Alemanha, a Seleção mais regular do milênio!



A Alemanha não conquista uma Copa do Mundo há 20 anos. Bateu na trave em 2002, quando perdeu a final para o Brasil de Felipão. Porém, é a seleção mais regular deste novo milênio. Chama a atenção o fato de ser a única equipe a ter chegado a todas as semifinais das três Copas jogadas na presente década. E esse dado é mais assombroso se notarmos que em nenhuma das três edições houve repetição de semifinalistas. A exceção é justamente a tricampeã do mundo. Em 2002, as companhias foram Brasil, Turquia e Coreia do Sul. Em 2006, foi ao lado de Itália, Portugal e França. E agora as semifinalistas são Holanda, Espanha e Uruguai.

Chama a atenção o fato de os alemães terem ‘só’ três títulos mundiais, tamanha a presença do país em retas finais de Mundiais. Lembremos que perdeu quatro finais – Inglaterra (66), Itália (82), Argentina (86) e Brasil (2002).

Mesmo quando a Alemanha vai mal, esse mal pode ser relativizado. Seria um resultado tão ruim assim cair nas quartas, quando aconteceu com os teutônicos em 94 e 98? Para seu padrões talvez, mas vexame não é uma palavra que combine com os empertigados alemães. Vale lembrar que nesses 20 anos de jejum da equipe europeia, outras potências, como França (duas vezes), Argentina (uma) e Itália (uma), experimentaram o sabor acre de cair na primeira fase de uma Copa. Isso para não falar que a própria França e a Inglaterra não estiveram no Mundial de 94, nos Estados Unidos. Esse tipo de vergonha o país não conhece!

Isso tudo quer dizer que a Alemanha será tetra no próximo domingo? Não, previsões só o tal polvo pitonisa pode fazer. Mas o fato é que mais uma vez a equipe é protagonista em um Mundial.



  • oziel goncalves

    claro que nao,e apenas uma fase como todas as outras seleçoes ja tiveram.

  • JC Wenzel

    Até que enfim alguém no mundo resolveu acabar com infame ideia de que o futebol alemão é pragmático e estagnado.
    Não é atoa que a Alemanha deve ser considerada como a 2ª equipe mais vitoriosa da história do futebol mundia, e como você mesmo descreveu, a mais regular do milênio, não só pelo recente bom retrospecto, mas sim por tudo o que fez.
    Ficamos fora de uma copa por questão de logistica (1930) e fomos banidos pelas questões de pós-guerra (1950). Mas podemos dizer, sem sombra de dúvidas que essa época foi o renascimento, ou melhor, o momento em que o futebol alemão mostrou sua verdadeira face. Tanto é que fomos campeões logo de cara (1954). E desde 1950, nossas piores posições foram um 7º lugar em 1962 (com 16 equipes) e 1998 (já no formato atual, com 32 seleções), um 6º lugar em 1978 (dentre 16 equipes) e um 5º lugar em 1994 (dentre 24 equipes). Ou seja, com a exceção de 1978 que não havia quartas de final, embora possamos levar em conta que, com 16 equipes, a copa começaria nas oitavas de final, a Alemanha NUNCA ficou fora das quartas de final. E indo mais além, de de 17 copas (contando já com a de 2010) que estivemos presente, somamos 11 semi finais e 7 finais. E nesta copa podemos chegar ao recorde de finais (8), superando o Brasil (7).
    Nós fomos eliminados na primeira fase APENAS 1 vez (1938). Até o Brasil, com toda sua história e um retrospecto brilhante em Copas do Mundo foi eliminado 3 vezes (1930, 1934 e 1966). Bem é verdade que, com a excessão desses resultados e o de 1982, o Brasil também nunca ficou fora de das quartas de final.
    O que quero questionar com isso é a real importância e reconhecimento que se dá a uma equipe, seja de qual modalidade esportiva for, do resultado alcançado.
    Por que, a nós comemoramos e reconhecemos nossos jogadores na última campanha onde eles voltaram ‘só’ com um 3º lugar?
    Por que o Paraguai e a Argentina reconhecem o esforço dos seus jogadores por ter chegado entre o 8 primeiros de uma Copa do Mundo?
    Por que o Brasil não pode reconhecer o esforço de um elenco absolutamente LIMITADO por chegar entre os 8 primeiros de uma Copa do Mundo ou até mesmo a conquista de um Vice Campeonato como foi em 1998?

