E o Nobel vai para o…. Paulistão!



O Paulistão arrastou correntes por três meses. Pare pra pensar, arguto leitor! Foram três meses de jogos desinteressantes. Foram 19 exaustivas e soporíferas rodadas, meio Brasileirão, portanto, para definir que 40% dos times estavam classificados para o mata-mata. E agora, em partidas solitárias, em condições quase iguais (exclui aqui o terreno de jogo), metade deles será ejetado após 90 minutos e, talvez, uma série alternadas de penalidades. Brilhante! Inovador! Digno de Nobel das Fórmulas de Disputa!

Nunca antes na história deste país os últimos tiveram tanta chance de ser os primeiros, heim, companheiro Lula? Ironias à parte, impossível não ajudar a fazer do Paulistão a Geni dos campeonatos. Pedras e cuspes em uma fórmula assim é o mínimo que se espera para que o bom senso não vá morar embaixo da ponte. Na verdade, essa criatura gestada pela Federação Paulista, com o devido referendo dos presidentes de clubes, merecia ser agraciada com o IgNobel, sátira que premia as invenções mais bizarras do mundo.

Fico aqui pensando nas reais intenções da cartolagem com tal engenho. Chego a cogitar que tenha sido um experimento científico para testar a reação de jogadores e técnicos dos times grandes em situações extremas. Sabedores de que a classificação era barbada, disputaram a primeira fase relaxados, tranquilões. De repente, após semanas de enfado, têm de se deparar com tensão absoluta: em um jogo, é tudo ou nada! Choque emocional total. Os resultados do teste com as cobaias podem dar ao Paulistão enfim um Nobel



  • Quincas Borba

    Comentei um texto de vossa senhoria há algum tempo, em que dizia que a linguagem utilizada por você para falar com torcedores de futebol eram um tanto quanto difícil. Hoje volto nesta coluna e vejo que a situação é a mesma. Palavras como “soporíferas” e “arguto” fazem o leitor parar e pensar: isto é uma coluna sobre a fraca organização do Campeonato Paulista ou um pergaminho do século XVIII?

    Aliás, um torcedor de futebol (leia leitores do jornal LANCE) nem sabe que existe a palavra pergaminho. Veja, não é discriminação ao leitores, é apenas uma constatação. Se o senhor estivesse escrevendo o editoral do Estadão, por exemplo, que é um jornal conservador, com certeza poderia usar palavras até mais complicadas.

    Ah, outro fato que pode ser comentado é a referência a Geni. Eu, por ser professor universitário e apreciador de uma cultura um pouco mais enriquecida, sei que o senhor se refere a uma música de Chico Buarque. Mas faça uma enquete entre seus leitores desta coluna sobre quem entendeu o que quis dizer com essa metáfora ou mais: quem conhece a música. Então, verás que quem lê o LANCE ouve de pagode para baixo.

    Enfim, não quero ser chato e muitos menos dono da razão, arguto colunista (perdoe-me, não podia perder a piada). Mas acho que deveria rever o seu público-alvo.

    Em tempo, escreves muito bem.

  • Mauricio

    MANO VCS NÃO PENSAM NOS TIMES PEQUENOS…

    CAMPEONATO PAULISTA NÃO É PARA SEMPRE OS GRANDES GANHAREM….

    TODO MUNDO ACHA LINDO O CARIOCA… MAS SEMPRE DA OS GRANDE…. QUE GRAÇA TEM???

    PENSA QUE NESSE TIPO DE FORMATO A NOSSA MACACA TEM GRANDE CHANCE DE PODER SER CAMPEÃ…

    O POBRE DO OESTE PODE ELIMINAR O TODO PODEROSO CORINTHIANS…

    TEM E MUITA GRAÇA ESSE CAMPEONATO….

    EXCETO PARA A IMPRENSA COR DE ROSA DE SÃO PAULO….

    QUE GOSTA DE PONTOS CORRIDOS, PQ SÓ ASSIM OS BAMBIS GANHAM

  • lucio

    Acho que o paulista deveria ser formado em quatro grupos de quatro ou cinco times, classificam dois de cada grupo o ultimo de cada grupo é rebaixado e por ae vai…seria masi emocionante e rapido

  • Lucas P9

    São Paulo ganha pontos corridos porque é competente…aliás, 3 Libertadores e 3 Mundiais foram em pontos corridos? Vai chorar na cama que é lugar quente…

  • Janio

    Caro Mauricio .. vc disse que o são paulo só ganha campeonatos por pontos corridos … então as 3 libertadores e 3 mundiais interclubes mudaram de formula e eu nem percebi … isso é inveja..

