Palmeiras 0 x 1 São Paulo – Brasileirão 2007



Em mais um jogo histórico esquentando os tamborins para o clássico do próximo domingo, vamos voltar a 2007. Há quase dois anos, no dia 30 de agosto, Palmeiras e São Paulo fizeram o Choque-rei pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Era o Verdão dirigido por Caio Júnior, que lutava por uma vaga na chamada Zona da Libetradores, contra o Tricolor de Muricy, firme e forte na luta pelo bicampeonato.

Pouco mais de 16 mil pessoas compareceram ao Parque Antarctica para presenciar o duelo. Valdivia e Edmundo de um lado contra Jorge Wagner e Dagoberto do outro. Incrível notar que dos 14 atletas que defenderam o São Paulo na ocasião, nove permanecem no atual elenco. São eles: Rogério Ceni, André Dias, Miranda, Richarlyson, Hernanes, Jorge Wagner, Dagoberto, Hugo e Borges. Já do lado palmeirense, apenas Wendel e Pierre ainda defendem as cores palestrinas.

O São Paulo vinha com a melhor defesa do campeonato, tendo tomado apenas sete gols em 21 jogos. Em contrapartida, o Palmeiras vinha de cinco jogos de invencibilidade. A partida foi equilibrada, mas o São Paulo na época era a equipe exata, milimétrica. Aquela que parecia ganhar quando queria. E venceu no Palestra com um gol solitário de Jorge Wagner, que fez tabela com o Aloísio e tirou Diego Cavalieri – hoje no Liverpool – para fazer o tento vitorioso. E o confronto ainda foi marcado pela invalidação de um gol que os palmeirenses chiaram muito. Aos 29 minutos do segundo tempo, Martinez cabeceou bola para dentro da área e Max completou. Mas o juiz Djalma Beltrami assinalou impedimento. Com o resultado, o São Paulo disparava na ponta da tabela, com oito pontos a mais que o vice Cruzeiro na ocasião. O fim da trama já sabemos de cor e salteado. O São Paulo levantaria seu quinto título nacional com sobras.

PALMEIRAS 0 x 1 SÃO PAULO

Palmeiras: Diego Cavalieri; Gustavo, Nen e Dininho (Caio, no intervalo); Wendel, Pierre, Makelle (Max, aos 29'/2ºT), Martinez; Valdivia (Luiz Henrique, aos 42'/2ºT) e Leandro; Edmundo. Técnico: Caio Júnior

São Paulo: Rogério Ceni; Alex Silva (André Dias, no intervalo), Breno e Miranda; Souza, Richarlyson, Hernanes, Leandro e Jorge Wagner; Dagoberto (Hugo, aos 31'/2ºT) e Aloísio (Borges, aos 43'/2ºT). Técnico: Muricy Ramalho

Juiz: Djalma Beltrami (RJ)

Gol: Jorge Wagner (40'/1ºT)

Renda/Público: R$ 384.770,00/16.124 pagantes

Estádio: Parque Antarctica

Data: 29/8/2007



MaisRecentes

Guttman, uma bela e vitoriosa trajetória



Continue Lendo

Palmeiras x São Paulo: rivais contra o vexame



Continue Lendo

Neymar, entre a guilhotina e ‘la vie en rose’



Continue Lendo