Convocação acertada de André Santos



Dunga chamou André Santos para defender a Seleção Brasileira nos jogos contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias, e na disputa da Copa das Confederações. Convocação justa pelo desempenho do jogador corintiano. Ouvi muitos questionamentos, mas a pergunta que faço é: quais seriam as outras opções para o setor? Vamos lembrar que o outro convocado para a posição é Kléber, do Internacional, que há tempos joga um futebol de mediano para baixo. As qualidades de cruzamento que exibiu por muito tempo no Santos sumiram no próprio Peixe e ainda não reapareceram em Porto Alegre.

Outro nome que vinha sendo chamado é Marcelo, do Real Madrid, jogador que apoia bem mas é frágil na marcação. André sobe bem ao ataque, seja na diagonal ou indo à linha de fundo. E ainda é um a espécie de cão de guarda. Caso Dunga opte por utilizá-lo no time titular pode abolir de vez o sistema com dois volantes essencialmente marcadores (Gilberto Silva e Elano) e dar mais criatividade na saída de bola.

As laterais são há alguns anos um dos calcanhares-de-aquiles da Seleção. No Mundial de 2006 a esquerda abrigou Roberto Carlos, que já não era nem sombra do atleta que esteve nas Copas da França e do Japão/Coreia. Por isso não entendo a revolta de alguns com o chamamento de André Santos. Acho absolutamente compreensivel a convocação. Não morro de amores pelo Dunga, mas concordo com ele desta feita. Não estamos mais em tempos de Nilton Santos, Júnior ou Branco!!!



MaisRecentes

Quanto valem Messis e da Vincis?



Continue Lendo

No bipolar Brasileirão, o futebol é obra inconclusa



Continue Lendo

Guttman, uma bela e vitoriosa trajetória



Continue Lendo