  • MAURIcio

    Ganham pq os timem de fora do brasil temem o sao paulo…

    Agora e contra times brasileiros… 6 eliminações seguidas em libertadores…

    TIME DO SAO PAULO NO BRASIL NAO BOTA MEDO EM NG… ISSO É FATO….

    GANHARAM 3 BRASILEIROS MATA-MATA, EM CIMA DE TIMES PEQUENOS (PQ O ATLETICO É PEQUENO)…

    NÃO GANHA DE NG AQUI….

  • Maurício, não discordo da fórmula do mata-mata. Entretanto, pra que desperdiçar 19 rodadas para chegar a uma fase na qual praticamente não há vantagem alguma para os melhores colocados? Poderiam dividir em dois grupos com 10 times e fazer um mata-mata com partidas de ida e volta (dando chances para ambos os times).

    Agora, pontos corridos são fruto de regularidade, e o São Paulo é o que melhor representa isso. Além disso, a Libertadores e o Mundial também são mata-mata. E o São Paulo ganhou ambos por três vezes.

  • sandro barony

    vcs não sabem de nada quem tá tirando onda é o meu FLUZÃO e tá derrubando tds os matematicos pé de chinelo o FLUZÃO tá sinistro o melhor time do brasil e um dos melhores do mundo.pra gente td é sofrido e ontem foi épico isso é FLUMINENSE.

  • Peterson

    Eu acho que esse leitor aí está muito enganado. Eu entendi perfeitamente as palavras do blogueiro, e você está generalizando ao chamar, claramente, os leitores do lance de burros. Me senti até ofendido quando disse que os leitores do site escutam pagode para baixo … Que afirmação ridícula! O Blogueiro não precisa se rebaixar ao nível intelectual de alguns leitores aqui para que eles entendam o que está escrito. Ele tem que escrever da forma que ele achar melhor. Então, porque você não pega suas expressões difíceis, que foram usadas claramente para demonstrar uma inteligência que você não tem, e enfia naquele lugar?

    No mais, o texto ficou excelente, parabéns!

  • Vladibrasil

    Futebol deixou de ser esporte faz tempo. É um enorme negócio de arrecadação milionária de grana, onde enriquecem os jogadores, direntes, técnicos e empresários, e acabam com os Clubes, estes sim, sempre sem dinheiro, à mercê da TV que nos faz engolir jogos às 21:40h . Parabéns dirigentes, comentarista, jornalistas, políticos. Voces ajudam a acabar com o Futebol Brasileiro. É por essas e por outras que não somos mais os melhores do mundo. Somos apenas mais um… E os “atletas” do futebol de campo sempre os mesmos não esportista, que brigam por nada, desrespeitam a tudo e a todos.

  • OLA ACREDITO QUE PODERIA SEM MUITO MELHOR,PRA MIM PONTOS CORRIDOS E MUITO MELHOR

  • EU NUNCA VI NADA SER FEITO PARA PEQUENOS,AGORA FUTEBOL E PARA SER GANHO PELA ORGANISAÇAO E TER JOGADORES E COMIÇAO TECNICA DIRETORIA TODOS COMPROMETIDOS EMJOGAR FUTEBOL,DERIGENTES TALVES DEVERIA TER COMPROMETIMENTO TAMBEM COM A OBRIGATORIEDADE NO FUTEBOL

  • Tonho

    Primeiro, sou flamenguista e quase não acompanho o paulista.
    Talvez por isso tenha uma visão mais simplista do campeonato e acho que ele é muito prolongado, com uma fórmula considerada defasada em muitos países.
    Quanto à escrita do Neto, citada pelo quincas borba, eu acho que é uma opção. Você não precisa escrever para todos, com essa forma de escrita algumas classes são privilegiadas. Creio eu que Neto está certo em trabalhar uma escrita mais apurada, já existe muita gente escrevendo para todo mundo e não explicando nada.
    Por fim, este quincas borba esta equivocado em muita coisa, inclusive em dizer que o Estadão é um jornal conservador, pois para ser consevador existem, inclusive regras de publicação, e tem muita coisa publicada que fere o conservacionismo.
    Enfim, em resumo, era isso.

  • TRAVECÕES DA FIEL

    ESSE PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUBEBOL É TÃO ÚTIL PARA O DESPORTO PAULISTA QUANTO O TIRIRICA É COMO DEPUTADO PARA A NAÇÃO.

    BROTHER ADRIANO CUIDADO!!! NA TERRA DAS TRAVECAS IMPERADOR VIRA IMPERATRIZ

MaisRecentes

Guttman, uma bela e vitoriosa trajetória



Continue Lendo

Palmeiras x São Paulo: rivais contra o vexame



Continue Lendo

Neymar, entre a guilhotina e ‘la vie en rose’



Continue Lendo