“O Santos quer renovar com o Vladimirzinho porque ele é fantástico”



Depoimento de Vladimir Orlando Cardoso de Araújo, pai do goleiro do Santos, Vladimir.

“Meu filho tem o mesmo nome que o meu e seguiu até a posição que eu jogava aqui no futebol amador, de goleiro. Ele me acompanhava desde criança, aí começou a despertar. Falei para não ir nessa de goleiro, é uma profissão sofrida, ganha menos e joga mais. Eu tive o prazer de jogar contra Mané Garrincha em um dos jogos de exibição dele, em 1975, mas não cheguei a ser profissional, não tinha potencial, mas o Vladimirzinho eu sempre levava para o futebol de veteranos. Aí influenciou, porque todo final de semana levava ele e mandava segurar minha luva.

Depois ele calçou a luva, aí quando eu vi estava batendo bola, entrou no time da escola e eu vi que tinha futuro. Quando ele jogava no AABB (Associação do Banco do Brasil) eu tirava uma de juiz e sempre dava pênalti contra o time dele só para ele pegar. Torcia para a bola ir nele, para defender e aparecer. Meus amigos falavam: você fica torcendo contra o seu filho? Fico, como ele vai fazer se a bola não for nele?

Quando ele foi para o Bahia fazer testes, levei até a certidão de nascimento, porque sabia que ele daria certo. O Vladimirzinho passou por fases não muito boas, roubaram coisas dele em clubes, passaram pasta de dente no olho dele, ele não quis mais estudar por causa de problema de tempo, mas deu certo. Saiu aos 11 anos de casa, sofreu com lesões, mas hoje está estabelecido, constituiu família, liga para casa todos os dias. Era para essas chances como titular terem chegado antes, mas ainda é tempo. O Santos quer renovar com ele porque ele é querido por todo mundo, simples, sorridente, fantástico. Não é por ser meu filho não…

Ele é de uma educação formidável. Quando esteve no time dos empresários, no Votoraty, tinha São Paulo e Flamengo de olho também. Naquela época me disse que ia me tirar das fazendas de cacau, aí eu falei: ‘Não, você tem que jogar futebol, ganhar dinheiro, comprar uma fazenda de cacau e me botar dentro'”.



  • Aldair

    Vladimir tem porte de goleiro,é calmo,sabe sair com as mãos melhor que o Aranha,tem impulsão.Percebe-se que está sem ritmo de jogo,as vezes perde tempo de bola e reflexo ,o que é muito normal pra quem quase nuca joga.Vladimir ainda deu azar,pois quando o Felipe foi pra reserva quem era o substituto imediato era ele,e o cara se machucou,entrou Rafael e fechou o gol e mais uma vez ele retornou pra reserva.A vaga do Aranha era pra ser dele mas o técnico pediu um goleiro experiente,pasmem,Pra ficar na reserva do Rafael que tinha 20 anos,rrss!!!.Rafael saiu e Aranha assumiu o posto e como começou a catar muito Vladimir foi “esquecido”.Acho que ele será o goleiro titular no próximo ano,pois Aranha já tá na hora de mudar de ares,pois senão o Vladimir e o Gasparotto nunca jogarão.Podem renovar diretoria,e aproveitem e voltem atrás de 3 moleques que voces POR INCOMPETÊNCIA estão deixando ir embora:Patito,Cristian(LD)e Geovane(M) todos com altíssimo potencial mas que essa diretoria inerte prefere pagar oZinho pra nada.Ou ele faz alguma coisa?

MaisRecentes

Pensem no contrário da razão



Continue Lendo

O Santos real deu as caras e tirou o título do Santos hipotético



Continue Lendo

Escalação contra o Vasco diz mais sobre 2016 do que sobre o presente



Continue Lendo