Margaret River recebe elite do surfe mundial - Mundo Surf

Margaret River recebe elite do surfe mundial



A terceira etapa da primeira divisão do circuito mundial de surf começa esta semana em Margaret River, na costa oeste da Austrália. As duas primeiras etapas foram marcadas por surpresas e tiveram vencedores e protagonistas distintos, dando um sinal de que em 2018 promete ser um ano equilibrado e imprevisível. O australiano Julian Wilson e o brasileiro Italo Ferreira, venceram em Snapper Rocks e Bells Beach respectivamente e estão dividindo a liderança do ranking. As meninas também fazem a terceira etapa do circuito com a veterana Stephanie Gilmore liderando o ranking.

Wilson e Ferreira vivem um momentos inéditos em suas carreiras e quem se sair melhor nesta terceira etapa termina a perna australiana como um provável candidato ao titulo de 2018 carregando a pressão de vestir a camisa amarela. Os favoritos Gabriel Medina e John John Florence já estão na obrigação de começar a vencer as etapas para entrarem na disputa. Gabriel fez uma semifinal em Bells, mas John John parece que perdeu o foco neste começo de ano e até agora não mostrou surf nem compromisso de quem quer disputar e vencer o circuito outra vez .

Owen Wright provando a força de Margaret River Foto: WSL

O brasileiro Miguel Pupo foi convocado para substituir Kelly Slater que continua machucado no pé e com isso vamos ter 12 brasileiros disputando esta prova. Miguel está muito bem no circuito de acesso e deve competir motivado e confiante para mostrar que não deveria ter saído da elite.

A onda de Margaret River não é uma onda fácil, bastante temperamental e selvagem. Pode mudar da manhã para a tarde ou até de uma bateria para outra, e será mais um obstáculo para os surfistas. Teoricamente é uma esquerda, mas nos últimos anos os surfistas preferem surfar as direitas, pois elas oferecem uma parede mais vertical. Caso o mar suba muito o evento pode ser transferido para North Point, que é uma onda tubular para a direita. Nos últimos anos os surfistas havaianos tem dominado na costa oeste australiana devido a sua semelhança com as ondas pesadas do Havai.

Esta prevista uma grande ondulação para quinta e sexta feira e o evento pode começar em North Point, no fim de semana deve abaixar um pouco e as baterias devem acontecer em Margaret River. No final da janela de esperar uma nova grande baixa pressão deve chegar a costa oeste garantindo ondas suficientes para terminar a prova.

 



MaisRecentes

Uma nova ordem no surfe mundial



Continue Lendo

Filipe Toledo mostrou em Saquarema estar pronto para ser campeão mundial



Continue Lendo

Ondas perfeitas e previsíveis na ” WSL Founders Cup”



Continue Lendo