Fortaleza santista tem transpiração e um ‘cão de guarda’



alissonFOTO: Paulo Sergio/LANCE!Press

Oswaldo de Oliveira não tem apreço nenhum pelo defensivismo. O Santos atua com três atacantes, dois homens velozes abertos pelos lados e um meia articulador, no manjado 4-2-3-1. Arouca várias vezes é um auxiliar ofensivo, motorzinho que se desdobra para fazer papel atrás e à frente. Incansável. Haja pulmões, diriam os locutores de rádio! Os laterais Cicinho e Mena, a depender do andamento do jogo, vivem escapulindo para atacar. E com toda essa predisposição ofensiva, muitas vezes atabalhoada e cheia de erros de passes, a equipe tem a defesa menos vazada do Brasileirão ao lado do arquirrival Corinthians – seis gols em 12 jogos: média nanica de 0,5 por partida. Uma façanha!

Quem viu os três jogos pós-Copa da equipe alvinegra – vitórias sobre Palmeiras e Chapecoense e derrota magra para o Fluminense – deve ter notado que a meta de Aranha passou por poucos apuros. Apenas um golzinho sofrido, marcado por Conca, do Fluminense. Alison tem lembrado Adriano na era Muricy e Paulo Almeida na equipe campeão com Leão em 2002. Um cão de guarda à frente da área, cabeça de área típico, o mordedor. Técnica não é sua praia. Compensa isso com correria e desarme – às vezes exagera às pampas! A fórmula é antiga: ter um sujeito que faz o trabalho sujo, de proteção à dupla de zagueiros. David Braz e Bruno Uvini são reservas “titularizados” pelas graves lesões de Gustavo Henrique e Edu Dracena. Também não são jogadores de técnica apurada, que saem trocando passes e têm o melhor senso de colocação do planeta. Ainda assim, a fortaleza da Baixada é pouco ameaçada. Isso só valoriza Arouca e a transpiração da equipe.

Na retaguarda, a pouca técnica é compensada com dedicação. Isso, em alguns casos, resolve. Não há retranca, há suor. Do meio para frente, è exceção de Thiago Ribeiro, a turma é jovem e volta para marcar. Além de boa organização tática, o maior mérito de Oswaldo parece ser o da disposição. A equipe é aguerrida e cumpre à risca as solicitações do comandante. No início do ano, na primeira fase do Paulistão o Santos era uma equipe goleadora, veloz, letal. Foi um sonho de verão o cumprimento ao festejado DNA. Quando os jogos foram ficando mais difíceis foi preciso trabalhar a solidez defensiva. E mesmo com limitações técnicas, a equipe desdobra-se em obediência e vontade. Esse binômio forma a resposta mais satisfatória para as estatísticas defensivas admiráveis. Nas próximas três rodadas o Santos terá três dos quatro atuais integrantes do G4: Inter e Cruzeiro fora e o clássico contra o Corinthians. Serão bons testes para ver até onde vai o aguerrido sistema defensivo santista.



  • ESTRELADOMAR

    O Santos mehoraria bastante com a contratação do Robinho ..
    alem de trazer visibilidade pra um patrocinio master colocava mais respeito pelos
    adversários, e os jovens tambem renderiam mais com sua esperiência,
    mesmo sendo um custo meio alto pra ter o Robinho ,, valeria apena ariscar
    e poderia se disfazer do Damião que é caro e não rende nada pro time,,,
    esse custo beneficio não esta valendo apena,,
    por isso eu acho que o Robinho encaixava muito bem no time do Santos…

    quanto a diretoria do Santos que faça um DVD dos melhores lances do Damião e apresentem
    pra aquele clube americano o mesmo que contratou o Kaka , e vendam o Damião o quanto antes,,, porque no Santos ele é peso morto,,, temos na base muitos garotos melhor que o Damião,, não sei onde essa diretoria esta com a cabeça quando compraram ele.. francamente.. não da pra entender…tamanha burrice…

  • Arthur

    “David Braz e Bruno Uvini são reservas “titularizados” pelas graves lesões de Gustavo Henrique e Edu Dracena. Também não são jogadores de técnica apurada, que saem trocando passes e têm o melhor senso de colocação do planeta.”

    Seria salutar avisar isso ao David Braz, porque ele continua tentando imitar o Luis Pereira ao insistir em carregar a bola pro ataque sozinho (e falha miseravelmene na maior parte das vezes, deixando a defesa com as calças na mão).

    • Eder

      kkkkk…tem razão, quase todo jogo ele tenta fazer uma jogada arriscada e quase mata a torcida do coração.

