Alberto: ‘Nem sei se merecia estar aqui’



Campeão brasileiro pelo Santos em 2002, o ex-atacante Alberto foi uma espécie de “patinho feio” do poderoso time que contava com Diego e Robinho.

Sem muito reconhecimento na época, Alberto acabou brilhando em meio às estrelas e, apesar de contestado, está eternizado na história do Santos. Tanto que foi um dos convidados do clube para o jogo dos veteranos, honra que nem ele mesmo sabe se era merecedor.

– Olha, é uma honra para mim poder participar desse momento, mas nem sei se merecia estar aqui. Mas se me chamara, vou desfrutar, né? – afirmou Alberto, que também falou sobre o fato de ter feito um gol que Neymar ainda não conseguiu com a camisa do Peixe, de bicicleta.

– Ele é um grande jogador, aquele gol foi bonito, mas uma hora ele vai conseguir – afirmou.

Ele marcou no clássico contra o Corinthians, em 2002, no Pacaembu, na vitória por 4 a 2 pela primeira fase do Campeonato Brasileiro, vencido pelo Peixe.

Alberto, capmeão em 2002, está presente na festa na Vila Belmiro (Crédito: Marcio Porto)

 



MaisRecentes

Pensem no contrário da razão



Continue Lendo

O Santos real deu as caras e tirou o título do Santos hipotético



Continue Lendo

Escalação contra o Vasco diz mais sobre 2016 do que sobre o presente



Continue Lendo