Mais um classificado para a Copa



O fim de semana consagrou a oitava seleção classificada para a Copa 2010, e a segunda da África. A equipe de Gana, que tem como destaques Muntari, da Inter d Milão, e o vigoroso Essien, do Chelsea, venceu o Sudão por 2 a 0 neste domingo, em Acra, capital ganense, e irá a seu segundo Mundial consecutivo. O país se junta à anfitriã África do Sul, Brasil, Holanda, Austrália, Japão, Coréia do Sul e Coréia do Norte na lista de países já garantidos na competição, Ou seja, restam 24 lugares – o número de times que a Copa comportava até 94!!! Interessante notar também que dessas oito classificadas, seis estiveram no Mundial de Alemanha em 2006. As exceções são a África do Sul, que retorna por ser sede, e a Coréia do Norte, que participará de um Mundial pela segunda vez – a primeira foi em 66, na Inglaterra.

Vale lembrar que Gana foi eliminada pelo Brasil na Copa da Alemanha, nas oitavas-de-final, ao perder por 3 a 0. Esse jogo esteve envolvido em noticiário do ano passado sobre um máfia asiática de apostas. Havia (ainda há?) a suspeita de manipulação dessa partida (o Brasil deveria ganhar por dois gols de diferença) e do jogo dos ganeses contra os italianos, ainda na primeira fase, quando os africanos foram derrotados por 2 a 0. Outro detalhe é que Ronaldo tornou-se o maior artilheiro da história dos Mundiais justamente nesse confronto diante dos africanos. Ele chegou a 15 gols em quatro disputas de Copas (94,98,2002 e 2006) e superou em um tento o alemão Gerd Müller.

Quer saber mais sobre Gana? Localizada na parte ocidental do Novo Continente, Com uma população atual estimada em pouco mais de 27 milhões de habitantes, Gana foi colônia da Grâ-Bretanha até 1957 e a lingua oficial por lá é o inglês, Costa do Marfim, de Didier Drogba, ainda pode perder o lugar matematicamente, mas já está claro que irá também a seu segundo Mundial consecutivo. Nos outros três grupos africanos a disputa pela vaga segue intensa. No início desta semana darei um panorama geral da disputa.



MaisRecentes

No bipolar Brasileirão, o futebol é obra inconclusa



Continue Lendo

Guttman, uma bela e vitoriosa trajetória



Continue Lendo

Palmeiras x São Paulo: rivais contra o vexame



Continue Lendo