Escândalos sexuais na França



Enquanto segue a contagem regressiva para a Copa do Mundo, parece que estamos vivendo a Copa dos Escândalos. Depois de vir à tona a relação entre o zagueiro John Terry e a ex-mulher de Wayne Bridgte – que levou o técnico da seleção inglesa a tirar a faixa de capitão do jogador do Chelsea e fez Bridgte abandonar o English Team -, agora ‘perversões’ sexuais atravessaram a Canal da Mancha e acertaram em cheio a seleção da França. O nome de jogadores importantes da equipe, como Ribery, Govou, Benzema e Ben Arfa foi ligador a uma rede de protistuição de menores em Paris. Até agora, a imprensa internacional está dando destaque maior à suposta participação de Frank Ribery, hoje o principal jogador francês. O atacante já teria inclusive dado depoimento à delegacia especializada nesse tipo de crime contra menores e reconhecido que manteve relações com uma prostituta sem saber que à época a garota tinha apenas 16 anos.
Caso seja condenado, Ribery poderia pegar até três anos de prisão e ainda desembolsar uma multa de 45 mil euros.
Os outros jogadores também prestaram ou prestarão depoimentos. Mas o fato é que, embora muitas nuvens pairem sobre o caso e seja difícil emitir um julgamento, as consequências já exibem suas faces. O presidente do Real Madrid, Florentino Perez, descartou contratar o francês, que estava na lista de prioridades do clube para a próxima temporada. A mídia europeia destaca que o mandatário madrileno estaria cansado de jogadores-problema, envolvidos em escãndalos, como foi verificado recentemente com Cristiano Ronaldo e o próprio Benzema.
E como fica o clima na seleção francesa? O técnico Raymond Domenech já não é adorado pela opinião pública, a equipe vem jogando um futebol sofrível e agora tem parte de seus principais jogadores na mira da Justiça. Difícil especular, mas parece que a França fica cada vez mais sem clima para aspirar uma boa campanha no mundial sul-africano.
Para quem acha que esse tipo de notícia não interfere no rendimento do jogador, basta lembrar situações do passado. Qual tem sido o desempenho de Adriano depois que a briga com sua ex-noiva em uma favela carioca ganhou as manchetes? Bom para os anfitriões, os mexicanos e os uruguaios, que veem suas perspectivas na primeira fase aumentarem. Aguardemos!



MaisRecentes

Cristiano Ronaldo, uma máquina de obstinação



Continue Lendo

As lições do ‘aspirante’ Carille no senso comum



Continue Lendo

Luxa vive um longo crepúsculo dos deuses



Continue Lendo