comparar Messi à Maradona…

    Messi nunca vai ser Maradora!!!!

    ele é cracão mas, compará-lo a Maradora é demais..

  • Edmundo

    É o melhor jogador da segunda metade da década, já escreveu seu nome na história, porém nem pelé conseguiria algo na nossa seleção, se fosse tão mal acompanhado, como o messi é na argentina. Que ele prossiga nos encantando por muitos anos com seu grande futebol, quer no barça ou na seleção.

  • Marcos Rodriguez

    Não acho que seja a passionalidade do povo argentino que fazem Messi sofrer na mão dos argentinos quando o melhor do Mundo vai defender sua seleção. Ele sofre com a falta de qualidade. Apesar do elenco da Argentina ser bom, não mostra um futebol tão bom quanto no Barcelona, por isso ele sofre. Ontem, Sérgio Batista colocou o time no 4-3-3… Os 3 meias da Argentina eram volantes: Javier Mascherano, Banega e Cambiasso. Agora, vê se alguém consegue jogar bem quando se tem 3 volantes no meio de campo para armar o jogo se a bola não chega com qualidade?? Não tem como… Dí Maria e Pastore entrariam fácil nesse time. A Argentina tem que ser escalada no 4-1-2-3… Romero, Zanetti, G. Milito, Burdisso e Rojo; Mascherano, Javier Pastore e Dí Maria; Messi, Aguero e Tévez…

  • Os hermanos estão apenas esperando uma conquista de Messi com a camisa albiceleste, para catapultá-lo a condição de maior futebolista de todos os tempos. Para eles, o número 1 é Maradona, o 2 é Di Stefano, o 3 é justamente Messi, o 4, 5, 6, 7, 8 e 9 outros argentinos, aparecendo Pelé apenas em décimo lugar.

  • magno

    Para acabar com essa lenga lenga, digam a fifa que houve um erro e na verdade o Messi e brasileiro, portanto deve jogar com a Amarelinha, e coloquem ele no lugar do Robinho, ai quero ver alguem ganhar do Brasil…..perguntem ao Mano se ele nao encaixaria como uma luva no esquema da selecao….o Brasil pode ate nao jogar bem , mas pelo menos tem esquema, inclusive tatico!!!!

  • leo

    Lamentablemente Messi no tiene compañia en el equipo, baja mucho para agarrar la pelota y eso no sirve. Necesita un socio como Pastore. Es el mejor sin dudas y es una pena que no pueda demostrarlo en la selección Argentina.

  • EMERSON

    Quem compara Messi a Maradona nao entende de futebol…Pele e Maradona são de outros planeta!!!!

  • danilo

    MESSI PIPOQUEIRO!

    VAMOS BRASIL, PRA CIMA DOS MARICONS ( TA BOM Q A FINAL PRA MIM VAI SER BRASIL X URUGUAI)

    QUEM JOGA NO BARÇA EH O XAVI E O INIESTA… MESSI EH PIPOCA…

    QM JOGO NO TIME JOGA NA SELEÇÃO….

    NEYMAR DIZ BEM!!!

    E HJ ELE VAI HUMILHAR CONTRA A VENEZUELA

  • EMERSON

    E OUTRA NAO TEM ESTA DE ELENCO…CRAQUE E CRAQUE E DESEQUILIBRA SOZINHO..QUANTAS VEZES RONALDO, RIVALDO..DESEQUILIBRARAM…

    E O ZIDANE QUE LEVOU A FRANCA NAS COSTAS SOZINHO EM 2006?

    MARADONA GANHOU COPA SOZINHO….

    O CARA QUE E CRAQUE FAZ A DIFERENCA E PRONTO NAO TEM ESSA DE ELENCO NAO

  • El Loko

    Messi passa por uma situação semelhante “a que viveu Ronaldinho Gaúcho. Ambos eleitos melhores do mundo pela Fifa, jogando de forma incrível pelo clube, mas não rendendo nada do que se é esperado na seleção nacional. Não há muita explicação para isso, mas acredito que o motivo seja a forma diferente de jogo, além da diferença entre os jogadores da seleção, que apesar de “bons”, não conseguem trabalhar em conjunto, de maneira em que o Messi consiga jogar como o esperado dele.