  • sensato

    O futebol jogado pelo 5anto5 é simples, muita correria, marcação e “vamu que vamu”, todo mundo do mesmo nível então a coisa é se ajudar e bola pra frente, se tivesse alguém “diferenciado” provavelmente a bola só passaria por ele e sendo marcado acabaria com o resto do time, penso que o COLETIVO tá sendo a diferença dessa vez!!!

  • UBATUBARÃO

    SÓ FALTA PRO SANTOS ERRAR MENOS PASSES E FINALIZAÇÕES. O SANTOS FAZENDO ESSA EVOLUÇÃO O G4 É CERTEZA E PODE ATÉ DISPUTAR O TÍTULO.
    COMO SEMPRE FALO, O ESQUEMA SÓ FUNCIONA QUANDO OS JOGADORES CUMPRE A RISCA O QUE É NECESSÁRIO E O TIME ATUAL MOSTRA ISSO. MESMO JOVEM E COM JOGADORES DE POUCO NOME, O SANTOS TEM SIDO EFICIENTE E OS NÚMEROS E A COLOCAÇÃO DO TIME MOSTRA QUE O TRABALHO ESTÁ BOM E PODE SE TORNAR ÓTIMO.
    QUANTO AO ROBINHO, O QUE TÁ BOM VAI MELHORAR MUITO POIS ELE JOGA PRO GRUPO E FAZ CADA UM CRESCER JUNTO COM ELE, MAS ESSA DIRETORIA…

    • Eder

      Eu concordo e acrescento que falta ao Santos finalizar com qualidade também de fora da área.
      Título eu acho quase impossível, mas se o time mantiver a concentração pode lutar por uma vaga na Libertadores.

  • Thyago Ribeiro vamos com calma o time não está bem sim dando sorte igual no campeonato Paulista não tem entrosamento Alison Cicinho Arouca péssimos.Errando passes simples é falta de coletivos culpa é do técnico.Só pensa no salario milionário que recebe.

  • O Alisson e bom jogador, porem precisa ser orintado,o Thiago Ribeiro esta voltando agora e faz difernça e precisamos de um meia armador que organize e pense o jogo pq o Lucas Lima nao esse jogador.

  • jorji

    Clodoaldo, Cesar Sampaio, não apenas grandes meias ou atacantes que o Santos revelou, mas volantes e zagueiros também, e de seleção, o Alison tem sido uma grata surpresa, incansável, excelente na proteção da zaga, às vezes sacrificado cumprindo essa missão sozinho, temos a melhor defesa, setor que até a pouco tempo não inspirava confiança, e isso se deve muito ao posicionamento do time como um todo, compactando os setores, os zagueiros ficando na sobra.

  • Guilherme Santos

    O time vem numa crescente Tática, porém não podemos nos deixar iludir. Os jogos que o Santos tem feito foram bons, mas agora contra Inter, Cruzeiro e Corinthians é que saberemos realmente como estamos.
    Fora o Detalhe de não termos peças de reposição (Diretoria que eu Amo :/), literalmente jogamos com a garotada da base que vem fazendo um bom papel, mas até quando? Jovens oscilam bastante. Temos que realmente ser um torcedor acreditar, mesmo que isso pareça difícil, mas vamos viver os milagres… Até porque Braz e Uvini como defesa menos vazada tem algo de especial ai. kkk

  • O Santos está bem no campeonato. Só falta contratar + um atacante e promover
    algum garoto da base.

  • O time está bom. Só precisa não errar tantos passes.
    Se continuar jogando bem, pode ir p/ a libertadores.

  • Elizeu

    BLÁBLÁBLÁ…ATÉ POUCO TEMPO O TIME ERA UMA DROGA PARA TODOS AQUI, O TECNICO ERA UMA PIADA, AGORA É SÓ ELOGIOS…O GRANDE TESTE SERÁ NOS PRÓXIMO JOGOS, INTER E CÚRINTIA PT, SÓ DEPOIS DISSES JOGOS PODEREMOS DIZER SE REALMENTE O TIME ACHOU O CAMINHO…ESPERO QUE DORMIÃO CONSIGA ENGANAR OS EUROPEUS PARA NÃO FICARMOS COM MAIS ESSE PREJUIZO…

  • CRAQUE NETO

    S@M7HU, CAMPEAO DO MUNDO COPA BOTU ROSA 1723 KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK TIME PEQUENO NAO GANHA MUNDIALLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

MaisRecentes

Pensem no contrário da razão



Continue Lendo

O Santos real deu as caras e tirou o título do Santos hipotético



Continue Lendo

Escalação contra o Vasco diz mais sobre 2016 do que sobre o presente



Continue Lendo