O silêncio de Ganso incomoda



Está na hora de Ganso desafogar e abrir o bico. Suas penas podem até acolchoar travesseiros, pode ser um meia mais clássico que “O lago dos cisnes”, pode até cantar de galo em diversos terreiros, mas seu comportamento tímido nesse enrosco com o Santos sugere um jacaré com pinta de ave. Se não vai para o Corinthians mesmo, por que não diz com todas as letras (caneta de bico de pato?): Não vou trocar o Santos pelo Corinthians, não há essa chance? Eureka!

A sabedoria popular é cada dia mais pertinente: quem cala, consente! Estamos tão acostumados a blablablá no jogo de bola que engolimos os chavões de sempre. Diz ele que deseja jogar um dia na Europa (ó, que original!), mas que cumprirá contrato com o Santos. Então, se vai cumprir, por que todas essas reuniões para reavaliar os papéis?Quer no fundo cumprir um contrato menos leonino para suas pretensões europeias? Diga lá, Ganso! Quer multa menor para a saída ser mais simples? Desembucha! Diga isso aos microfones e pare de pavonear como se estivesse tudo normal e que seu foco fosse o Santos na Libertadores. Fosse essa a realidade, nem discutiria um contrato, que, repito, está em vigência, no meio da competição.

Não precisa ser especialista em linguagem corporal para ver que Ganso está contrariado. Porém, não verbaliza isso nas entrevistas, só nos bastidores. Sua sorte é não ser rotulado como Neymar. O atacante, sempre pintado de desajuizado, foi quem rechaçou proposta do Chelsea e mostrou mais resolução. Porém, fosse o protagonista dessa situação e pagaria o pato, ops, o ganso…



MaisRecentes

Rica em talentos, França rompe com paradigma recente



Continue Lendo

Espanha morre abraçada ao ‘tiquitaca’ odiado por Guardiola



Continue Lendo

Em cartaz na Rússia: ‘El secreto de sus Rojos’



Continue Lendo