    Por que no Brasil só é reconhecido o 2º ou 3º lugar, ou até mesmo outras posições bem inferiores de esportes Olímpicos? Sendo que em alguns casos os campeões são esquecidos.

    Acho que esse é o questionamento a ser feito pelo povo brasileiro e por todos os diretores e executivos do esporte.

    Se interessar, meu email (mesmo nao sendo divulgado) está ai.

  • estou de acordo, mas a bola é redonda, aposto a Holanda, como novo campião do Mundo, na estoria quase todos que eliminam o brasil terminam com COPA,

    Yuri

  • Mauricio Jacob

    Acho que a Alemanha cai amanhã perante a “Fúria ESpanhola”, ito é só torcida, porém, a Alemanha e o Joachim Low já deixaram escrito na Africa do Sul, que se pode jogar bonito, ganhar e, o que é melhor, renovar, mostrando ao mundo jovens como Ozil, Schwinstager (será que é assim mesmo?), Muller, Kedhira, etc….ahh tem o Lhann também, bem diferente que o futebol burocrático e ridícuo mostrado pelo Dunga e sua turma. Bem vindo corajosos e reformistas, Alemanha, Holanda e Espanha e abaixo os conservadores Brasil, Inglaterra, França, Itália….

    A itália já começou a mudar…Só 1 jogador não comutário em cada time, deveriam impor pelo menos 8 Italianos em cada time em campo.

  • dalton

    quantas copas continentais e quantas confederações ela ganhou? Brasil ainda é o time mais regular do milenio, pq alem de uma copa do mundo, ninguem vai conseguir ter mais, ganhou mais.

  • MarcosHadji

    Senhores que editam o Blog do Neto, por favor, procurem de agora em diante alterar o mínimo possível as idéias e dizeres do “craque Neto”. Se não o conhecesse, de tantos e tantos comentários na Band TV, diria que um intelectual das letras escreveu o texto acima, pois palavras como: assombroso, teutônicos, empertigados, sabor acre e pitonisa, são palavras que não fazem parte do vocabulário do craque!

    Faço crítica construtiva, e peço ao dono do Blog, para atentar a esse fato importante, pois para quem o conhece (pelos meios de comunicação) passa a impressão de ser alguém que não é; se faz passar por alguém que, com todo o respeito, sabidamente não pertence a esta seara.

    Craque Neto! Por favor, seja você! Tolere apenas para que corrijam erros de ortografia, mas não deixe que escrevam o que sua formação acadêmica não alcança!

    Respeito seu passado futebolístico exortando seu bom futebol, garra e talento; mas não substime a inteligência dos seus leitores!

    A continuar assim, deixarei de ler sua coluna por ter absoluta certeza que não é o Craque Neto que a está escrevendo!

    Respeitosamente,

    Seu leitor!

  • MarcosHadji

    Peço sinceras escusas ao Valdomiro Neto. Ao ler Blog do Neto, não me ative no detalhe, tive certeza de que se tratava de alguma coluna do comentarista e ex-jogador de futebol profissional, Neto.

    Dai interpelar o editor sobre a norma culta expressa no comentário.
    Está perfeitamente explicado o portugues escorreito aplicado ao texto, não é de autoria do ex-futebolista (e agora comentarista da Band).

    Reitero as escusas e procurarei pela coluna do famoso comentarista esportivo!

  • A Diva Brasileira

    Gente,

    Se a Alemanha é regular eu não sei, mas o “T”ecnico da Alemanha… que Tzão, alguém pode nos dar, mulheres de bom gosto, o histórico desse homem maravilhoso…? Valeu ver a copa esse ano por causa dele. Arrasou…

  • A Diva Brasileira

    Thor para o tecnico da Alemanha!!! Lindo!!! Arrasou!!!!

    A Diva braasileira.

  • A Diva Brasileira

    Du bist Niedlich!! Joachim Loew!!

    Ich liebe dich!!!

    A Diva Brasileira

  • dalton

    jogou no lixo um comentario com argumento rebatendo o seu? que ótimo debatedor…

  • Vinicius

    Bom, acho que a seleção da Alemanha não merece nada.

    Uma seleção que tem quase 50%, se não for mais, de jogadores naturalizados não deveria participar da copa do mundo. Acho isso rídiculo.

  • NELSON KALINOVSKI FILHO

    A Alemanha é o Atlético Mineiro das Copas…

MaisRecentes

Dérbi de Milão no almoço para chinês ver



Continue Lendo

Santos no divã: hora de encarar a dupla identidade!



Continue Lendo

Gol, o grande momento da festa proibida



Continue Lendo