Uma noite para os sonhos de Neymar



Não deve ter sido uma noite de sono tranquilo. Revirando-se para lá e para cá, desmanchando o moicano, Neymar deve ter passado por sonhos picotados, no dorme e acorda que a ansiedade provoca. Talvez tenha levantado para beber água, ligado e desligado seus milhares de aparelhos eletrônicos, zapeado os canais e contado minutos no relógio. Chega logo, vai!

Aos 19 anos, ainda com o rosto pipocando de espinhas, ele tem a América do Sul sob seus pés. Sabe que conquistar a Libertadores hoje é eternizar-se na história de um clube mítico. Até agora, só uma geração santista chegou a esse patamar, a geração de ninguém menos que Pelé. Tanto que nos idos dos anos 80, torcedores rivais chacoteavam santistas com os gritos de: “Pelé parou, o Santos acabou!”
Mas o Santos não acabou, bem sabe Neymar desde 2002, quando, impúbere, tinha os olhos rutilantes ao ver Robinho pedalar gostosamente. Ali já sonhava, como nesta noite, em ser protagonista desse ressurgimento.

O próprio Robinho, um ano depois, desperdiçou essa chance. Lembrando disso, Neymar então pode ter decidido não dormir mais, adiando o sono para depois da glória. Tomou um banho, passou quilos de gel nos cabelos e olhou da janela a Paulicéia Desvairada. Ou então, foi remexer na caixa de cartas de fãs, distraindo-se com as paixonites adolescentes.

No café da manhã é que tudo começa e o horizonte se abre. Entre sucos de laranja e pães com manteiga, a jornada de Neymar da Silva Santos Júnior se desenha. Destino: estádio Paulo Machado de Carvalho. Palco melhor não há. Lá se deu sua estreia pelo Santos e lá conquistou seu primeiro título profissional, o Paulista de 2010. Hoje à noite, os sonhos picotados devem virar realidade pulsante!
Desde 2002, quando via Robinho pedalar, Neymar sonhava viver esse momento.



  • Victor Dunstan

    O sonho vai ser o mesmo do jogo passado,nada viu,nada fez…só faltou sair chorando!! jogar no brasil,com times daqui é fácil…quando jogou lá nos EUA,por exemplo,fez nada no jogo…rss!! Vai ser o mesmo que o Robinho,vai fazer nada no Real,e sair por aí só faturando$$..ta bom né!!?

  • para o victor dunstan

    Deve ser corinthianu, né….tomou aquele frango na final…gol dele….deve tá doendo ainda..rssss

    neymar carregou o santos na libertadores amigo,acorda! a inveja é fda!!!

  • Nilson

    Tem torcedor que não vê nenhum craque nascer em seu time e tem uma inveja danada do SANTOS que já teve os melhores jogadores do mundo, e acima disso o “atleta do século”.
    Depois disso só para citar alguns :
    Pita, Robinho e agora Neymar e Ganso que se não foram e nem serão os melhores do mundo, sempre estiveram e estarão entre os 10 primeiros melhores do mundo.
    O SANTOS vende jogadores para o que vcs dizem o primeiro mundo do futebol, Inglaterra, Itália, Espanha e os craques de outras equipes na maioria vão para a Ucrania, Arabia, Japão, enfim a diferença é grande.
    Quando dois ou três dos maiores clubes do mundo brigaram por estrelas de algum time brasileiro a não ser do SANTOS, como fazem agora Milan, Real Madrid e Inter de Milão por Neymar ou Ganso, sem falar do Chelsea ?
    Então sofram os que não forem santista.

  • eu te amooo

  • Stéfane

    sonha com migo vai neymar

  • Stéfane

    eu te amooooooooooooooo muitoooooooooooooooooooo. Mais que tudo nessa vida I LOVE YOU VERY(eu amo você muito)

  • Jhully dos santos silva

    EI BANDO DE GENTE Q NAO TEM O Q FAZER PARAM DE FALAR MAL DO NEYMAR,ISSO COM CERTEZA É INVEJA…MANO TE ENTOCA O NEYMAR NAO LIGA PRA POUCA COISA E MUITO MENOS PRA PEDAÇO DE MERDA!!!!!!!!!!!!!!!!!SE VC NAO SABE O NEYMAR É O CARA MAIS LINDO DO BRASIL.VC NAO SABE Q INVEJA MATA MEU BM?FIQ SABENDO AGORA SE EU VER MAIS UM COMENTÁRIO CONTRA O NEYMAR EU VOU PINTAR O KRALHO NESSA PARADA MORÔ?TE ENTOK FINGE Q O NEYMAR NEM EXISTE,TAMBEM COMO VAI ESQCER SE MORRE DE INVEJA DO NEYMAR RSRSRSRS!!!!!!!!!ASS:MEGA JHULLYZIINHA 3D!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • eai o neymar é o primeiro cara mais louco e eu sou o segundo ta ligado é nois moleque

MaisRecentes

Neymar, entre a guilhotina e ‘la vie en rose’



Continue Lendo

Do ‘gênesis ao apocalipse’, Felipe Melo tropeça no verbo



Continue Lendo

Um Dérbi sob o signo da invencibilidade



Continue Lendo