Que coisa sem graça



O futebol é o reino das estranhezas. Mas muitas vezes – diria que na imensa maioria -, essas estranhezas são produto da química torta do ser humano. Vejamos o caso da seleção do Egito. Está virando barbada na África com seus títulos continentais. E mesmo assim não consegue ir à Copa do Mundo. Com a ausência no primeiro mundial no Novo Continente já se vão 20 anos que os Faraós disputaram seu último Mundial. E aí quando é o momento de jogar no seu quintal pelo título entre os seus é um passeio. É caso de psiquiatria?

Mas por que falei das estranhezas causadas pelo homem? Ora, porque não tem lá muito cabimento o campeão de um continente não estar na Copa do Mundo. E essa falta de cabimento aumenta quando uma competição acontece poucos meses antes da outra. Agora vemos os egípcios festejarem um título importante sobre Gana sabendo que não estarão no file enquanto o adversário, derrotado, estará, ora pois. Pode-se dizer que o Egito é o próprio culpado, afinal na hora de decidir a vaga nas Eliminatórias perdeu para a Argélia. Por esse ponto de vista, bem-feito para eles! Mas também pode-se dizer – e sinto-me seduzido por essa outra visão – que campeões continentais deveriam ter vaga automática no Mundial seguinte.

Essa anomalia aconteceu na Copa da Alemanha, quatro anos atrás, quando a Grécia, heterodoxa campeão europeia em 2004, não obteve vaga no Mundial. Pensemos no produto Copa. A presença de campeões continentais aumenta o atrativo. Mesmo que ele não seja tão tradicional. Parece um raciocínio tão simples. Não quero, é claro, ser o dono da razão e dizer como as coisas devem ser feitas. Dessa presunção não sofro. Mas era tão simples. Bastava reduzir uma vaga via Eliminatórias de cada continente e preenchê-la com o título do torneio local. Ponto. Você ainda inflaria o interesse por essas competições ditas menores. Fica aqui uma sugestão que, por motivos mais que óbvios, não chegará à Fifa.

 



  • André

    dunga sera um lixo, o pior tecnico que eu ja vi no mundo se nao botar o ronaldinho gaucho pra jogar com o kaka.. muitos daqui onde moro nem vao assisti essa copa, porque vai tar um lixo sem ronaldinho.
    esse cara é tudo no brasil, e o pelé do futuro

MaisRecentes

Um Dérbi sob o signo da invencibilidade



Continue Lendo

Ceni e Mancini, vítimas de cartolas inconvictos



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo, uma máquina de obstinação



Continue Lendo