Filipe Toledo mostrou em Saquarema estar pronto para ser campeão mundial - Mundo Surf

Filipe Toledo mostrou em Saquarema estar pronto para ser campeão mundial



A vitória do Filipe Toledo na etapa brasileira do circuito mundial realizada em Saquarema, abriu novas possibilidades e ele surge como um fortíssimo candidato ao titulo mundial em 2018. Filipe foi o melhor surfista durante toda a semana. Ele dominou suas baterias com as maiores notas mesclando grandes tubos e aéreos quase impossíveis, com alturas e distancias jamais ousadas pela maioria dos mortais, ainda mais se tratando de uma competição. Com este resultado ele agora aparece em segundo lugar do ranking e vai competir super motivado na próxima etapa em Bali, já na semana que vem.

Filipe vem há algum tempo mostrando que é um dos maiores surfistas da atualidade. Já venceu em Jeffreys Bay, Snnaper Rocks, na Califórnia, na Europa e duas vezes no Brasil. Ele tem um surfe de alta velocidade, manobra com força e segurança, sabe entubar e faz manobras modernas como ninguém, principalmente na aterrizagem dos aéreos e na transição para continuar na onda. Está muito próximo de se tornar um surfista realmente completo e ser campeão mundial na minha opinião e só uma questão de tempo.

Filipe Toledo nos braços da galera em Saquarema. Foto: WSL

Esta foi uma etapa cheia de surpresas, com as primeiras boas apresentações dos estreantes Wade Charmichael e Yago Dora. Julian Wilson mostrou consistência e ficou em terceiro e se consolidou na liderança do raking. Italo Ferreira foi eliminado no terceiro round e deve descartar este resultado. John John  Florence começou bem em Saquarema, mas também foi perdeu cedo e parece cada vez mais longe da disputa do titulo este ano.

As ondas tubulares em Saquarema foram a grande surpresa do ano até agora. Com duas grandes ondulações de sul a prova foi transferida do point de Itauna para a “Barrinha”, uma onda que foi criada após a construção de um quebra mar no canto direito da praia próximo da famosa Igreja da cidade. As antes criticadas ondas brasileiras receberam elogios dos quatro cantos do planeta . Depois de um evento numa piscina, a imprevisibilidade das ondas brasileiras, com as mudanças das marés, de vento, de local, incluindo uma praia lotada pela torcida brasileira vibrando a cada manobra, trouxeram a emoção de volta ao circuito mundial e ficando claro que nada vai substituir a forma mais tradicional do surfe competição.

 



MaisRecentes

Uma nova ordem no surfe mundial



Continue Lendo

Ondas perfeitas e previsíveis na ” WSL Founders Cup”



Continue Lendo

Surfe na piscina marca uma nova era



Continue Lendo