  • Edwin Perez

    Colunista Valdomiro, Messi é craque. Agora é necessário ele fazer isso dentro da sua seleção, Na Alemanha, um cara que o conhecia intimamente, o Pekermann não o escalou como titular, se não me engano passaram depois Basile, Maradona e agora Batista e com TODOS ele não rendeu. Creio que todos os técnicos tem a sua parcela de incompetência, mas e o jogador? Você não precisa defender com unhas e dentes que Messi é craque, todos nós sabemos, mas ir além disso é ter entendimento do jogo, das suas nuances e por ser coletivo ter uma ascedência sobre os companheiros de equipe, quando todos sabem quem pode mais. Zidane fez isso com a França, levou uma seleção sem nenhuma tradição a duas finais de Copa, Cruiff também, se bem que na segunda foi a sua alma que levou já que não estava presente. Hoje França e Holanda são vistas de forma diferente por causa deles. A Argentina já era gigante antes de Messi, o que facilita o trabalho dele. Se Messi não se impõe sobre seus colegas, ou se precisa ser tutelado em campo como o é no Barcelona, ficará difícil que isto aconteça. Maradona foi gênio por fazer seus cologas jogarem: Valdano, Burruchaga, Canniggia (bons jogadores, muito longe de serem craques) Agora Messi não consegue isso. Há tempo, há muito tempo para isso, mas ele precisa ganhar a Copa América e o Mundial de Clubes, o detalhe é que tanto no Brasil como no Santos há um garoto que não pede licença, tem ascendência sobre os colegas e está se desenvolvendo de uma maneira impressionante. Na copa américa e no mundial de clubes, torça por Messi, ele irá precisar da sua torcida.

  • Fernando

    O Pelé foi jogar no New York Cosmos e pastou muito até ganhar um campeonato depois que contrataram o Carlos Alberto Torres e o Beckenbauer pra ajudar um pouco. Sozinho, ninguém ganha nada no futebol. Esse técnico Batista é um fanfarrão. E acho que existe um tremendo preconceito dos hermanos contra os argentinos que jogam no Brasil. É só tirar qualquer um desses cabeça-de-bagre (Mascherano, Cambiasso e Benega) e colocar o D’Alessandro, o Conca ou o Montillo pra fazer o meio. Libera o Messi pra fazer o que quiser. E tira o Tevez do time, porque ele tá jogando só com o nome há muito tempo.

  • FLA-HEXA

    E siga la pelota…..

  • naamãm SANTRISTA.

    O MESSI TEM QUE JOGAR É NO BARÇA MESMO, PORQUE É O BARCELONA QUE PAGA O SEU SALÁRIO E NÃO A AFA E DIGO O MESMO PARA O MEU NEYMAR ELE TEM QUE LEVANTAR TAÇAS É PELO SANTOS MESMO, EU NÃO VEJO A HORA DO BRASIL SAIR FORA PARA ELE VOLTAR PARA O SANTOS, A SELEÇÃO HÁ ANOS NÃO TEM MAIS IDENTIDADE COM O NOSSO POVO SÓ A GLOBO QUE AINDA INSISTE NISSO.

  • O MESSI SOFRE COM ISTO EO NEYMAR COM EXCESSO DE DINHEIRO

  • LA PERGUNTA QUEM EX PIOR MESSI OU NEYMAR

  • Ernesto

    Pelé, Romario, Ronaldo fueron grandiosos jugadores, pero Robinho, Pato y Neymar están muy lejos de aquellos y por supuesto muy lejos de Messi que, aún con bajo rendimiento en la selección, es muy superior al tridente brasileiro. Veo mucho más probable la recuperación de Argentina con Messi, que la de esta pobrísima selección de Brasil, que todavía no pudo reemplazar al pecho frío de Robinho.

  • Fred Ferreira

    O Messi, pra ser considerado gênio, como acha o “brilhante jornalista”, precisa jogar alguma coisa, em algum outro lugar que não seja só no Barcelona.

    O cara nunca jogou nada na sua seleção, nunca jogou em outro clube e virou gênio ? Isso é pura chupação de ovo. Impressionante, jornalista brasileiro sertiete de jogador argentino, que nem o prórprio povo ainda reconhece. Deixa o cara mostrar primeiro o seu verdadeiro valor, pra depois você babar o ovo bastanre como você gosta…..

MaisRecentes

Quanto valem Messis e da Vincis?



Continue Lendo

No bipolar Brasileirão, o futebol é obra inconclusa



Continue Lendo

Guttman, uma bela e vitoriosa trajetória



Continue Lendo